Clique e assine por apenas 4,90/mês

Coronavírus: Crivella pedirá ajuda ao Exército para tirar idosos das ruas

Na abordagem, militares vão orientar adultos maiores de 60 anos, grupo mais vulnerável ao Covid-19, a seguirem as recomendações de isolamento social

Por Cleo Guimarães - Atualizado em 21 mar 2020, 15h22 - Publicado em 21 mar 2020, 15h20

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, afirmou neste sábado que vai pedir ajuda ao Ministério da Defesa para tirar os idosos das ruas, principalmente na Zona Sul e na Barra da Tijuca, áreas com maiores número de casos do coronavírus. “Vou pedir ao exército que coloque em cada quarteirão dois soldados, ou um cabo e um soldado, ou um cabo e um sargento espalhados por toda a cidade”, disse Crivella, numa entrevista virtual a jornalistas.

Coronavírus: Barra da Tijuca lidera número de casos no Rio

Na abordagem, os militares vão orientar os idosos, grupo mais vulnerável ao Covid-19, a seguirem as recomendações de isolamento social. “Eles vão dizer que há uma solicitação das autoridades para que se preservem em casa, exceto se estiverem indo para supermercado ou farmácia”, afirmou o prefeito.

Medo no Rio: vídeo mostra assalto a turista em ruas desertas do Centro

Publicidade