Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Coronavírus: Vacina pra quê? Já é Carnaval nas ruas do Leblon; veja vídeo

Quantas pessoas de máscara você encontra nas imagens abaixo? Aglomeração foi em ritmo de samba em dois trechos do bairro, neste sábado (16) e domingo (17)

Por Cleo Guimarães 18 jan 2021, 11h52

 

As ruas do Leblon bombaram mais uma vez. No primeiro fim de semana sob novas medidas restritivas estabelecidas pela prefeitura, o bairro da Zona Sul teve algumas de suas ruas mais movimentadas tomadas por pessoas (jovens, em sua maioria), sem máscara e sem distanciamento, ignorando solenemente os protocolos sanitários mais básicos. Imagens que VEJA RIO recebeu de moradores do bairro mostram uma aglomeração típica dos carnavais de rua da cidade em tempos normais, mas agora no momento em que o município se aproxima dos 180 mil casos de contaminação pela Covid-19. São mais de 16 mil mortes registradas.

Dias Ferreira: essa rua está diferente

 

Continua após a publicidade

“O que eu vi foi um pré-Carnaval, com muito tumulto na rua, em plena Ataulfo de Paiva”, diz o economista Carlos Mello, que passou pela avenida, a principal do bairro, por volta das 20h deste domingo. Ele se disse “chocado” com o que viu. No dia anterior, as aglomerações com música ao vivo tiveram seu epicentro na Rua Dias Ferreira, também no Leblon. “Às duas horas da manhã parecia que eu estava num bloco de Carnaval, no auge da folia”, disse a VEJA RIO Guilherme Mattos, que mora há mais de 20 anos naquele trecho do bairro, num apartamento que dá de frente para a rua. “Estava tudo lotado, impressionante”.

Covid-19: primeiro vacinado será nesta segunda (18) no Cristo Redentor

O novo decreto de Eduardo Paes estabelece regras a serem seguidas por diferentes atividades e setores em três níveis de classificação de risco: muito alto, alto e moderado. A Zona Sul faz parte do grupo considerado de alto risco de contaminação e, por isso, foi reforçada, nesta região, a obrigatoriedade do distanciamento social e do uso de máscara. Na atual conjuntura, bares também estão proibidos de vender bebidas alcoólicas a quem não estiver ocupando suas mesas – e elas devem ter pelo menos 1,5m de distância umas das outras.

Coronavírus se alastra pelo Rio: cidade tem agora 28 bairros de alto risco

Neste domingo (17) foram registradas mais 36 mortes e 947 casos confirmados de Covid-19 no estado do Rio. No total, desde o início da pandemia, em março, foram notificados 482.050 casos de coronavírus e 27.791 óbitos.

Continua após a publicidade
Publicidade