Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Macramê: a arte milenar que virou moda na decoração

Buscas pelo termo no Google mais do que triplicaram desde 2019. Diante do sucesso da técnica, novas marcas surgiram no último ano, como a Semeia Macramê

Por Renata Magalhaes 17 dez 2021, 09h50
Macramê
Macramê – Ana Paula Nascimento/Divulgação

O resgate do trabalho manual durante o isolamento fez com que técnicas de artesanato ganhassem destaque na decoração. Uma delas é o macramê — tipo de tecelagem milenar à base de fibras naturais como algodão, cânhamo, sisal, linhas ou lãs.

Dados do Google Trends mostram que as buscas pelo termo mais do que triplicaram desde 2019. Foi nesse cenário que surgiu no ano passado a Semeia Macramê, iniciativa do casal Ana Paula Nascimento e Rafael Canellas.

Compartilhe essa matéria via:

“O volume de pedidos cresceu tanto na pandemia que o lançamento de um e-commerce acabou sendo o caminho natural”, conta a artesã da marca, cujo carro-chefe são as cadeiras de cordas (foto).

Eles ainda oferecem um kit para quem quer se aventurar na elaboração de peças — de adornos para a parede até suportes para plantas, tudo é válido para decorar o lar, doce lar.

Continua após a publicidade

Publicidade