Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Yasmin Brunet sobre derrota de Medina nos Jogos: ‘Roubado na cara dura’

'Tá vendo? Se eu estivesse lá, pegava esse juiz', disse a mulher do surfista, que perdeu para atleta japonês e acabou sem medalha na Olimpíada de Tóquio

Por Da Redação Atualizado em 27 jul 2021, 11h29 - Publicado em 27 jul 2021, 11h28

A derrota de Gabriel Medina para Kanoa Igarashi na semifinal da Olimpíada de Tóquio revoltou Yasmin Brunet – e não só ela: internautas e outros surfistas do Brasil também viram uma valorização excessiva numa das manobras do japonês, que tirou o brasileiro da disputa pelo ouro, na madrugada desta terça (27).  “Você foi roubado na cara dura e ninguém fez nada! O Brasil todo viu!”, escreveu Yasmin em sua conta no Instagram.

Yasmin foi na mala? Vídeo de Gabriel Medina chegando no Japão vira meme

Medina vinha liderando a bateria contra Igarashi e somava três notas altas, acima de 8, quando o surfista japonês conseguiu arrancar um 9,33 num aéreo e virar o jogo. A generosidade dos jurados na pontuação do atleta local gerou polêmica nas redes – e a fúria de Yasmin.

COB autoriza atleta a levar marido para Tóquio e Yasmin Brunet se revolta

“Tá vendo? Se eu estivesse lá, eu pegava esse juiz. Não vou nem falar nada. Infelizmente, como o surfe é subjetivo, dá para roubar fácil as pessoas. É isso, puxam para o país”, disse ela numa live, interrompida enquanto falava sobre o resultado da prova – o motivo da interrupção seria o uso indevido de imagens ou áudios.

Continua após a publicidade

Vetada nos Jogos, Yasmin Brunet critica COB: ‘Eu não iria a passeio’

Na disputa pela medalha de bronze, o brasileiro foi superado pelo australiano Owen Wright, numa bateria sem maiores polêmicas em relação às notas. Ao final da competição, Medina evitou se exceder nas reclamações contra os jurados. “Infelizmente não deu. Agora é voltar para casa e descansar. É triste quando isso acontece, é difícil passar o ano treinando, se esforçando, mas a minha parte eu fiz. Tem coisas que não dá para entender, mas tinha de ser assim”, disse.

View this post on Instagram

A post shared by Yasmin Brunet Medina (@yasminbrunet1)

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade