ROTEIRO DA SEMANA

Shows

Por: Rafael Sento Sé - Atualizado em

DEL REY. Resultado de encontros despretensiosos entre o vocalista China (ex-Sheik Tosado) e músicos do grupo pernambucano Mombojó, o projeto nascido em 2003, no Recife, presta tributo à dupla Roberto e Erasmo Carlos. Detalhes, Eu Te Amo, Além do Horizonte e Negro Gato ganham arranjos renovados. 18 anos. Studio RJ (400 pessoas). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Sábado (21), 22h30. R$ 50,00.

DIZMAIA. Formada por Hugo Carranca (bateria), Igor San (baixo) e Marquinhos Costa (vocais/guitarra), a banda percorre roteiro com canções de todas as fases da carreira de Tim Maia (1942-1998), incluindo os místicos Racional I e Racional II. A formação inclui ainda teclado, sopros e percussão. 18 anos. Studio RJ (400 pessoas). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Sexta (20), 22h30. R$ 30,00.

DJANGOS. Produzido pelo baterista Marcelo Yuka, o disco Mundodifusão serve de base para a apresentação do trio formado por Marco Homobono (guitarra e vocal), Lyle Diniz (baixo) e João Aquino (bateria). A abertura é da banda Grave!, que bebe na fonte do reggae e do rock. 14 anos. Solar de Botafogo (160 lugares). Rua General Polidoro, 180, Botafogo, ☎ 2541-1941. Quinta (19), 21h30. R$ 40,00.

DUO ROBERTO E EDUARDO TAUFIC. Com direção musical do pianista paulista André Mehmari, os irmãos Roberto (piano) e Eduardo (violão) apresentam temas autorais em noite de jazz. 18 anos. Studio RJ (400 pessoas). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Terça (17), 21h30. R$ 40,00.

ELBA RAMALHO. Em apresentação mais intimista, ao lado de Marcos Arcanjo (violão e guitarra) e Mestrinho (sanfona), a cantora envereda por sucessos como Gosto Demais, Ai Que Saudade d?Ocê e Dia Branco. Livre. Teatro Sesc Ginástico (513 lugares). Avenida Graça Aranha, 187, Centro, ☎ 2279-4027. Segunda (16), 19h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 13h (seg.).

A FEBRE DO SAMBA. Em temporada às terças e quintas até fevereiro, o grupo faz um interessante trabalho de resgate musical de sambas-enredos. A primeira noite da semana é aberta com Ando Sofrendo, que a Deixa Falar, considerada a primeira escola de samba da cidade, defendeu em 1929, e segue até 1976, ano de Sonhar com Rei Dá Leão, da Beija-Flor. Na segunda noite, o repertório chega a 1999, com O Dono da Terra, da Unidos da Tijuca, e Araxá, Lugar Alto Onde Primeiro Se Avista o Sol, também da Beija-Flor. Com direção musical de Guilherme Gonçalves, o espetáculo tem treze percussionistas comandados pelo mestre Odilon Costa e quatro cantores: Edu Silca, Chamon, Patrícia Ferrer e Thaís Motta. 16 anos. Teatro Sesi (350 lugares). Avenida Graça Aranha, 1, Centro, ☎ 2563-4163, ? Cinelândia. Terça (17) e quinta (19), 19h. R$ 5,00. Bilheteria: a partir das 12h (ter. e qui.).

FREJAT. Ao lado de Mauricio Barros (teclados e vocais), Billy Brandão (guitarra e vocais), Bruno Migliari (baixo e vocais) e Marcelinho da Costa (bateria e vocais), o guitarrista e cantor apresenta pela primeira vez a versão completa do show A Tal da Felicidade. O nome é um verso de A Felicidade Bate à Sua Porta, de Gonzaguinha, composição gravada pelas Frenéticas. Outras canções pop compõem o programa, ao lado das autorais Por Você, Amor pra Recomeçar e Malandragem. 15 anos. Citibank Hall (3?337 lugares). Avenida Ayrton Senna, 3000 (Shopping Via Parque), Barra. Informações, ☎ 0300 7896846 (9h/21h). Quinta (19), 22h. R$ 60,00 (setor lateral) a R$ 140,00 (camarote). Bilheteria: 12h/20h (seg. a qua.); a partir das 12h (qui.). Cc: todos. Cd: R e V. TM. Estac. (R$ 5,00). →

HAMILTON DE HOLANDA. Com seu bandolim acrescido de duas cordas ? no total são dez ?, o virtuose instrumentista apresenta choros de sua autoria em apresentação-solo. Livre. Sala Funarte Sidney Miller (125 lugares). Rua da Imprensa, 16, térreo, Centro, ☎ 2279-8104, ? Cinelândia. Quinta (19), 18h30. R$ 10,00.

MARCELLO SANTOS. Lançado em 1972 por parceiros de Minas Gerais como Milton Nascimento, Márcio e Lô Borges e Toninho Horta, o disco homônimo de estreia do Clube da Esquina inspira a apresentação do cantor e violonista. No programa estão garantidas Um Girassol da Cor do Seu Cabelo, Para Lennon e McCartney e Lumiar. 18 anos. Imaculada Bar e Galeria (72 lugares). Ladeira João Homem, 7, Centro, ☎ 2253-3999. Sábado (21), 19h. R$ 10,00. www.barimaculada.com.br.

MONIQUE KESSOUS. Depois de dois discos gravados de forma independente, a cantora, de timbre semelhante ao de Marisa Monte, assinou com a Sony e lançou em 2010 o CD homônimo, com produção de Rodrigo Vidal, o mesmo profissional que lançou Maria Gadu. Com exceção de Sonhos, de Peninha, e Bloco do Prazer, frevo lançado por Nara Leão e que fez sucesso na voz de Gal Costa, o restante do repertório é todo autoral. Monique lidera um quinteto que tem Chico Chagas no teclado e no acordeão. 14 anos. Solar de Botafogo (160 lugares). Rua General Polidoro, 180, Botafogo, ☎ 2541-1941. Quarta (18), 21h30. R$ 40,00. IC.

MPB 4. O grupo vocal que marcou época na década de 60 apresenta grandes sucessos nas vozes de Magro (diretor musical, arranjador, teclado e percussão), Miltinho (violão), Dalmo (percussão) e Aquiles (percussão). Completam o programa onze boleros que fazem parte do disco Contigo Aprendi. 16 anos. Teatro Rival Petrobras (472 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Quinta (19) a sábado (21), 19h30. R$ 50,00. Bilheteria: 15h/21h (seg. a qua.); a partir das 15h (qui. a sáb.). TT.

MULHERES DE CHICO. Revelação do Carnaval de 2008, o grupo reúne apenas integrantes femininas, na maior parte percussionistas, em torno da obra do compositor Chico Buarque. O toque de originalidade fica por conta das versões batuqueiras para canções como Baioque, Deixa a Menina e Não Sonho Mais. Participação da cantora e cavaquinista Nilze Carvalho. 18 anos. Bar do Tom (300 lugares). Rua Adalberto Ferreira, 32, Leblon, ☎ 2274-4022. → Quinta (19), 21h30. R$ 70,00 (setores par e ímpar) a R$ 80,00 (setor palco). Bilheteria: 9h/22h (seg. a qua.); a partir das 12h (qui.). Cd: todos. Estac. c/manobr.

NICOLAS KRASSIK E CORDESTINOS. No Brasil há dez anos, o violinista francês de formação erudita traduz como poucos o espírito da música popular brasileira para o seu instrumento. Na véspera do feriado, ele revisita o repertório de Cordestinos (2008), CD de ricas versões para temas regionais, na companhia dos músicos que participaram da gravação. Estão previstos Lamento Sertanejo (Dominguinhos e Gilberto Gil) e Baião da Penha (Guio de Morais e David Nasser). 18 anos. Circo Voador (2?000 pessoas). Arcos da Lapa, s/nº, Lapa, ☎ 2533-0354. → Quinta (19), 0h. R$ 60,00. Bilheteria: 12h/19h (ter. e qua.); a partir das 12h (qui.). IC.

NINA MIRANDA E JESSE HARRIS. Brasileira radicada em Londres há mais de vinte anos, a cantora estourou na Inglaterra com a banda Smoke City ? que, antes mesmo de Bebel Gilberto, já fazia a mistura de bossa nova com trip-house. Nem um pouco convencional, a versão em inglês de Águas de Março tem versos como "abacaxi is pineaple / and banana is banana". Nina sobe ao palco na companhia dos amigos de infância Domenico Lancellotti (bateria, percussão e efeitos), Kassin (baixo), Daniel Jobim (voz e piano), Netto Pio (violão e voz) e Pedro Sá (guitarra). O show de abertura é do cantor, compositor e guitarrista americano Jesse Harris, vencedor do Grammy de melhor canção por Don?t Know Why. 18 anos. Studio RJ (400 pessoas). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Quinta (19), 23h. R$ 30,00.

PIXOTE. Com vinte anos de carreira, o quinteto de pagode vem à cidade lançar Fã, disco novo. Além das faixas do álbum, entram no programa sucessos como Mande um Sinal, Brilho de Cristal e Razão de Viver. 18 anos. Citibank Hall (6?576 lugares). Avenida Ayrton Senna, 3000 (Shopping Via Parque), Barra. Informações, ☎ 0300 7896846 (9h/21h). Sábado (21), 23h. R$ 70,00 (pista) a R$ 130,00 (camarote e setor vip). Bilheteria: 12h/20h (seg. a sex.); a partir das 12h (sáb.). Cc: todos. Cd: R e V. TM.

QUADRILÁTERO. Idealizada pelo saxofonista Léo Gandelman, a série reúne a cada fim de semana naipes de saxofone, de cordas dedilhadas, de cordas com arco e de metais. A estreia é dedicada ao instrumento de Gandelman, que integra o conjunto no sax tenor, ao lado de Henrique Band, no barítono, José Nogueira, no soprano, e Idriss Boudrioua, no alto. Livre. Teatro II do CCBB (155 lugares). Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. Sábado (21) e domingo (22), 19h. R$ 6,00. Bilheteria: 9h/21h (ter. a sex.); a partir das 9h (sáb. e dom.). → www.bb.com.br/cultura.

RABOTNIK. Com regência do guitarrista Arto Lindsay, o grupo de rock experimental é a atração do projeto Ouve.AI e recebe convidados em torno de uma proposta diferente: juntar no palco dois quartetos com bateria, baixo, guitarra e sintetizador. Lindsay dita as regras para cada peça e os músicos improvisam em cima do que foi estabelecido. 14 anos. Oi Futuro Ipanema (120 lugares). Rua Visconde de Pirajá, 54, Ipanema, ☎ 3201-3010, ? General Osório. Sábado (21) e domingo (22), 21h. R$ 20,00. www.oifuturo.org.br.

RITA LEE. A rainha do pop rock nacional retorna à cidade para a última apresentação da turnê Etc, antes de voltar ao estúdio. Essa é a estreia da cantora no palco do Circo Voador. Ao lado da banda liderada pelo guitarrista e parceiro de 33 anos Roberto Carvalho, Rita entoa sucessos como Vírus do Amor, Banho de Espuma, Chega Mais e Insônia. 18 anos. Circo Voador (2?000 pessoas). Arcos da Lapa, s/nº, Lapa, ☎ 2533-0354. Sábado (21), 0h. R$ 120,00. Bilheteria: 12h/19h (ter. a qui.); 12h/0h (sex.); a partir das 22h (sáb.). IC.

SEGUNDA LAPA. Leia em Veja Rio Recomenda (pág. 4). 18 anos. Studio RJ (300 pessoas). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Segunda (16), 21h30. R$ 40,00.

TERESA CRISTINA E OS OUTROS. O que era para ser apenas uma apresentação em homenagem a Roberto Carlos, unindo a sambista e os roqueiros da cena alternativa carioca, deu muito certo e vem ganhando corpo. Depois de algumas apresentações com ingressos esgotados, o projeto chega à Lapa com versões contemporâneas para As Curvas da Estrada de Santos e Detalhes, entre outros hits do rei. 18 anos. Circo Voador (2 000 pessoas). Arcos da Lapa, s/nº, Lapa, ☎ 2533-0354. Sexta (20), 23h30. R$ 60,00. Bilheteria: 12h/19h (ter. a qui.); a partir das 12h (sex.). IC.

EM CARTAZ

CHICO BUARQUE. Além das canções do novo disco, o cantor e compositor apresenta dezoito sucessos, alguns reservados para o bis. Preterida pelo artista por um bom tempo, Cálice é lembrada em parte, entre Baioque e Sinhá, em um belo momento da apresentação: ele interpreta uma versão de rimas contundentes do rapper paulistano Criolo. Chico sobe ao palco na companhia de um septeto liderado pelo violonista e diretor musical Luiz Claudio Ramos. 16 anos. Vivo Rio (2 000 lugares). Avenida Infante Dom Henrique, 85, Aterro do Flamengo, ☎ 2272-2900. Quinta (19), 21h; sexta (20) e sábado (21), 21h30; domingo (22), 20h. Estac. c/manobr. (R$ 20,00). IR. www.vivorio.com.br.

EDU KRIEGER. Com nome nos créditos de nove em cada dez discos de novas cantoras da Lapa, o cantor e compositor comanda a roda de samba na orla ao lado de Rafinha dos Santos (cavaquinho), Jade Perrone (pandeiro) e Chris Mourão (percussão). Participação da cantora Elisa Addor. Livre. Quiosque do CCBB. Avenida Atlântica, quiosque 17 (na altura da Rua Siqueira Campos), Copacabana, ? Siqueira Campos. Sábado (21), 18h. Grátis.

EXALTASAMBA. Depois do projeto Exalta Verão, que levou multidões ao Monte Líbano no ano passado, o grupo volta a comandar uma série de rodas de samba na cidade. 18 anos. Vivo Rio (2 000 lugares). Avenida Infante Dom Henrique, 85, Aterro do Flamengo, ☎ 2272-2900. Segunda (16), 22h. Mulheres: R$ 70,00. Homens: R$ 90,00. Bilheteria: a partir das 12h (seg.). Estac. c/manobr. (R$ 20,00). IR. www.vivorio.com.br.

ITHAMARA KOORAX. No show Bim Bom ? Samba e Bossa, a cantora apresenta faixas de O Grande Amor, disco lançado em 2011, e antecipa algumas das que farão parte de Got to Be Real, previsto para sair em março. 18 anos. Bar do Tom (300 lugares). Rua Adalberto Ferreira, 32, Leblon, ☎ 2274-4022. → Sexta (20) e sábado (21), 22h. R$ 60,00 (setores par e ímpar) a R$ 80,00 (palco). Bilheteria: 9h/22h (seg. a qui.); a partir das 21h (sex. e sáb.). Cd: todos. Estac. c/manobr. www.plataforma.com.

Fonte: VEJA RIO