Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Ipanema: mulher que pedia dinheiro para cães abandonados é investigada

Animais foram resgatados desnutridos e acorrentados; falsa cuidadora costumava agir nos arredores da Praça Nossa Senhora da Paz

Por Cleo Guimarães 9 jul 2020, 12h25

Figura conhecida dos moradores do bairro, uma mulher que costumava arrecadar doações para cães abandonados nos arredores da Praça Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, está sendo investigada pela Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente do Rio por maus-tratos aos animais.

‘Bolsonaro tinha que levar uma surra de cinto da mãe dele’, diz Cássia Kis

Denúncias feitas pelas redes sociais à Comissão de Direitos Animais da Câmara levaram agentes da Subsecretaria de Bem-Estar Animal ao Morro da Covanca, em Jacarepaguá, nesta terça (7). Lá foram encontrados quatro cachorros acorrentados, magros e desnutridos. “A comida servida aos animais estava totalmente podre, a água que bebiam era suja, com lodo e larva de mosquito”, contou o vereador Luiz Carlos Ramos Filho (PMN), presidente da Comissão, em vídeo postado em suas redes sociais.

Insalubre: comida servida aos animais estava estragada Instagram/Reprodução

Os cães precisavam de cuidados médicos e foram levados para o Centro de Proteção Animal Fazenda Modelo, que abriga cerca de mil animais, todos vítimas de abandono e maus-tratos. A Polícia Civil investiga se, conforme foi denunciado, o lugar pertence à “cuidadora de Ipanema”, que há anos usa os cães para sensibilizar as pessoas e pedir dinheiro não só na Praça Nossa Senhora da Paz, mas também em outros pontos da Zona Sul. A Subsecretaria de Bem-Estar Animal vai realizar uma live em sua página no Facebook neste sábado (11) para promover as adoções desses animais.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Publicidade