Clique e assine por apenas 4,90/mês
Bruno Chateaubriand Por Bruno Chateaubriand, jornalista

Andréa Veiga: Os posts de sucesso são os relacionados à pandemia

Em entrevista, a influenciadora de humor @veigaandrea fala sobre a sua rotina de postagens no Instagram.

Por Bruno Chateaubriand - Atualizado em 7 jul 2020, 16h04 - Publicado em 6 jul 2020, 23h02

1 – Como você tem enfrentado a quarentena?

Minha vida nessa quarentena é uma montanha-russa. Tenho dias ótimos e dias de profunda angústia.

2 – O Instagram se tornou um grande aliado nesse momento?

Durante a pandemia, percebi não só em mim, mas também em grande parte das pessoas que me seguiam, uma procura maior pelo humor. Recebia muitos comentários do tipo: “Seu humor está me salvando na quarentena”. E resolvi intensificar mais ainda o tipo bem-humorado de publicação. Se tornou um passatempo e um trabalho. Principalmente, um trabalho social. Em prol da saúde mental de quem me seguia. E da minha também.

Continua após a publicidade

3- De onde você tem tirado ideias para suas publicações?

As postagens são fruto de muita pesquisa na internet. Vasculho todos os sites de humor. Hoje em dia, posso contar com várias postagens de seguidores e amigos. Muitos me enviam ideias.

4- Que tipo de post tem feito mais sucesso?

Qualquer assunto bem-humorado é motivo de sucesso de curtidas. Eu procuro não postar coisas relacionadas à política. Mas.às vezes, o meu dever de cidadã me obriga. Sempre é uma polêmica e tenho que pensar e avaliar antes de postar, porque já sei que vou perder alguns seguidores. Curtidas sempre superam a saída de alguns incomodados.

Continua após a publicidade

5 – Você se considera uma pessoa bem-humorada?

Eu sou bem-humorada, mas sou dona de uma sinceridade meio rascante. Minhas amigas íntimas vivem insistindo que eu faça um stand-up. Mas não é a minha. Gosto do humor entre amigos. Elas dizem que estou perdendo dinheiro. No entanto, essa pandemia está me fazendo pensar. Quem sabe eu me arrisco.

6 – Você se considera uma influenciadora digital?

Se aliviar as tensões e tirar um sorriso da cara de alguém for influência digital, eu te digo que SIM! Sou uma influenciadora Digital do humor! É até curioso porque tenho recebido inúmeras propostas de parcerias. Vão desde tarólogas, passando por restaurantes, personal trainer e pet-shop

Continua após a publicidade

.

Publicidade