Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Beira-Mar Por Blog Notícias sobre celebridades, famosos, sociedade e pessoas interessantes do Rio de Janeiro

Padre Alexandre Paciolli, da Paróquia São José, na Lagoa, é velejador e se prepara ainda para lançar livro

Quem vê Alexandre Paciolli velejando pelas águas da Baía de Guanabara não imagina que todo domingo ele está em cima do altar. Responsável por celebrar a missa das crianças na Paróquia São José, aquela toda de vidro na Lagoa, o vigário de 46 anos, que já foi coroinha de João Paulo II, pratica o esporte […]

Por Daniela Pessoa Atualizado em 25 fev 2017, 17h48 - Publicado em 10 out 2015, 01h01
Divulgacao-3

Alexandre Paciolli: o padre é um exímio velejador (Crédito: Léo Aversa / divulgação)

Quem vê Alexandre Paciolli velejando pelas águas da Baía de Guanabara não imagina que todo domingo ele está em cima do altar. Responsável por celebrar a missa das crianças na Paróquia São José, aquela toda de vidro na Lagoa, o vigário de 46 anos, que já foi coroinha de João Paulo II, pratica o esporte desde jovem. Chegou a fazer parte da equipe de vela da Escola Naval, quando sonhava em ser fuzileiro, e foi até campeão sul-americano na classe oceano. “Competir é muito bom, mas hoje navego em águas mais revoltas, a alma das pessoas. Ajudo-as a sair de tempestades”, filosofa o sacerdote, que usa o veleiro de um amigo. “É um esporte muito caro. Todo mundo iria criticar um padre que tivesse a sua própria vela.” Na cola de outros padres escritores, Paciolli também está lançando seu livro, O Caminho da Luz. “Quero levar aos leitores ensinamentos de Deus e também do esporte para a vida.”

LEIA MAIS NA COLUNA BEIRA-MAR DESSA SEMANA:

+ Anitta fala sobre novo álbum, feito com o mesmo diretor criativo de Madonna, e comenta polêmicas

+ A madame virou sacoleira: socialite Fatima Martins cria Instagram para fiscalizar preços nos supermercados

+ Carolina Ferraz, que está engrossando a voz para o cinema, confessa não ser radical com a alimentação das filhas como Bela Gil

+ Carnavalesca Rosa Magalhães assina figurino e cenário de ópera infantil e fala sobre festa de encerramento da Olimpíada

Continua após a publicidade
Publicidade