Continua após publicidade

Quem é MC Cabelinho, o artista mais escutado do Spotify no Rio em 2023

Um dos nomes de destaque da cena que une trap e funk, atualmente ele se divide entre a música e a atuação na novela das sete da Globo

Por Kamille Viola
1 mar 2023, 17h56

No aniversário de 458 anos do Rio, celebrados nesta quarta  (1), o Spotify divulgou os artistas mais ouvidos pelos cariocas entre janeiro e 25 de fevereiro de 2023. MC Cabelinho é o artista mais popular na cidade. Um dos destaques da cena que une trap e funk, o cantor lançou no fim do ano passado seu álbum mais recente, o mais bem-sucedido de sua carreira até agora.

+ A mensagem publicada pelo ator José Mayer, após 10 dias em hospital do Rio

Victor Hugo Oliveira do Nascimento, de 27 anos, é cria da favela Pavão-Pavãozinho, na Zona Sul, onde passou boa parte de sua vida. Hoje, mora em uma casa no Recreio, na Zona Oeste. Emplacou 11 das 13 faixas do disco Little Love, lançado em dezembro de 2022, no Top 50 Brasil do Spotify. O disco traz feats como nomes como Ludmilla, Gloria Groove e Baco Exu do Blues.

Compartilhe essa matéria via:
MC Cabelinho usa camisa da seleção brasileira. Ele abraça Bella Campos por trás, e ela usa top verde e segura uma caneca na mão. Ao fundo, a vista para uma favela.
MC Cabelinho e Bella Campos: casal se conheceu na preparação para a trama das sete da Globo, Vai na Fé – (Instagram/Reprodução)

Litte Hair, como também é chamado, faz incursões no audiovisual: ele está no ar na atual novela das sete, Vai na Fé, na qual vive o traficante Hugo. Foi nas preparações para o papel que ele conheceu sua namorada na vida real, a atriz Bella Campos. Na pele da Jenifer da trama, filha da protagonista, Sol (Sheron Menezzes), ela ficou conhecida como a Muda do remake de Pantanal.

+ O que Anitta foi fazer no Desfile das Campeãs com look de Sabrina Sato

Essa é a terceira vez que Cabelinho envereda na atuação: ele estreou na novela Amor de Mãe, como Farula, um ex-traficante que segue carreira na música, e participou da série Dates, Likes & Ladrilhos, exibida no ano passado pelo Canal Brasil. Recentemente, o artista foi acusado de descumprir horários das gravações, tratar mal funcionários da Globo e ter comportamentos homofóbicos e machistas nos bastidores de Vai na Fé, mas ele nega.

+ “Demorei a aprender que o meu corpo não é um objeto”, diz Luiza Brunet

Continua após a publicidade

O cantor conta que ainda está aprendendo a lidar com o fato de namorar uma pessoa pública. No fim de janeiro, durante uma rima de freestyle (improviso), ele mandou: “Amor, quer casar comigo?”, olhando para Bella. A repercussão foi grande, mas ele nega que tenha sido um pedido de casamento.

+ “Estou mais segura com meu corpo aos 40”, diz Alinne Moraes

Cabelinho não se furta a fazer declarações públicas à amada. E na última faixa de Little Love, Minha Cura, inspirada em Bella, ele já tinha dado a deixa: “Mais que amigos, namorados / Em breve, seu marido / E, quem sabe, um dia, vai ser a mãe dos meus filhos”, diz a letra. Os “crias” também amam.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.