Clique e assine por apenas 4,90/mês

Cinderela do Guedes: quem é a personagem do carnaval de rua 2020

Farmacêutica já se fantasiou de Miss Colômbia que perdeu a faixa, "Resistência", e Golden Shower: "É importante ter timing, isso é que faz a diferença"

Por Cleo Guimarães - Atualizado em 21 fev 2020, 13h26 - Publicado em 21 fev 2020, 12h40

Não tem para ninguém. No carnaval de rua da cidade, pelo menos até agora, só deu a Cinderela do Guedes. Inspirada no discurso do ministro da Economia, Paulo Guedes, que criticou o dólar a taxas baixas porque desta maneira, “estava todo mundo indo pra Disney, inclusive empregada doméstica, numa festa danada”, a farmacêutica Karina Melo, 34 anos, não pensou duas vezes. Vestiu-se de Cinderela e se mandou para o Céu na Terra, seu bloco preferido, em Santa Teresa. Nas mãos, uma placa onde se lia: “A única empregada da Disney”.

+ Leia a reportagem da Revista Veja: “Festa e protesto: Carnaval 2020 será o mais político dos últimos anos”

A mensagem foi entendida imediatamente por quem quer que fosse e a imagem, a mais marcante da folia até aqui.

Revista Veja desta semana: foliona carioca que usou fantasia para criticar Guedes simboliza protestos Divulgação/Veja.com

Não é a primeira vez que Karina vira o centro das atenções nos blocos da cidade com fantasias simples e referências a acontecimentos recentes. Ela tem “timing” e sabe usar como poucos assuntos e personagens em destaque, o famoso “buzz”, para fazer protestos bem humorados. Assim, consegue passar suas mensagens, ainda “quentes”, se divertindo como poucos no meio do baticum.

Golden Shower: fantasia fez sucesso no carnaval de rua de 2019 Instagram/Reprodução

No ano passado, em meio à perplexidade do Brasil e do mundo e relação à prática do “golden shower” que o presidente Bolsonaro dizia desconhecer, lá foi Karina pendurar fios dourados num chuveiro velho. Trajada com um maiô e faixa presidencial, ganhou as capas dos principais jornais do país. “O lance da fantasia também passa pela ideia literal”, diz.

Criatividade: o chuveiro do golden shower na fantasia “resistência” Instagram/Reprodução

Karina também é adepta da sustentabilidade, tá pensando o quê? A farmacêutica de alma carnavalesca gasta pouco em suas produções e recicla as fantasias, sem perder a criatividade jamais. O chuveiro do golden shower, por exemplo, já tinha sido parte fundamental de outro figurino usado dias antes: com ele na cabeça e a ilustração de uma resistência (a peça metálica que faz funcionar o chuveiro elétrico), ela saiu às ruas fantasiada de… Resistência. As plaquinhas explicativas, conta Karina, são fundamentais para o bom entendimento do duplo sentido das mensagens. Por isso a roupa incluía um cartaz com a frase “Vai ter resistência”. O erro na coroação da Miss Universo, em 2015, quando um engano da produção fez a Miss Colômbia perder a faixa para Miss Filipinas (“Fui eu e uma amiga vestida de misses, com as faixas, trocando a coroa de vencedora o tempo todo”), a confusão na entrega do Oscar para “Moonlight” em 2017… nada escapa ao olhar atento de Karina. Ela anda tão animada com o reconhecimento à sua criatividade que já pensa em mudar de carreira. Está fazendo pós-graduação em redação publicitária na Miami Ad School e pretende seguir por este caminho “Sinto que estou no caminho certo”, diz, animada, a Cinderela do Guedes, que estará de volta ao Céu na Terra neste sábado.

Continua após a publicidade
Publicidade