Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Bibi Ferreira: diva dos musicais completaria 99 anos nesta terça (1º)

Levantamento do Ecad mostra as principais músicas interpretadas pela artista, com destaque para a famosa canção da francesa Edith Piaf, La vie en rose

Por Luiza Maia Atualizado em 1 jun 2021, 16h19 - Publicado em 1 jun 2021, 16h08

Por mais de 70 anos, a diva dos musicais brasileiros, Bibi Ferreira, brilhou nos palcos. Nesta terça (1º), caso ainda estivesse viva, a cantora, atriz, compositora e diretora completaria 99 anos.

+ Vida e obra de Gal Costa serão celebradas em fotobiografia

Um levantamento do Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição), mostra as três músicas mais gravadas em sua voz. A primeira é a canção La vie en rose, da francesa Edith Piaf, quem Bibi interpretou nos palcos por quase três décadas, em Piaf – A vida de uma estrela da canção.

Em segundo lugar, está A quoi ça sert l’amou, de Giulian Aldo, também eternizada na voz de Piaf. Já em terceiro, vem uma música brasileira, Conversa de Botequim, dos sambistas Noel Rosa e Vadico.

+ Exposição exalta produção artística feminina

Bibi Ferreira tem 147 gravações e quatro músicas de sua autoria registradas no Ecad. Nos últimos cinco anos, mais de 90% dos rendimentos da cantora em direitos autorais corresponderam ao segmento televisivo.

Abigail Izquierdo Ferreira nasceu em 1º de julho de 1922, no Rio. Filha do ator Procópio Ferreira (1889-1979) e da bailarina espanhola Aída Izquierdo, Bibi estreou os palcos logo cedo.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Ao longo da sua carreira, se dedicou à paixão pelo teatro, além de gravar discos, filmes e programas de TV. Ela faleceu no dia 13 de fevereiro de 2019, vítima de uma parada cardíaca.

Continua após a publicidade
Publicidade