VIAGEM

Viajantes cariocas

Elas têm uma bagagem de fazer inveja. Conheça blogueiras do Rio que compartilham suas dicas e relatos de viagem na internet

Por: Louise Peres - Atualizado em

Antes de ganhar um novo carimbo no passaporte, provavelmente você costuma se cercar de guias de viagem, livros e publicações especiais sobre seu próximo destino. Mas certamente também já consultou um amigo que fez aquele mesmo roteiro para conseguir indicações de programas imperdíveis, evitar furadas e tornar os dias de folga melhores ainda. Foi para compartilhar com um número maior de pessoas suas aventuras mundo afora que algumas cariocas, apaixonadas pela descoberta de novos lugares, resolveram publicar na internet seus relatos de viagem. Deixando de lado a formalidade dos guias e compartilhando suas experiências pessoais, elas transformaram suas dicas em blogs, com conteúdos úteis para muitos viajantes à caça de informações na web.

A paixão por viagens uniu seis amigas, todas jornalistas, para criar o As Viajantes. Tarimbadas em escrever e-mails para os amigos carentes de dicas, elas decidiram poupar a trabalheira e mostrar, no blog, os roteiros cheios de recomendações produzidos pelo sexteto. "A ideia surgiu quando a Reba, voltando super empolgada de uma viagem à Índia, teve vontade de compartilhar com mais gente os perrengues que viveu por lá", conta Clarissa Vasconcellos. Além das duas, o blog conta ainda com os relatos das amigas Alícia Uchôa, Isabella Motta, Daniela Amorim e Flávia Motta, todas formadas pela Uerj. A diversidade entre as blogueiras se reflete nos conteúdos postados. "Como cada uma curte uma coisa, temos uma gama variada de assuntos. A Alícia viaja muito pelo Brasil, adora acampar, se enfiar no mato; a Flávia ama Paris, vive indo para lá; e a Reba está morando em Londres, o que tem rendido muita coisa pro blog", explica. Entre os posts de maior sucesso, estão aqueles que contêm dicas de transportes nas grandes cidades europeias. Às vésperas de feriadões, o texto sobre as cidades históricas mineiras é o um dos mais acessados. "As pessoas gostam de roteiros prontos, mastigados", revela Clarissa.

Quer aproveitar ao máximo a sua viagem? Veja dez dicas dessas viajantes profissionais

Para quem faz um blog de viagem, nada melhor do que morar onde muitos turistas desejam passar férias (e não estamos falando do Rio). Há oito anos a economista Adriana Miller trocou o bairro de Botafogo pela Europa. Mora em Londres há sete anos, mas antes fixou-se na Itália e na Espanha, onde fez mestrado. "Essas oportunidades me permitiram viajar muito, então criei aquele espaço para contar o que eu vivia", lembra ela, que começou em 2004 o Dri Everywhere. Desde então, a economista extrapolou as fronteiras do velho continente e já conheceu países como Vietnã, Camboja, Emirados Árabes e Tanzânia, entre outros. "Em cada post, procuro juntar o máximo de informação aliada à minha experiência naquele lugar", conta a blogueira, hoje casada com um americano que conheceu na Inglaterra. "Viajamos muito juntos, mas também pude conhecer vários lugares porque trabalho na área internacional de uma empresa. E por mais corridas que sejam as viagens, sempre rende um post", diz a carioca, que também é apaixonada por fotografia e recheia o blog com belos cliques de cada passeio.

Até viagens com crianças renderam assunto para um blog. Inspirada no filho Dylan, hoje com quatro anos, a designer Claudia Beatriz criou o Aprendiz de Viajante, onde relata suas andanças pelo mundo. "Sempre amei viajar. E o meu pequeno me fez olhar para lugares que eu já conhecia de uma maneira diferente", conta ela, que em 2004 deixou o Rio para morar em Washington, nos Estados Unidos. Além de Dylan, ela tem como companheiros de viagens o marido americano, Omar, e o filho mais velho, Nicollas. "Muita gente acredita que viajar com crianças impõe muitas restrições. Claro que muda muita coisa, mas é possível aproveitar os passeios do mesmo jeito", diz ela, cujo sonho é fazer uma volta ao mundo em família em 2014. "Com uma parada no Brasil durante a Copa", frisa.

Relatar viagens num blog é uma experiência extremamente pessoal. Mas há um ponto em que a opinião dessas viajantes é comum: não importa quantas outras conheçam, o Rio permanece como cidade favorita. "Ir ao Brasil é sempre cansativo, porque quero ver muita gente, matar a saudade de tantas coisas, e o tempo é muito curto", diz Adriana. "Mas amo estar de volta e aproveitar a mistura que é o Rio, uma cidade praiana, cosmopolita e ao mesmo tempo tão perto das montanhas", conta. Ter raízes aqui não significa se sentir como local. "Adoro turistar no Rio. As pessoas brincam, mas o que eu posso fazer? Eu amo a minha cidade e quero fazer o que há de melhor nela! Ir ao Cristo, levar meu filho ao Jardim Botânico", diverte-se Claudia. Para a mulherada do As Viajantes, a cidade é a única capaz de reunir as seis amigas em um único lugar. "É a unanimidade entre a gente. Para reunir todas, como nos tempos de faculdade, só o Rio mesmo", brinca Clarissa.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Fonte: VEJA RIO