ROTEIRO DA SEMANA

Shows e concertos

Confira os melhores shows e concertos que vão rolar na cidade nesta semana

Por: Rachel Sterman e Bruna Talarico - Atualizado em

ANA COSTA. A sambista carioca apresenta seu último disco, o ótimo Hoje É o Melhor Lugar. Aparecem do novo trabalho Filosofia de Vida, de Martinho da Vila, e O que É, o que É, de Gonzaguinha, ao lado de faixas inéditas. Ela recebe os convidados Moyseis Marques e Toninho Geraes. 16 anos.

Teatro Rival Petrobras (400 lugares).

Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Quarta (29), 19h30. R$ 45,00. Bilheteria: 15h/21h (seg. e ter.); a partir das 15h (qua.). IC. www.rivalpetrobras.com.br.

ANDREIA DIAS. Integrante das bandas Dona Zica e Glória, a cantora é a próxima atração do festival Levada Oi Futuro, que traz novos nomes da cena brasileira. Ao vivo, ela apresenta Pelos Trópicos, seu mais recente trabalho solo. 14 anos.

Oi Futuro Ipanema (130 lugares). Rua Visconde de Pirajá, 54, Ipanema, ☎ 3201-3010, ? General Osório. Sexta (31) e sábado (1º), 21h. R$ 20,00. Bilheteria: 15h/21h (ter. a qui.); a partir das 15h (sex.); a partir das 14h (sáb.). IR. www.oifuturo.org.br.

ELBA RAMALHO. Vambora Lá Dançar é o 31º disco da carreira da cantora paraibana. Acompanhada por um septeto, ela passeia por xote, maracatu, frevo e forrós inéditos, a exemplo de Por que Tem que Ser Assim? e Fibra de Cristal.

Theatro Net Rio ? Sala Tereza Raquel (704 lugares). Rua Siqueira Campos, 143 (Shopping dos Antiquários), sobreloja, ☎ 2147-8060 e 2148-8060. Segunda (27) e terça (28), 21h. R$ 110,00. Bilheteria: a partir das 10h (seg. e ter.) IR. www.theatronetrio.com.br.

FESTIVAL BRASIL. A Fundição Progresso reúne, na mesma noite, a cantora e compositora Ana Cañas, Arnaldo Antunes e Maria Gadú. 18 anos.

Fundição Progresso (4?000 pessoas). Rua dos Arcos, 24, Lapa, ☎ 2220-5070. → Sábado (1º), 22h. R$ 60,00 (pista) e R$ 120,00 (área premium). Bilheteria: 15h/18h (seg. a sex.); a partir das 15h (sáb.). www.fundicaoprogresso.com.br.

FESTIVAL DE JAZZ DE RIO DAS OSTRAS. A 11ª edição do festival acontece no balneário fluminense entre quarta (29) e domingo (2), com mais de quinze apresentações ao ar livre e gratuitas. Entre os destaques da programação estão a Stanley Clarke Band, o jovem trompetista de New Orleans Christian Scott, o bluesman John Primer, acompanhado do grupo The Real Deal Blues Band, e um tributo oficial a Celso Blues Boy, morto em 2012. Os horários de cada palco são fixos. Livre.

Quarta (29). Palco Praça José Pereira (17h): BYU Synthesis. Costazul (20h): Orquestra Kuarup; Lancaster; John Primer & The Real Deal Blues Band. Quinta (30). Palco Praça São Pedro (11h15): Gean Pierre. Palco Iriry (14h15): John Primer & The Real Deal Blues Band. Palco Tartaruga (17h15): Stanley Clarke Band. Costazul (20h): BYU Synthesis; Diego Figueiredo; Léo Gandelman com Charlie Hunter; Tributo à Celso Blues Boy. Sexta (31). Palco Praça São Pedro (11h15): Mauro Hector. Iriry (14h15): Lucky Peterson com Tamara Peterson. Palco Tartaruga (17h15): Victor Wooten Band. Costazul (20h): Arthur Maia; Christian Scott; Vernon Reid & Masque com Maya Azucena; Stanley Clarke Band. Sábado (1º). Palco Praça São Pedro (11h15). Vagner Faria. Palco Iriry (14h15). Léo Gandelman com Charlie Hunter. Palco Tartaruga (17h15): Christian Scott. Palco Costazul (20h): Will Calhoun Ensemble com Donald Harrison; Scott Henderson Trio; Victor Wooten Band; Lucky Peterson com Tamara Peterson. Domingo (2). Palco Praça São Pedro (11h15): Fernando Vidal Trio. Iriry (14h15): Scott Henderson Trio. Palco Tartaruga (17h15): Vernon Reid & Masque com Maya Azucena. Grátis. www.riodasostrasjazzeblues.com.br

