Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Monique Kessous

Veja Rio:

Resenha por Carol Zappa

De beleza delicada, refletida na voz doce e segura, cujo timbre rendeu inevitáveis comparações com Marisa Monte, Monique Kessous pode não ser um nome dos mais conhecidos, mas sua música ecoa na TV e nas rádios. Aos 32 anos, a cantora e compositora carioca já emplacou cinco músicas próprias em trilhas de novela. No sábado (25), vai apresentar ao público Dentro de Mim Cabe o Mundo, seu terceiro álbum autoral. Das treze faixas, dez são compostas por ela, sozinha ou com parceiros, como João Cavalcanti e o irmão Denny Kessous. O paraibano Chico César divide a contagiante Meu Papo É Reto, gravada por Monique em dueto com Ney Matogrosso. Completam a lista duas criações de Moska, entre as quais O Círculo, versão folk para uma canção do argentino Kevin Johansen — registrada no disco com a participação do músico malinês Mamadou Diabaté na kopra, espécie de harpa-alaúde africana. Do grupo português Deolinda foi emprestada Seja Agora, de Pedro da Silva Martins. Coprodução de Berna Ceppas com a cantora, o disco exibe melodias envolventes, que passeiam por MPB, pop contemporâneo e até um samba: Acorde ganhou coro das “pastoras” Ana Lomelino, Lia Sabugosa e Silvia Machete, convidadas da noite, ao lado de Moska. Além das inéditas, sucessos como Coração, Calma Aí e Pitangueira, de trabalhos anteriores, não devem ficar de fora.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.