Clique e assine por apenas 7,90/mês

Ex-BBB, surfista carioca Lucas Chumbo vence em ondas gigantes de Nazaré

Quinze dias depois de ser eliminado do Big Brother Brasil, Lucas Chumbo vence, ao lado do havaiano Kay Lenny, em Portugal

Por Cleo Guimarães - 11 fev 2020, 19h35

Primeiro eliminado do “Big Brother Brasil” – ele saiu da casa no dia 28 de janeiro, com 75% dos votos do público -, o surfista carioca  Lucas Chumbo  venceu hoje (11) o campeonato mundial de Tow In (surfe rebocado por jet ski), o Nazaré Tow Surfing Challenge, na Praia do Norte, em Nazaré, Portugal. O mar estava em condições extremas, com ondulações de mais de 40 pés (o equivalente a um prédio de 14 andares), e Chumbo conquistou o título ao lado do havaiano Kay Lenny, nas categorias melhor time masculino e melhor onda do dia. “A performance de hoje foi impecável e diferenciada”, comemorou Carlos Burle, treinador de Lucas Chumbo. No Feminino, desta vez não deu para Maya Gabeira, e quem levou o título foi a francesa Justine Dupont, rebocada por Fred David no jet ski. O também Brasileiro Alemão de Maresias foi premiado pela sua performance na segurança do evento. 

Mais cedo, um susto: a competição precisou ser interrompida depois que o surfista português Alex Botelho foi derrubado por de seu jet ski por uma onda assustadoramente grande (veja o vídeo abaixo). Ele foi resgatado e retirado inconsciente do mar e até o início da noite estava internado em estado estável. A competição foi organizada pela primeira vez pela World Surf League e reuniu 19 surfistas de todo o mundo. 

View this post on Instagram

Big Wave Surfer @alex_botelho was involved in a very serious incident during the Nazare Tow Surfing Challenge. He was rushed to the hospital and we now have an update on his condition. Currently, he is stable and conscious. He will stay at the hospital for further evaluation. A heartfelt thank you to the safety and medical teams for their quick response. We are wishing Alex a full and speedy recovery.

A post shared by World Surf League (@wsl) on

Publicidade

Mais cedo, um susto: a competição precisou ser interrompida depois que o surfista português Alex Botelho foi derrubado por de seu jet ski por uma onda assustadoramente grande. Ele foi resgatado e retirado inconsciente do mar e até o início da noite estava internado em estado estável. A competição foi organizada pela primeira vez pela World Surf League e reuniu 19 surfistas de todo o mundo. 

Publicidade