ROTEIRO DA SEMANA

Shows e concertos

Confira os melhores shows e concertos que vão rolar na cidade nesta semana

Por: Rachel Sterman e Bruna Talarico - Atualizado em

ALEXANDRE PIRES. O ex-Só pra Contrariar entoa faixas do mais recente disco-solo: Mais Além. Pode Chorar, Mineirinho, Tira Ela de Mim e a inédita A Chave É Seu Perdão integram o repertório. 15 anos. Citibank Hall (3?337 lugares). Avenida Ayrton Senna, 3000 (Shopping Via Parque), Barra. Informações, ☎ 0300 7896846 (9h/21h). Sábado (8), 22h15. R$ 70,00 (mesa lateral) a R$ 140,00 (camarote). Bilheteria: 12h/20h (seg. a sex.); a partir das 12h (sáb.). Estac. (R$ 7,00). www.ticketsforfun.com.br.. www.citibankhall.com.br.

BABY DO BRASIL. Menino do Rio, Tudo Azul, Cósmica e Um Auê com Você, entre outros sucessos de outrora, entram no repertório da cantora, que volta aos tempos de Baby Consuelo para celebrar seus 60 anos. No espetáculo Baby Sucessos, a ex-intérprete do grupo Novos Baianos é dirigida e acompanhada pelo filho guitarrista, Pedro Baby, um dos idealizadores do espetáculo e organizador do repertório. 18 anos. Circo Voador (2?000 lugares). Arcos da Lapa, s/nº, Lapa, ☎ 2533-0354. Sexta (7), 0h. R$ 80,00. Bilheteria: 12h/19h (ter. a qui); a partir das 12h (sex.). IC. www.circovoador.com.br.

BADI ASSAD. Cantora, compositora e violonista paulista, Badi lança seu 11º disco da carreira, Amor e Outras Manias Crônicas, depois de cinco anos sem apresentar um trabalho inédito. Na companhia de Guilherme Kastrup (percussão, bateria e samplers) e Meno Del Picchia (baixo, guitarra e teclados), ela convida Ricardo Herz (violino), Alessandro Ribeiro (trompete), Marcelo Valezi (sax), Ivan de Andrade (clarinete e sax), Jorge Cirillo (sax barítono e flauta) e Allan Abbadia (trombone) para desfiar um repertório inspirado em sua experiência com a maternidade. 16 anos. Teatro Rival Petrobras (472 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Terça (4), 19h30. R$ 45,00. Bilheteria: 15h/21h (seg.); a partir de 15h (ter.). IC. www.rivalpetrobras.com.br.

BAIA. Há duas décadas, Baia se lançava no mercado como intérprete de sucessos de Raul Seixas. De seu repertório autoral, ficaram famosas Na Fé e O Comedor de Calango e o Gerente da Multinacional. Essas, além das mais recentes Fulano, Tu e Habeas Corpus, estão garantidas na programação. O cantor baiano é acompanhado por Carlos Sales (bateria), Wlad (baixo), Caesar Barbosa (guitarra) e Leandro Joaquim (trompete). 18 anos. Studio RJ (300 lugares). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Sexta (7), 22h. R$ 50,00. Bilheteria: a partir das 21h (sex.). www.studiorj.org.

BEN KWELLER. Líder da banda alternativa de rock Radish, na década de 90, o cantor, compositor e multi-instrumentista americano virou um símbolo indie em sua carreira-solo, iniciada em 2000 com o lançamento do EP Freak Out, Is Ben Kweller. Na primeira visita ao Brasil, promovida pelo coletivo Queremos, Kweller mostra ao vivo o indie-folk de faixas como Mean to Me, Penny on the Train Track e I Quit. 16 anos. Imperator ? Centro Cultural João Nogueira (1?500 lugares). Rua Dias da Cruz, 170, Méier, ☎ 3259-1998. Quinta (6), 22h. R$ 80,00 Bilheteria: 14h/20h (ter. e qua.); a partir das 14h (qui.). IC. www.imperator.art.br.

BOEMIA CARIOCA. Franklin (banjo), Gustavo (voz e balde), Lenilson (violão de sete cordas), Dudú (cavaco), Mario Freitas (trombone), Dalton (percussão) e Willian (surdo) formam o grupo que defende repertório dedicado a clássicos de bambas como Paulinho da Viola e Zeca Pagodinho. Completam o programa do septeto marchinhas carnavalescas e sambas-enredo históricos. A apresentação de abertura, a partir das 19h30, fica a cargo do cantor Marcos Ozellin. 18 anos. Rio Scenarium (1?000 lugares). Rua do Lavradio, 20, Lapa, ☎ 3147-9000. Terça (5), 22h30. R$ 20,00. www.rioscenarium.com.br.

BOSSA, JAZZ E MUITO MAIS. O projeto do restaurante Vizta, no Hotel Marina, recebe na quinta (6) o Quinteto Nuclear, formado por Dan Sebastian (trompete), Thiago Amorim (piano), Marcelo Santos (sax), Miguel Couto (bateria) e Pablo Arruda (baixo). Além de composições autorais, o grupo investe em interpretações próprias para temas de nomes do jazz de épocas diversas, a exemplo de John Coltrane e Steve Coleman. Na sexta (7) o baixista Alberto Continentino sobe ao palco para apresentar Ultraleve, seu novo disco. O guitarrista Fernando Clark, a atração de sábado (8), interpreta clássicos do jazz ao lado de Victor Beltrame (bateria) e Alex Rocha (baixo). É recomendável fazer reserva. 18 anos. Restaurante Vizta (80 lugares). Avenida Delfim Moreira, 630 (Hotel Marina Palace), Leblon, ☎ 2172-1089. Quinta (6), sexta (7) e sábado (8), 21h30. R$ 30,00 (qui.) e R$ 40,00 (sex. e sáb.).

DANIEL. Em turnê para celebrar 30 anos de carreira, o cantor revisita ao vivo fases diversas de sua trajetória. Entram na lista sucessos da época em que formava dupla com João Paulo (1960-1997), como Adoro Amar Você e Te Amo Cada Vez Mais, lembranças de momentos marcantes e hits mais recentes. No palco, ele é acompanhado por doze pessoas, entre bailarinos e instrumentistas. 15 anos. Citibank Hall (3?337 lugares). Avenida Ayrton Senna, 3000 (Shopping Via Parque), Barra. Informações, ☎ 0300 7896846 (9h/21h). Sexta (7), 22h15. R$ 60,00 (poltrona) a R$ 170,00 (camarote). Bilheteria: 12h/20h (seg. a qui.); a partir das 12h (sex.). Estac. (R$ 7,00). www.ticketsforfun.com.br.. www.citibankhall.com.br.

DANILO ANDRADE. Na programação gratuita promovida pelo Santo Scenarium, pianistas cariocas defendem repertórios dedicados a jazz, música brasileira e samba-jazz. Na terça (4), a vez é de Danilo Andrade, que já acompanhou nomes como Vanessa da Matta e Seu Jorge e, hoje, toca com Ana Carolina. 16 anos. Santo Scenarium (150 lugares). Rua do Lavradio, 36, Centro, ☎ 3147-9007. Terça (4), 19h. Grátis. www.santoscenarium.com.br.

DIOGO NOGUEIRA. Filho do sambista João Nogueira (1941-2000), o cantor lança o DVD Diogo Nogueira ao Vivo em Cuba. Apresentadas por ele com toques de salsa na ilha do Caribe, Madalena (Ivan Lins), Que Maravilha (Toquinho e Jorge Ben Jor) e Tanta Saudade (Chico Buarque e Djavan) se misturam a composições próprias, como Razão para Sonhar, parceria dele com Ignacio Rios e Rafael Richaid. Participa da noite a jovem cantora cubana Annie Garcés, de apenas 16 anos. Diogo é acompanhado por uma numerosa banda de catorze músicos. 18 anos. Circo Voador (2?000 pessoas). Arcos da Lapa, s/nº, Lapa, ☎ 2533-0354. → Sábado (8), 23h30. R$ 80,00. Bilheteria: 12h/19h (ter. a qui.); 12h/0h (sex.); a partir das 14h (sáb.). IC. www.circovoador.com.br.

ELBA RAMALHO E ORQUESTRA DE SOLISTAS DO RIO DE JANEIRO. A paraibana Elba Ramalho, o neto do Rei do Baião, Daniel Gonzaga, e a Orquestra de Solistas do Rio de Janeiro prestam homenagem a Luiz Gonzaga, no ano em que se comemora seu centenário de nascimento. No programa, os maiores sucessos de Gonzagão, a exemplo de Asa Branca, Assum Preto, Xote das Meninas e A Vida de Viajante. Teatro Odylo Costa Filho (1?200 lugares). Rua São Francisco, 524, Maracanã, ☎ 2334-068. Segunda (3), 19h30. Grátis.

FESTIVAL NOVAS FREQUÊNCIAS. Os produtores Chico Dub e Tathiana Lopes promoveram em 2011 a primeira edição do festival que reuniu no Oi Futuro Ipanema atrações da música contemporânea internacional. De terça (4) a domingo (9), eles repetem a dose com artistas de quatro países, além do Brasil. Quem abre os trabalhos é o duo americano Prince Rama, formado por Taraka e Nimai Larson ? na performance psicodélica das irmãs, guitarras, sintetizadores, sinos, percussão tribal e palavras inventadas resultam em repertório de rock com influência da cultura hare krishna. Stefan Betke, produtor alemão mais conhecido como pole, exibe na quarta (5) suas experiências musicais que transformam ruídos, estalos e chiados em base para percussão. Na quinta (6), a vez é da música eletrônica de Actress, nome artístico do inglês Darren Cunningham. Oriunda da Estônia, a cantora e produtora Maria Minerva se apresenta na sexta (7) ? defensora de um pop vanguardista, ela lança seus discos pelo selo underground americano Not Not Fun. Projeto do multi-instrumentista espanhol Albert Zaragoza Gas, o Lenticular Clouds, depois de passar pelo festival Sónar Barcelona neste ano, ganha o palco de Ipanema no sábado (8). No mesmo dia, a cantora americana Julianna Barwick une voz e tecnologia ? os efeitos, em seu trabalho, são mais importantes do que o acompanhamento instrumental, limitado a piano, percussão e, eventualmente, um sintetizador. No último dia, são esperados o brasileiro Cadu Tenório, conhecido por seu repertório soturno, associado a estilos como noise e dark ambiente, e o dub eletrônico do duo londrino Hype Williams. Livre. Oi Futuro Ipanema (120 lugares). Rua Visconde de Pirajá, 54, Ipanema, ☎ 3201-3010, ? General Osório. Terça (4) a sexta (7), 21h; sábado (8) e domingo (9), 20h. R$ 15,00. Bilheteria: 15h/21h (ter. a qui.); a partir das 15h (sex.); a partir das 14h (sáb.). www.oifuturo.org.br.

FLAVIA SANTANA. Se Liga em Mim é o primeiro trabalho-solo da cantora e compositora, que já trabalhou ao lado de Danilo Caymmi, Alcione e Arlindo Cruz. Para o lançamento, ela convida Fernanda Abreu e Sandra de Sá, que participam de faixas como Se Você Quiser Mas sem Bronquear, Doce Vampiro, Que Pena e Na Estrada. 16 anos. Teatro Rival Petrobras (472 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Quinta (6), 19h30. R$ 40,00. Bilheteria: 15h/21h (seg. a qua.); a partir das 15h (qui.). IC. www.rivalpetrobras.com.br.

FREDERICO HELIODORO E FELIPE CONTINENTINO. O projeto Jazzmania promove o encontro entre o baixista, guitarrista e compositor Frederico Heliodoro, de apenas 25 anos, e o baterista e compositor Felipe Continentino. Embora jovens, os dois já trabalharam ao lado de grandes nomes da música brasileira, como Toninho Horta, Leo Gandelman, Roberto Menescal e André Mehmari. 18 anos. Studio RJ (300 lugares). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Terça (4), 21h30. R$ 60,00. Bilheteria: a partir das 20h30 (ter.). www.studiorj.org.

GAFIEIRA CARIOCA. Integrada por Thais Motta, Artur Elyachar (voz), Lourival Franco (teclado), Jeferson Victor (flugelhorn), Darcy Cruz (trompete), Pedro Moraes (baixo) e Daniel Conceição (bateria), a banda recria o som das tradicionais gafieiras. Com ênfase nos sopros, o grupo se dedica, ainda, ao samba-rock e à bossa nova. Completam a noite a cantora Fhernanda Fernandes, o grupo Forró de Ponta, o chorinho do Trio Hora do Brasil e o DJ Marcello Sabre. 18 anos. Rio Scenarium (1?000 lugares). Rua do Lavradio, 20, Lapa, ☎ 3147-9000. Sexta (7), 23h. R$ 30,00. www.rioscenarium.com.br.

LÚCIA MENEZES. O apelido Lucinha batiza o terceiro disco da intérprete cearense. Agregando diferentes estilos musicais, a cantora apresenta as inéditas Bola Sete e Requebrando, ambas compostas pela brasiliense Angela Brandão, além de releituras de O Amor É Velho ? Menina (Tom Zé) e O Torrado (Luiz Gonzaga e Zé Dantas). No palco, ela ganha a companhia do filho Artur Menezes (guitarra), João Lyra (violão), Camila Dias (piano), Jamil Joanes (baixo), Dirceu Leite (sopros), Firmino (percussão), Zé Leal (percussão) e Adelson Viana (sanfona). 16 anos. Miranda (200 lugares). Avenida Borges de Medeiros, 1424 (2º piso), Lagoa, ☎ 2239-0305. Segunda (3), 21h. R$ 40,00 a R$ 80,00. Bilheteria: a partir das 14h (seg.). IC. www.mirandabrasil.com.br.

MARCUS VIANA E GRUPO SAGRADO CORAÇÃO DA TERRA. Surgido na década de 70 como uma das primeiras de rock sinfônico e progressivo do Brasil, o grupo faz uma mistura entre rock, música clássica e batidas étnicas. Idealizada e liderada por Marcus Vianna a banda, hoje formada por Augusto Rennó (violão e guitarra), Adriano Campagnani (baixo), Eduardo Campos (tímpanos e percussão), Esdra Neném Ferreira (bateria) e Danilo Abreu (teclados), apresenta o segundo volume do DVD Flores do Éden. 16 anos. Teatro Rival Petrobras (472 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Quarta (5), 19h30. R$ 90,00. Bilheteria: 15h/21h (seg. e ter.); a partir das 15h (qua.). IC. www.rivalpetrobras.com.br.

MARIANE GUERRA E OS PACIFISTAS. Esse é o nome do disco de estreia da cantora, que funde rock, MPB e pop, ao lado de Reinaldo Pestana (bateria e percussão), Oliver Bastos (violão e teclado), Guga Leão (baixo). Com participação do coreógrafo Suen Garcia. 18 anos. Teatro Café Pequeno (100 lugares). Avenida Ataulfo de Paiva, 269, Leblon, ☎ 2294-4480. Quinta (6), 20h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 16h (qui.).

MARIENE DE CASTRO. Tabaroinha é o terceiro álbum da cantora baiana, nos palcos desde os 13 anos. Por seus outros dois trabalhos, Mariene ganhou o prêmio Braskem, em 2004 e o TIM de Música, em 2005. Apontada como revelação do samba, foi apadrinhada por Beth Carvalho. No palco, ela vai de A Pureza da Flor, de Arlindo Cruz, à inédita Filha do Mar, da pernambucana Flavia Wenceslau. Versões para sucessos de conterrâneos, a exemplo de Tia Anastácia, de Dorival Caymmi, Amuleto da Sorte, de Nelson Rufino, e Foguete, de Roque Ferreira, também aparecem no repertório. Como parte da série Roda a Baiana, ela convida Jorge Aragão para dividir sucessos do samba. 12 anos. Theatro Net Rio ? Sala Tereza Raquel (704 lugares). Rua Siqueira Campos, 143 (Shopping dos Antiquários), sobreloja, ☎ 2147-8060 e 2148-8060. Segunda (3), 21h. R$ 60,00 (balcão) e R$ 80,00 (plateia). Bilheteria: a partir das 10h (seg.). IR. www.theatronetrio.com.br.

MARGARETH MENEZES. Cantora de voz marcante, a baiana sobe ao palco do Lapa 40º para apresentar, entre outras, sua nova música de trabalho, Amor Ainda, parceria feita com Carlinhos Brown. Já em ritmo de pré-Carnaval, Margareth convida Preta Gil e Dudu Nobre para explorar um repertório bem dançante, repleto de canções como Dandalunda, Saudação do Caboclo, Me Abraça e Me Beija e Passe em Casa. 18 anos. Lapa 40° (2?000 pessoas). Rua Riachuelo, 97, Lapa, ☎ 3970-1329/1334/1338. → Quinta (6), 23h. Mulheres: R$ 30,00. Homens: R$ 50,00. Cc: V e M. www.lapa40graus.com.br.

MARYA BRAVO. Na quarta (5), a cantora despede-se da temporada em homenagem ao pai, o compositor Zé Rodrix, morto em 2009. No programa não faltam Casa no Campo, imortalizada na voz de Elis Regina, e Mestre Jonas, parceria com Sá e Guarabyra. Marya Bravo é acompanhado por Bruno Pederneiras (guitarra), Pedro Garcia (bateria), Daniel Martins (baixo) e Pedro Augusto (teclados). 18 anos. Teatro Café Pequeno (100 lugares). Avenida Ataulfo de Paiva, 269, Leblon, ☎ 2294-4480. Quarta (5), 20h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 16h (qua.).

MÓVEIS COLONIAIS DE ACAJU. Leia em Veja Rio Recomenda. 18 anos. Studio RJ (300 lugares). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Sábado (8), 22h. R$ 50,00. Bilheteria: a partir das 21h (sáb.). IC. www.studiorj.org.

SAMBA URBANO. Cartola, Noel Rosa, Monsueto, Paulinho da Viola e Vinicius de Moraes integram o repertório do quarteto formado por Daniel Aranha (bandolim, cavaco e percussão), Felippe dos Santos (percussão), Gabriel de Aquino (violão e guitarra) e Marcelle Motta (voz). Marcos Ozellin abre a noite, em apresentação às 19h30. 18 anos. Rio Scenarium (1?000 lugares). Rua do Lavradio, 20, Lapa, ☎ 3147-9000. Terça (5), 22h30. R$ 20,00. www.rioscenarium.com.br.

THAÍS MACEDO. Com apenas 20 anos, a cantora se destaca na nova geração do samba carioca. Em 2011, foi selecionada pela Firjan para participar, ao lado de Diogo Nogueira e Arlindo Cruz, da comemoração do Dia Nacional do Samba. Ao lado de Hudson 7 Cordas (violão), Peterson Vieira (percussão geral), Pedro Monteiro (cavaquinho) e Lupa Maia (baixo), a jovem intérprete defende sambas de compositores antigos e nomes contemporâneos. Marcos Ozellin abre a noite, em apresentação às 19h30. 18 anos. Rio Scenarium (1?000 lugares). Rua do Lavradio, 20, Lapa, ☎ 3147-9000. Terça (4), 22h30. R$ 20,00. www.rioscenarium.com.br.

TOM ZÉ. O cantor e compositor baiano encerra o Festival Multiplicidade com a apresentação de seu mais recente disco, Tropicália Lixo Lógico. Como de costume, o trabalho conceitual é resultado de uma tese elaborada pelo compositor, que dá conta de que o movimento tropicalista, do qual ele foi um dos líderes, é resultado de um lixo lógico, produzido pelo conflito na educação de outros dois componentes, Caetano e Gil. O repertório do show inclui as canções Apocalipsom, Tropicalea Jacta Est e O Motoboi. Livre. Oi Futuro Flamengo (84 lugares). Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060. Quinta (6), 20h. R$ 40,00.

TOQUE DE ARTE. O grupo vocal interpreta clássicos revisitados do samba, além de faixas instrumentais, em uma performance interativa e animada. A banda é formada por Marcelo Eloi (percussão, voz e direção musical), Marcelo China (violão e voz), Fernando Régis (percussão, cavaco e voz), Márcio Costa (percussão, cavaco e voz), Leandro Vasques (baixo), Marco Tulio (sax, flauta e clarinete) e Reinaldo Pestana (bateria). Apresentam-se na mesma noite a cantora Fhernanda Fernandes, o grupo Forró de Ponta, o Trio Hora do Brasil e o DJ Marcello Sabre. 18 anos. Rio Scenarium (1?000 lugares). Rua do Lavradio, 20, Lapa, ☎ 3147-9000. Sábado (8), 23h. R$ 35,00. www.rioscenarium.com.br.

VELHA GUARDA DA MANGUEIRA. A partir deste domingo (2), o Studio RJ abriga roda de samba semanal comandada pelo grupo da escola verde e rosa. Ary, Genuíno, Rody, Siqueira, Carlos Pessoa, Soninha da Pedra, Sapoty, Irineia, Jandyra e Maria Helena, juntos há mais de dez anos, protagonizam a batucada. 18 anos. Studio RJ (300 lugares). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Domingo (2) e domingo (9), 20h. R$ 30,00. Bilheteria: a partir das 19h (dom.). www.studiorj.org.

