Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Gal Costa, 75 anos: atenta e forte (e cheia de projetos)

Planos incluem a gravação de um disco só com canções de Milton Nascimento, e mais uma leva de duetos, agora ao lado de mulheres da nova geração

Por Cleo Guimarães Atualizado em 21 Maio 2021, 19h43 - Publicado em 21 Maio 2021, 07h05

Tudo anda tão incerto em relação a prazos que Gal Costa prefere não marcar datas exatas para seus próximos projetos — e eles não são poucos. “Vou fazer um disco só com canções do Bituca (Milton Nascimento)”, anuncia a cantora, que também tem “várias ideias” para um álbum de inéditas, outro plano a ser executado assim que a pandemia deixar.

‘Eu cresci’, diz Marina Ruy Barbosa, prestes a interpretar um mulherão

Aos 23 anos, Gabriel David promete ‘mudanças drásticas’ no carnaval

Gal, 75 anos, anda animada com o sucesso da releitura de clássicos de seu repertório gravados com artistas da nova MPB, como Criolo, Tim Bernardes e Zé Ibarra, e seu radar já está ligado em uma versão feminina do trabalho, só com cantoras. “A repercussão do disco de duetos com os meninos foi muito boa”, diz Gal, que — ufa! — não descarta a possibilidade de uma turnê. “Sempre quero fazer coisas novas. O desafio me motiva”, afirma.

Patrícia Poeta vence processo contra fabricante de ‘remédio milagroso’

Frances Reynolds, a mecenas da arte carioca

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade