Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Infectar-se após 2 doses da vacina é possível? Zélia Duncan sabe que sim

Cantora contou que sua mãe, de 85 anos, e o padrasto, de 97, contraíram o virus há 20 dias, depois de imunizados; 'Muito medo de perder'

Por Da Redação 31 mar 2021, 17h01

A pandemia não cansa de nos trazer novidades assustadoras, e Zélia Duncan sentiu na pele um dos grandes temores da humanidade nos tempos atuais: ela contou que a mãe, dona Louise, de 85 anos, e o padrasto, de 97, foram contaminados pela Covid-19 há 20 dias, mesmo depois de tomarem a segunda dose da vacina.

Paes nega passeio em Angra e diz que, se fosse curtir, ‘iria para Maricá’

“Eu fiquei apavorada, estou perdendo tantos amigos, conhecidos. Já estava revoltada quando veio essa notícia”, disse, em um desabafo emocionado publicado em seu Instagram.

Coronavírus: trafico proíbe bailes funk nas favelas do Rio

A cantora contou que, se não impediu a infecção, o imunizante foi fundamental para que a mãe não desenvolvesse a forma grave da doença. “Ela está curada, ótima. A vacina segurou a onda.”

BBB: ‘Só me resta pedir desculpas’, diz Sarah, sobre piadas com a Covid-19

No vídeo, Zélia lembra que dona Louise passou por crises de pânico, provocadas pela febre e o cansaço, mas que, apesar do susto, não precisou ser internada. No fim da gravação, a cantora criticou os negacionistas e as pessoas que não seguem os protocolos mais básicos, como evitar aglomeração. “É muito duro sentir medo na pele, pavor de perder. Não entendo as pessoas que aglomeram porque todos nós já perdemos alguém. Parece que querem tripudiar”.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade