ROTEIRO DA SEMANA

Exposições

Percorremos as melhores exposições da semana para indicar o que você não pode perder

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

ESTREIAS

LUCAS SIMÕES. A fotografia é o suporte para 26 obras que o artista exibe na individual. Ele se vale de sobreposições, recortes e outras manipulações para emprestar novos sentidos às imagens.

Caixa Cultural ? Galeria 1. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 3980-3815, ? Carioca. Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 7 de julho. A partir de terça (21). www.caixacultural.com.br.

LUIZ PHILLIPE. No acervo da mostra, com doze obras, inéditas em sua maioria, predominam esculturas impregnadas de nonsense e humor. R$ 2?800,00 a R$ 25?000,00.

Marcia Barrozo do Amaral Galeria de Arte. Avenida Atlântica, 4240 (Shopping Cassino Atlântico), subsolo, loja 129, Copacabana, ☎ 2267-3747. Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 14h às 17h. Grátis. Até 22 de junho. A partir de quarta (22).

www.marciabarrozodoamaral.com.br.

PIÁ. Egresso da arte urbana, o carioca exibe sete telas inéditas produzidas com tinta a óleo e spray, além de uma escultura de concreto e objetos. R$ 6?000,00 a R$ 12?000,00.

Galeria Movimento. Avenida Atlântica, 4240 (Shopping Cassino Atlântico), loja 211, Copacabana, ☎ 2267-5989. Segunda a sexta, 13h às 19h; sábado, 12h às 17h. Grátis. Até 16 de junho. A partir de sexta (24). www.galeriamovimento.com.br.

ROSA OLIVEIRA. Oito acrílicas sobre tela que flertam com a arte construtivista são exibidas pela artista. R$ 4?800,00 a R$ 15?600,00.

Galeria de Arte Maria de Lourdes Mendes de Almeida. Rua Joana Angélica, 63 (Universidade Candido Mendes), Ipanema, ☎ 2523-4141, ramal 206. Segunda a sexta, 14h às 20h; sábado, 16h às 20h. Grátis. Até 22 de junho. A partir de quarta (22).

EM CARTAZ

✪✪✪ O ABRIGO E O TERRENO - ARTE E SOCIEDADE NO BRASIL I. Com a cidade como tema, o acervo de cerca de 100 criações inclui nomes como Miguel Rio Branco, Adriana Varejão, Waltercio Caldas, Hélio Oiticica e Ernesto Neto.

Museu de Arte do Rio. Praça Mauá, s/nº, Zona Portuária, ☎ 2203-1235. → Terça a domingo, 10h às 17h. R$ 8,00. Grátis às terças. Meia-entrada para estudantes de escolas particulares e universitários.

De quarta a domingo, grátis para alunos da rede pública, crianças de até 5 anos, pessoas com mais de 60 anos e professores da rede pública. Até 14 de julho. www.museudeartedorio.org.br.

ANTONIO BANDEIRA. O pintor cearense é celebrado na individual Da Razão à Sensibilidade. No acervo estão setenta obras, entre aquarelas, desenhos e pinturas.

Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎ 2253-1580. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 16 de junho. www.correios.com.br.

ANTONIO DIAS. Para Onde Vai a Libido? traz aquarelas e colagens de meados dos anos 80 feitas em papel do Nepal.

Mul.ti.plo Espaço Arte. Rua Dias Ferreira, 417, sala 206, Leblon, ☎ 2259-1952. Segunda a sexta, 10h às 18h30; sábado, 10h às 14h. Grátis. Até 22 de junho. www.multiploespacoarte.com.br.

ARTE & POLÍTICA: ENFRENTAMENTOS, COMBATES E RESISTÊNCIAS. Com curadoria de Marcus Lontra Costa, o acervo reúne setenta trabalhos que abordam as tensões entre engajamento artístico e autoridade política no Brasil ao longo das décadas de 30, 50 e 70. Na seleção reunida estão Candido Portinari, Di Cavalcanti, Lasar Segall, Hélio Oiticica e Oscar Niemeyer.

Memorial Getúlio Vargas. Praça Luís de Camões, s/nº, Glória, ☎ 2245-7577. Terça a sábado, 10h às 17h. Grátis. Até 1º de julho.

✪✪✪ CANTOS CUENTOWS COLOMBIANOS. Dez nomes da arte contemporânea colombiana exibem seus trabalhos. Nas 75 criações há a recorrência de temas como a morte (presente no caixão de peças de Lego de Fernando Arias) e a memória (no vídeo de Oscar Muñoz, registro da tentativa de fixar um retrato pintado com água no chão).

Casa Daros. Rua General Severiano, 159, Botafogo, ☎ 2275-0246. → Quarta a sábado, 12h às 20h; domingo, 12h às 18h. R$ 12,00. Grátis para crianças de até 12 anos e às quartas. Meia-entrada para idosos e estudantes com mais de 12 anos. A bilheteria fecha meia hora antes do término do

horário de visitação. Até 24 de agosto. www.casadaros.net.

✪✪✪ O COLECIONADOR: ARTE BRASILEIRA E INTERNACIONAL NA COLEÇÃO BOGHICI. Romeno radicado no Brasil, Jean Boghici franqueou expressivo recorte de sua coleção. Em meio às 136 obras é possível encontrar nomes do quilate de Tarsila do Amaral, Amedeo Modigliani e Auguste Rodin.

Museu de Arte do Rio. Praça Mauá, s/nº, Zona Portuária, ☎ 2203-1235. → Terça a domingo, 10h às 17h. R$ 8,00. Grátis às terças. Meia-entrada para estudantes de escolas particulares e universitários.

De quarta a domingo, grátis para alunos da rede pública, crianças de até 5 anos, pessoas com mais de 60 anos e professores da rede pública. Até 1º de setembro. www.museudeartedorio.org.br.

EXPO(R) GODARD - VIAGENS EM UTOPIA. Nome fundamental da nouvelle vague francesa, o cineasta ­Jean-Luc Godard é homenageado nesta mostra que conta com projeções, totens interativos e objetos pes­soais do diretor.

Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, ? Largo do Machado. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 7 de julho. www.oifuturo.org.br.

FELIPE BARBOSA. Em Todo Movimento É Sempre Circular, o artista apresenta cinco esculturas feitas de objetos banais, como pneus e pilhas.

Escola de Artes Visuais do Parque Lage ? Cavalariças. Rua Jardim Botânico, 414, Jardim Botânico, ☎ 3257-1800. 10h às 17h. Grátis. Até 14 de julho. www.eavparquelage.rj.gov.br.

✪✪✪✪ FOTOLIVROS LATINO-AMERICANOS. A ótima mostra apresenta livros de fotografia da América Latina publicados desde os anos 1920. São 66 títulos, além de fotos e vídeos produzidos a partir das próprias publicações. Vale deter-se diante das obras de dois brasileiros: Miguel Rio Branco e José Medeiros.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h. Até 16 de junho.

HILAL SAMI HILAL. A mostra reúne duas obras do artista capixaba: um múltiplo de cobre inédito, sem título (cinco unidades serão exibidas), e a instalação Sherazade, composta de 200 livros interligados, espalhados ao longo de duas salas.

Museu da Chácara do Céu. Rua Murtinho Nobre, 93, Santa Teresa, ☎ 3970-1126. Quarta a segunda, 12h às 17h. R$ 2,00 (grátis às quartas). Menores de 12 anos e maiores de 65, professores e grupos escolares não pagam ingresso. Até 12 de agosto.

✪✪✪ LUGAR NENHUM. Oito artistas brasileiros estão reunidos: os pintores Rodrigo Andrade, Marina Rheingantz e Ana Prata, além dos fotógrafos Celina Yamauchi, Lina Kim, Luiza Baldan, Rubens Mano e Sofia Borges. O acervo conta com 56 obras que, em sua maioria, evocam lugares vazios e impessoais. Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h. Até 2 de junho.

✪✪✪ MARCOS CARDOSO. Leia em Veja Rio Recomenda.

