SHOWS

O que os baianos têm

Estrelas da axé music, ambos hoje em carreira-solo, Bell Marques e Durval Lelys se apresentam no Riocentro

Por: Rafael Cavalieri

Belle Durval/Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Na história da axé music, os dois são protagonistas. Em 1982, Bell Marques fundou o Chiclete com Banana. Cinco anos depois, nascia, liderado por Durval Lelys, o Asa de Águia. Até o Carnaval de 2014, as duas bandas reinaram absolutas do alto de seus respectivos trios elétricos. Em plena folia de Salvador, Marques anunciou a despedida do grupo e o começo da carreira-­solo - no que foi seguido, em março, pelo colega. No Rio, os astros baianos mostram pela primeira vez os novos rumos de sua trajetória artística. Como ninguém é de ferro, Marques, sempre com sua indefectível bandana, não vai deixar de fora 100% Você, um hino para os chicleteiros. A canção dividirá espaço com composições mais recentes, a exemplo de Amor Bacana. Na mesma linha, Durval promete preservar os hits Não Tem Lua e Quebra Aê. Mas também mostrará Vê o que Restou, entre outras novidades. Como os dois são amigos, espera-se uma troca de gentilezas, na forma de canjas, com um dando uma palinha no show do outro. No intervalo entre as apresentações principais, a multidão esperada de mais de 7?000 fãs, que não costuma falhar em eventos do gênero, ainda vai ser brindada com a presença de DJs e do Carrossel de Emoções, fenômeno do Carnaval carioca que leva para a batucada pérolas do funk tradicional. Vai ser uma festa. 18 anos.

Riocentro (7?500 lugares). Avenida Salvador Allende, 6555, Barra, ☎ 3035-9100. Sábado (30), a partir das 15h. R$ 40,00 (pista feminina promocional) a R$ 190,00 (camarote masculino promocional). IR (☎ 4003-1212).

Fonte: VEJA RIO