Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Iza, Paolla Oliveira e outras rainhas confirmadas para o Carnaval 2022

Em gravação para programa da Globo, escolas do Rio definem seus sambas-enredo e coroam suas musas

Por Renata Magalhaes Atualizado em 1 out 2021, 18h39 - Publicado em 1 out 2021, 12h54

Após um estranho ano sem folia, podemos comemorar: vai ter Carnaval em 2022 e os preparativos estão a todo vapor. Enquanto as escolas do Rio começam a selecionar seus sambas-enredo para a festa na Marquês de Sapucaí, as rainhas de bateria começam os preparativos para seus desfiles.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui 

Em um look dourado arrasador, IZA marcou sua volta à Imperatriz Leopoldinense na última quarta (29). A cantora visitou o barracão com um macacão transparente sensual combinado com uma bela trança nos cabelos. “Que felicidade estar de volta”, comemorou nas redes sociais, o que levou seus seguidores à loucura. A trilha será do compositor Gabriel Mello com o tema “Meninos, eu vivi… Onde canta o sabiá, onde cantam Dalva & Lamartine”.

View this post on Instagram

A post shared by IZA (@iza)

+ Carnaval 2022: cadastro de blocos de rua no Rio ganha novo prazo

Já na quinta (30), a cantora Lexa conquistou elogios de Milton Cunha. “Melhor rainha de bateria que passou por aqui”, afirmou o comentarista durante a gravação do programa Seleção do Samba, que será exibido pela Globo. Ela conduzirá o batuque da Unidos da Tijuca, que terá o enredo “Waranã – A reexistência vermelha”, de Jack Vasconcelos, estreante na escola.

View this post on Instagram

A post shared by Lexa (@lexa)

Continua após a publicidade

+ Muso das Olimpíadas, Luis Roberto ganha novo programa – e não é sobre esportes

Quem também está confirmadíssima na folia é Paolla Oliveira, novamente à frente dos ritmistas da Grande Rio, que desfilará com samba do grupo de Arlindinho Cruz. Ela ocupou o cargo em 2009 e 2010, e reassumiu em 2020.

View this post on Instagram

A post shared by Acadêmicos do Grande Rio (@granderio)

E temos mais musas garantidas na Avenida: Erika Januza substitui Raíssa Machado no posto de rainha de bateria da Viradouro, com o enredo “Não há tristeza que possa suportar tanta alegria”. Viviane Araujo reinará no Salgueiro pelo 14º ano consecutivo, Evelyn Bastos segue invicta na Mangueira e Sabrina Sato volta ao posto para a Unidos de Vila Isabel.

View this post on Instagram

A post shared by G.R.E.S. Unidos do Viradouro (@unidosdoviradouro)

+ Efeito vacina: Rio registra menor número de internações desde o início da pandemia

Continua após a publicidade
Publicidade