✪✪✪✪ NEWTON REZENDE. A retrospectiva reúne 93 trabalhos de Rezende (1912-1994), boa parte do auge da produção do artista, nas décadas de 60 e 70. Dotadas de notável riqueza cromática, na maioria com intervenções de colagem, as telas dividem espaço com desenhos.

Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica. Rua Luís de Camões, 68, Centro, ☎ 2232-4213 e 2242-1012. Segunda a sexta, 12h às 20h; sábado, domingo e feriados, 11h às 17h. Grátis. Até 28 de julho.

✪✪✪✪ QUANDO O BRASIL AMANHECIA. Pela primeira vez são exibidas, lado a lado, duas obras históricas que tiveram como tema a primeira missa no Brasil: os óleos de Victor Meirelles e de Candido Portinari.

Museu Nacional de Belas Artes. Avenida Rio Branco, 199, Centro, ☎ 2219-8474, ? Cinelândia. → Terça a sexta, 10h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 17h. R$ 8,00. Meia-entrada para estudantes e pessoas de 60 a 64 anos. Grátis para pessoas acima de 65 anos, estudantes e professores. Ingresso-família: R$ 8,00 para até quatro pessoas juntas da mesma família todos os dias, exceto aos domingos, quando a entrada é gratuita. A bilheteria fecha meia hora antes do término do horário de visitação. Até 5 de junho. www.mnba.gov.br.

✪✪✪✪ RIO DE IMAGENS: UMA PAISAGEM EM CONSTRUÇÃO. A alentada seleção aborda a evolução da cidade ao longo de quatro séculos através de 400 obras. Destacam-se trabalhos de grandes nomes do modernismo, a exemplo de Tarsila do Amaral, Lasar Segall e Di Cavalcanti.

Museu de Arte do Rio. Praça Mauá, s/nº, Zona Portuária, ☎ 2203-1235. → Terça a domingo, 10h às 17h. R$ 8,00. Grátis às terças. Meia-entrada para estudantes de escolas particulares e universitários.

De quarta a domingo, grátis para alunos da rede pública, crianças de até 5 anos, pessoas com mais de 60 anos e professores da rede pública. Até 28 de julho. www.museudeartedorio.org.br.

✪✪✪ RUBEM GRILO. Retrospectiva, com 112 xilogravuras, de um dos maiores gravadores brasileiros.

Museu Nacional de Belas Artes. Avenida Rio Branco, 199, Centro, ☎ 2219-8474, ? Cinelândia. → Terça a sexta, 10h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 17h. Grátis. Até 2 de junho.

www.mnba.gov.br.

✪✪✪✪ RUI CHAFES. Em Carne Misteriosa, o artista português apresenta 87 esculturas que emprestam insuspeitada leveza a estruturas de ferro.

Museu de Arte Moderna. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, Centro, ☎ 3883-5600. → Terça a sexta, 12h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 19h. R$ 12,00. A bilheteria fecha meia hora antes. Pessoas com mais de 60 anos pagam R$ 6,00. Grátis para amigos do MAM, crianças com menos de 12 anos e para todos na quarta, a partir das 15h. Aos domingos vigora o ingresso-família: pagam-se R$ 12,00 por grupo de até cinco pessoas. Estac. (R$ 5,00 para visitantes do museu). Até 16 de junho. www.mamrio.com.br.

✪✪✪✪ VONTADE CONSTRUTIVA NA COLEÇÃO FADEL. A mostra reúne cerca de 250 obras ? a maioria pertence ao colecionador Sérgio Fadel. Todas foram criadas por artistas brasileiros ligados ao concretismo, como Ivan Serpa, Willys de Castro e Hércules Barsotti.

Museu de Arte do Rio. Praça Mauá, s/nº, Zona Portuária, ☎ 2203-1235. → Terça a domingo, 10h às 17h. R$ 8,00. Grátis às terças. Meia-entrada para estudantes de escolas particulares e universitários.

De quarta a domingo, grátis para alunos da rede pública, crianças de até 5 anos, pessoas com mais de 60 anos e professores da rede pública. Até 7 de julho. www.museudeartedorio.org.br.

Fonte: VEJA RIO