Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Orgulho carioca: chef do Rio figura em seleta lista mundial de talentos da gastronomia

Mariana Aleixo, 33 anos, está à frente do Maré de Sabores, no complexo da Maré, na Zona Norte do Rio

Por Redação Atualizado em 28 jun 2021, 16h21 - Publicado em 28 jun 2021, 16h17

Recém-divulgada, a lista da 50 Next (iniciativa do prestigiado World’s 50 Best), que elege jovens (até 35 anos) que estão moldando o futuro da gastronomia, inclui dois brasileiros, sendo uma delas do Rio. Trata-se de Mariana Aleixo, 33 anos, à frente de projetos no complexo da Maré, na Zona Norte do Rio. Ela coordena o Maré de Sabores, que completou 11 anos neste 2021. Além de promover reeducação alimentar nas escolas, desdobrou-se em bufê comandado por mulheres, projetos de pesquisa e qualificação profissional feminina, etc.

+Festival de inverno do Cadeg reúne restaurantes e promoções de vinhos

Ou seja, a iniciativa também busca incentivar o empreendedorismo, estimulando o protagonismo feminino. Em 2020, Mariana Aleixo ajudou a organizar um banco de alimentos e a entrega de 65 000 refeições para populações em situação de rua no complexo da Maré. Desde 2010, ela, que estudou gastronomia, usa o ramo em benefício dos moradores da região com o projeto, que está integrado ao Redes da Maré, movimento comunitário que atua em diferentes frentes no conjunto de dezesseis favelas, com 140 000 habitantes. Desta empreitada nasceu, em 2016, a Casa das Mulheres, voltada à equidade de gênero, com acolhimento psicológico, jurídico e formação profissional.

+Ginasta do Flamengo entra para a história mundial da modalidade

“A gastronomia precisa ser pautada a partir do acesso e garantia de direitos para a população de favela e periferias, sendo protagonizados por pessoas desses territórios e principalmente pelas mulheres”, disse Mariana, em post divulgado na rede social da iniciativa.

Continua após a publicidade

Diferentemente dos rankings de bares e restaurantes do 50 Best, a lista que elenca os jovens líderes não tem ordem de classificação e foi dividida em categorias com um olhar mais abrangente à gastronomia. São eles: produção, tecnologia, educação, indústria criativa, ciência, hospitalidade e ativismo. Mariana, eleita na categoria educação, foi escolhida entre um conjunto de 700 candidatos. O outro integrante brasileiro da lista é Thiago Vinícius de Paula da Silva, 32 anos, que atua com a democratização do acesso a alimentos orgânicos no Campo Limpo, em São Paulo.

A honraria prevê ainda a realização de uma cerimônia física em Bilbao, no País Basco, na Espanha, para celebrar as listas de 2021 e 2022, quando a situação da pandemia der uma aliviada, o que, segundo as expectativas da organização, deve ocorrer no início do próximo ano.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

 

Continua após a publicidade

Publicidade