Continua após publicidade

O feminismo também tem vez em meio a enredos de temática negra

Destaque da Beija-Flor, Djamila Ribeiro elogia iniciativa: "Acho fundamental abordarem as religiões de matriz africana"

Por Kamille Viola
Atualizado em 23 abr 2022, 00h21 - Publicado em 23 abr 2022, 00h18

A filósofa e ativista Djamila Ribeiro, destaque no desfile da Beija-Flor, falou a VEJA RIO no camarote Arara sobre a importância de diversas escolas neste ano se debruçarem sobre a temática negra.

+Rainha da Mangueira enche o peito para afirmar que é cria do morro

“O carnaval tem uma tradição em relação a isso, e acho fundamental falarem sobre isso, abordarem as religiões de matriz africana, por exemplo. A Beija-Flor vai ter uma ala sobre feminismo negro, e eu estou pintada em um carro. É uma honra receber essa homenagem de uma escola que tem uma importância tão grande e ver esses temas serem tratados por uma escola de samba, porque ela chega a públicos aos quais a gente muitas vezes não chega”, diz.

Compartilhe essa matéria via:

É a primeira vez que Djamila desfila em uma agremiação carioca. Ela vem no último carro, que celebra a escritora Conceição Evaristo. A filósofa também comentou o fato de que o enredo da escola de Nilópolis que lembra o assassinato de George Floyd por um policial branco nos Estados Unidos, em maio de 2020 – há até uma ala coreografada.

+Carnaval 2022: Iza abre os desfiles na Sapucaí com fantasia exuberante

“Em uma parte, o samba fala que população negra ainda chora com as balas de fuzil. Fala na violência contra nós, o que é essencial, mas, ao mesmo tempo, fala das nossas conquistas e da importância da população negra na constituição do Brasil”, observa ela.

Continua após a publicidade

+“Não pendurei as sapatilhas”, diz Alcione sobre vida sexual

A Beija-Flor é a última escola a cruzar a Avenida na primeira noite do Grupo Especial, com o enredo Empretecer o Pensamento É Ouvir a Voz da Beija-Flor.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.