HOMENAGEM A PAULO VANZOLINI. Os cantores Marina Iris e Lucio Sanfillipo são acompanhados pelo Grupo Coisa & Tal no espetáculo Sexta-Feira de Madrugada, concebido em homenagem ao sambista paulista Paulo Vanzolini (1924-2013). Surgida nas tradicionais rodas de samba do Bip Bip, bar em Copacabana, a dupla parte da letra de Toada do Luís para costurar os maiores sucessos de Vanzolini, autor gravado por, entre outros, Chico Buarque e Paulinho da Viola. 18 anos.

Casarão Ameno Resedá (250 pessoas). Rua Bento Lisboa, 4, Catete, ☎ 2556-2427. Quinta (30), 22h. R$ 80,00. Bilheteria: 14h/22h (seg. a qua.); a partir das 14h (qui.). IR. www.casaraoamenoreseda.com.br.

JESUTON. Filha de mãe jamaicana e pai nigeriano, a cantora londrina, então radicada no Rio há apenas quatro meses, começou a soltar a voz nas ruas de Ipanema, do Largo do Machado e do Largo da Carioca, munida de um amplificador. Suas performances ganharam a internet e conquistaram o produtor Rodrigo Vidal (de Maria Gadú e Ivan Lins, entre outros). Ele trabalhou na gravação do primeiro disco de Jesuton, Encontros, no qual interpreta sucessos do pop e soul nacional e internacional. 16 anos.

Miranda (200 lugares). Avenida Borges de Medeiros, 1424 (2º piso), Lagoa, ☎ 2239-0305. Sexta (31), 21h30. R$ 80,00 a R$ 160,00. Bilheteria: 14h/20h (seg. a qui.); a partir das 14h (sex.). IC. www.mirandabrasil.com.br.

JULIETA VENEGAS. Los Momentos é o sexto álbum de estúdio da cantora e compositora mexicana. Mais madura, ela apresenta onze faixas inéditas nas quais explora a música eletrônica. Além das novas, devem aparecer no programa sucessos como Seria Feliz, Algun Día e Limón y Sal. 14 anos.

Teatro Bradesco Rio (1?060 lugares). Avenida das Américas, 3900, Barra (Shopping VillageMall), ☎ 2505-8383. Terça (28) e Quarta (29), 21h. R$ 70,00 (frisas) a R$ 180,00 (plateia baixa). IR. www.teatrobradescorio.com.br.

LEILA PINHEIRO. No espetáculo Eu Canto Samba a cantora recebe Pretinho da Serrinha em passeio pelo repertório de Dorival Caymmi, Paulinho da Viola, Dona Ivone Lara e Almir Guineto, entre outros bambas. A dupla é acompanhada por Thiago da Serrinha (cavaquinho, bandolim e violão), Diogo Cunha (violão de sete cordas), Julio Florindo (baixo elétrico), Quininho e Luiz Augusto (percussão). 16 anos.

Miranda (200 lugares). Avenida Borges de Medeiros, 1424 (2º piso), Lagoa, ☎ 2239-0305. Sábado (1º), 21h30. R$ 140,00 a R$ 200,00. Bilheteria: 12h/18h (dom. e seg.); 10h/21h (ter. a sex.); a partir das 10h (sáb.). IC. www.mirandabrasil.com.br.

MARCELO CALDI. O compositor, cantor e acordeonista recebe o antigo parceiro Edu Krieger. Juntos, eles relembram parcerias como Nem Parecia e Por Trás do Umbigo. Caldi desfia ainda Nilopolitano e Princesinha no Choro, com arranjos jazzísticos e boa dose de improviso. 18 anos.

Studio RJ (300 pessoas). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Terça (28), 21h30. R$ 60,00. Bilheteria: a partir das 20h30 (ter.). www.studiorj.org.

MARIANNA LEPORACE. A cantora carioca é a próxima atração do festival de covers do Teatro Rival. Ela visita a obra de Beatles, Stevie Wonder, Eltn John e Red Hot Chilli Peppers. Marianna é acompanhada por Emerson Mardhine (baixolão), Eugenio Dale (violão de náilon) e Felipe Poli (violão de aço), além da cantora Rosa Marya Colin como convidada. 16 anos.

Teatro Rival Petrobras (400 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Segunda (27), 19h30. R$ 50,00. Bilheteria: a partir das 15h (seg.). IC. www.rivalpetrobras.com.br.

O RAPPA. O show em comemoração ao aniversário do líder do grupo, Marcelo Falcão, está com ingressos esgotados. Sob a lona do Circo, a banda apresenta clássicos dos anos 90, como A Feira e Hey Joe, além de inéditas, a exemplo de Anjos (Nunca Têm Fim), que deve estar no próximo disco d?O Rappa. 18 anos.

Circo Voador (2?000 lugares). Arcos da Lapa, s/nº, Lapa, ☎ 2533-0354. Sexta (31), 23h. Ingressos esgotados. www.circovoador.com.br.

SECOS E MOLHADOS. A banda na qual Ney Matogrosso despontou comemora 40 anos de carreira sob a liderança de João Ricardo. Ao lado de Daniel Iasbeck, ele relembra o visual extravagante e as letras provocativas do grupo em interpretações de O Vira, Sangue Latino, Rosa de Hiroshima e O Patrão Nosso de Cada Dia. 16 anos.

Teatro Rival Petrobras (400 lugares). Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia, ☎ 2240-4469, ? Cinelândia. Sábado (1º), 19h30. R$ 50,00. Bilheteria: 15h/21h (seg. a sex.); a partir das 15h (sáb.). IC. www.rivalpetrobras.com.br.

SEXY FI. Camila Zamith (voz), JP Praxis (guitarra), Ivan Bicudo (guitarra e teclado), Márlon Tugdual (bateria) e Diogo Saraiva (baixo) formam o grupo, criado há pouco mais de dois anos. Citado pela revista Time e pela rádio BBC, o quinteto lança o primeiro disco independente, Nunca Te Vi de Boa, com faixas que misturam rock experimental a ritmos tropicais. 18 anos.

Studio RJ (300 pessoas). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Quinta (30), 21h30. R$ 40,00. Bilheteria: a partir das 21h (qui.). www.studiorj.org.

SOL ALAC. Radicada em Belo Horizonte, a cantora e compositora argentina desembarca no Rio para lançar o disco La Luz de Mis Ojos, trabalho produzido por seu marido, o jogador de futebol da seleção argentina Sorín, hoje aposentado dos gramados. No repertório, Sol defende tangos tradicionais como Volver, de Carlos Gardel, e clássicos da bossa nova, a exemplo de Canto de Ossanha e Eu Sei que Vou Te Amar. 16 anos.

Miranda (200 lugares). Avenida Borges de Medeiros, 1424 (2º piso), Lagoa, ☎ 2239-0305. Quinta (30), 21h30. R$ 120,00 a R$ 180,00. Bilheteria: 12h/18h (dom. e seg.); 10h/21h (ter. e qua.); a partir das 10h (qui.). IC. www.mirandabrasil.com.br.

SORRISO MAROTO. Na esteira do sucesso do Exaltasamba, a banda de pagode mostra hits românticos como Sinais, Pra Mim Não É e Clichê, além da aposta do momento: Assim Você Mata o Papai. 18 anos.

Citibank Hall (8?432 lugares). Avenida Ayrton Senna, 3000 (Shopping Via Parque), Barra. Informações, ☎ 0300 7896846 (9h/21h). Sexta (31) e sábado (1º), 22h15. Sexta: R$ 60,00 (mesa lateral) a R$ 200,00 (camarote). Sábado: R$ 70,00 (pista) e R$ 150,00 (camarote). Bilheteria: 12h/20h (seg. a qui.); a partir das 12h (sex. e sáb.). Estac. (R$ 7,00). → www.ticketsforfun.com.br. www.citibankhall.com.br.

TULIPA. A revelação paulista de 2010 volta ao Rio para apresentar o repertório de seu segundo disco, Tudo Tanto, lançado no ano passado. Ao lado do pai, Luiz Chagas ? guitarrista da banda Isca de Polícia, de Itamar Assunção ?, e do irmão Gustavo Ruiz, a cantora e compositora interpreta Víbora, gravada com Criolo, Dois Cafés, com participação de Lulu Santos, Like This e Expectativa, além de hits do primeiro trabalho, como Êfemera, Pedrinho e Aqui. 18 anos.

Studio RJ (300 pessoas). Avenida Vieira Souto, 110, 1º andar, Ipanema, ☎ 2523-1204, ? General Osório. Sábado (1º), 22h. R$ 120,00. Bilheteria: a partir das 20h30 (sáb.). www.studiorj.org.

ZÉ RENATO TRIO. Em fértil carreira-solo, após a trajetória no grupo vocal Boca Livre, o cantor e compositor lançou doze discos, entre eles sensíveis tributos a Zé Keti e Sílvio Caldas, mas nenhum composto exclusivamente de canções próprias. Isso foi antes de Breves Minutos, o CD autoral que abastece a apresentação. No programa entram a inédita Paixão pelos Ares, escrita em parceria com Pedro Luís, além de A Cor do Anel e Na São Sebastião. Zé Renato divide o palco com Rômulo Gomes (baixo) e Tutty Moreno (bateria). 16 anos.

Espaço Johnny Alf ? Bar e Restaurante Otto. Rua Mariz e Barros, 1050, Tijuca, ☎ 2254-0740 (200 lugares). Sexta (31) e sábado (1º), 22h. R$ 60,00.

CONCERTOS

ADMIRÁVEL MÚSICA NOVA. O projeto no CCBB tem programação voltada para a música contemporânea. Atração da última semana, o pianista australiano Michael Kieran Harvey apresenta o espetáculo O Piano no século XXI ? Improvisação, Composição Contemporânea. Vencedor da Ivo Pogorelich Competition, Harvey executará 48 Fugues for Zappa, um tributo ao roqueiro Frank Zappa (1940-1993) inspirado em 24 Preludes and Fugues, de Bach. A artista Carmen Slawinski interfere na apresentação com esculturas de luz concebidas para a ocasião.

Centro Cultural Banco do Brasil ? Tea­tro II (155 lugares). Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. Terça (28), 12h30 e 19h. R$ 6,00. Bilheteria: a partir das 9h (ter.).

ORQUESTRA SINFÔNICA BRASILEIRA. Dedicado a compositores eslavos, com peças importantes do tcheco Antonín Dvorák (Scherzo Capriccioso), do húngaro Franz Liszt (Os Prelúdios) e do russo Piotr Tchaikovsky (Sinfonia nº 5), o concerto será regido pelo carioca Marcelo Lehninger, que hoje atua como maestro assistente na prestigiada Sinfônica de Boston.

Theatro Municipal (2?237 lugares). Praça Floriano, s/nº, Centro, ☎ 2332-9191, ? Cinelândia. Sábado (1º), 16h. R$ 20,00 (galeria) a R$ 140,00 (balcão nobre). Bilheteria: 10h/18h (seg. a sex.); a partir das 10h (sáb.).

ORQUESTRA SINFÔNICA DE YALE. A formação cinquentenária, considerada uma das melhores orquestras universitárias dos Estados Unidos, faz sua estreia no Rio em concerto gratuito na Igreja da Candelária. No programa, regido pelo diretor artístico Toshiyuki Shimada, entram obras de Rossini (Guilherme Tell) e Beethoven (Sinfonia nº 5), além de versão orquestral para Quadros de uma Exposição, suíte para piano composta em 1874 por Mussorgsky.

Igreja da Candelária (1500 lugares). Praça Pio X, Centro, ☎ 2233-2324. Sexta (31), 18h30. Grátis. Senhas distribuídas meia hora antes.

OSB ÓPERA & REPERTÓRIO. Obras de Tom Jobim, Carlos Gomes, Villa-Lobos, Camargo Guarnieri e José Mauricio Nunes Garcia compõem o programa inteiramente nacional que será regido por Roberto Duarte, responsável por um cuidadoso projeto de recuperação de partituras de Villa-Lobos. A apresentação faz parte da série Concertos da Juventude.

Theatro Municipal (2?237 lugares). Praça Floriano, s/nº, Centro, ☎ 2332-9191, ? Cinelândia. Domingo (2), 11h. R$ 1,00. Bilheteria: a partir das 10h.

Fonte: VEJA RIO