TEATRO

Garagem

Estacionamento do shopping Rio Sul é transformado em palco para apresentação de peça teatral

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

AVALIAÇÃO ✪✪✪

Guga Melgar/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

O meio da rua, uma boate, um quarto de motel barato: esses foram alguns dos lugares da cidade recentemente transformados em palco por encenações teatrais. A vez agora é de uma área desativada no estacionamento do Rio Sul, com 1?300 metros quadrados. Autor e diretor da peça, Gustavo Paso a imaginou desde o início em um espaço normalmente reservado a automóveis. Com o auxílio de Teca Fichinski, na cenografia, criou a garagem do condomínio onde vive o advogado Juan, protagonista da história, interpretado por Gustavo Falcão. De uma hora para outra, ele perde tudo: emprego, dinheiro, apartamento, mulher (Luciana Fávero). Sem ter onde cair morto, encontra a escritura de uma vaga para carros e decide se mudar. A ação mostra a convivência de Juan com outros moradores e um faxineiro do prédio. Não convém entregar muito os meandros da trama, que provoca uma interessante reflexão sobre a perversidade humana: vários dos personagens, do vilanesco ex-sogro (Eduardo Tornaghi) à ingênua aspirante a cineasta Belita (Thalita Vaz), sugam algo do protagonista para esconder as próprias misérias. O espetáculo certamente se beneficiaria de um enxugamento na duração e no número de personagens ? são dezoito ao todo, e alguns acabam subaproveitados. O elenco, porém, se defende bem, com destaque absoluto para Falcão. Mas o que chama mesmo atenção é a logística da montagem, com um entra e sai rigorosamente cronometrado de atores por uma escada e um elevador cenográficos, além de sete carros que circulam em cena (120min). 14 anos. Estreou em 4/9/2013.

Rio Sul (80 lugares). Rua Lauro Müller, 116, G3, Botafogo. Informações, ☎ 7419-8049. Quarta a sábado, 21h; domingo, 19h. R$ 40,00. Bilheteria no local: a partir das 14h (qua. a dom.). IR. Até domingo (6).

Fonte: VEJA RIO