WILSON MEIRELES QUARTETO. Rafael Brito (sax), Danilo Andrade (piano) e Rodrigo Ferreira (baixo) acompanham o baterista Wilson Meireles, músico que já tocou ao lado de Tim Maia, Gilberto Gil, Alceu Valença e Nana Caymmi, entre outros bambas. Descobridor de novos talentos, Meireles comanda a jam session por temas de samba-jazz e standards. 16 anos. Santo Scenarium (150 lugares). Rua do Lavradio, 36, Centro, ☎ 3147-9007. Quinta (6), 19h30, sexta (7), 20h30, e sábado (8), 21h30. R$ 10,00. Cc: todos. Cd: todos. www.santoscenarium.com.br.

CONCERTOS

III CONCURSO INTERNACIONAL BNDES DE PIANO DO RIO DE JANEIRO. Dezoito pianistas de doze países disputam R$ 215?000,00 em prêmios. Com direção da Lilian Barretto, o certame musical chega à última etapa no sábado (8). Os três finalistas se apresentam ao lado da Orquestra Sinfônica Brasileira, com regência de Ligia Amado. Os participantes serão conhecidos em provas abertas ao público, de acesso gratuito, realizadas na segunda (3) e terça (4). Auditório BNDES (420 lugares). Avenida Chile, 100, Centro, ☎ 2505-8383, ? Carioca. Segunda (3) e terça (4), 15h. Theatro Municipal (2?237 lugares). Praça Floriano, s/nº, Centro, ☎ 2332-9191, ? Cinelândia. Sábado (8), 17h. Grátis. Senhas distribuídas uma hora antes.

MÚSICA DE CÂMARA NA ABL. A soprano Clarice Prietto assina o roteiro do espetáculo A Palavra Cantada de Manuel Bandeira. No palco, ela interpreta versões musicadas de poemas do autor pernambucano, como Vou-me Embora pra Pasárgada, Poemeto Erótico e A Arte de Amar. Clarice divide a apresentação com o ator Igor Cotrim e a pianista Katia Balloussier. Academia Brasileira de Letras ? Teatro R. Magalhães Jr. (280 lugares). Avenida Presidente Wilson, 203, Centro, ☎ 3974-2500. Quinta (6), 17h30. Grátis.

ORQUESTRA JOVEM DO CONSERVATÓRIO BRASILEIRO DE MÚSICA. Uma apresentação natalina encerra a temporada 2012 da série Música de Primeira. A Orquestra Jovem do Conservatório Brasileiro de Música e o Coro do Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil encontram-se para interpretar obras de Samuel Barber, Claudio Santoro, Ernani Aguiar, Anderson Alves e Vivaldi. Com regência de Ueslei Banus ? a maestrina Rosangela Sant?Ana comanda o coro. Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro (1?000 lugares). Rua Frei Caneca, 525, Estácio, ☎ 2197-0901. Quinta (6), 19h30. Grátis.

A VIÚVA ALEGRE. Levada ao palco em Viena, em 1905, pelo compositor austríaco Franz Lehár, a opereta já recebeu inúmeras montagens. Nesta versão, criada por Jorge Takla para a Fundação Clóvis Salgado, e apresentada em outubro no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, o elenco reúne nomes importantes da cena lírica brasileira: entre outros, Homero Velho, Licio Bruno e Rosana Lamosa, que interpreta a protagonista. Símbolo da Europa do início do século XX, a peça em três atos conta a história de Hanna, viúva e herdeira da imensa fortuna de um falecido banqueiro de Pontevedro, país fictício. No enredo, o embaixador daquela nação empenha-se em fazer com que ela se case com um compatriota, para que suas posses permaneçam ali. A Orquestra Sinfônica e o Coro do Theatro Municipal são regidos por Silvio Viegas. Participação da Cia. Jovem de Ballet do Rio de Janeiro. Theatro Municipal (2?237 lugares). Praça Floriano, s/nº, Centro, ☎ 2332-9191, ? Cinelândia. Terça (4) e sexta (7), 20h. Domingo (9), 17h. R$ 25,00 (galeria) a R$ 480,00 (frisa e camarote). Bilheteria: 10h/18h (seg., qua., qui. e sáb.); a partir das 10h (ter., sex. e dom.). Até 9 de dezembro.

Fonte: VEJA RIO