ROTEIRO DA SEMANA

Exposições

Percorremos as melhores exposições da semana para indicar o que você não pode perder

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

ESTREIAS

AMBIGUAÇÕES. Espaço destinado a nomes emergentes na arte brasileira, a Sala A Contemporânea destaca agora uma curadora em ascensão: Clarissa Diniz. É ela a responsável por esta coletiva que reúne dez artistas, entre eles Antonio Dias. Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Terça a domingo, 9h às 21h. Grátis. Até 12 de maio. A partir de terça (9).

A ARTE A SERVIÇO DA FÉ. A mostra reúne 390 peças da coleção de arte sacra do Museu Histórico Nacional, entre pinturas, esculturas em madeira e marfim, oratórios e objetos. Museu Histórico Nacional. Praça Marechal Âncora, s/nº, Centro, ☎ 2550-9220. → Terça a sexta, 10h às 17h30; sábado, domingo e feriados, 14h às 18h. R$ 8,00. Grátis para menores de 5 anos, maiores de 65 e aos domingos. A bilheteria fecha meia hora antes. Até 28 de julho. A partir de quarta (10). www.museuhistoriconacional.com.br.

ÚLTIMA SEMANA

✪✪ LAURA ERBER. Musa sem Cabeça reúne uma série de telegramas que a artista enviou ao Museu de Arte Moderna. Os textos trazem poemas, citações, ficção, registros de cenas vistas no museu e perguntas. A ideia é curiosa, mas resulta um tanto monótona. Museu de Arte Moderna. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, Centro, ☎ 3883-5600. → Terça a sexta, 12h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 19h. R$ 12,00. A bilheteria fecha meia hora antes. Pessoas com mais de 60 anos pagam R$ 6,00. Grátis para amigos do MAM, menores de 12 anos e para todos na quarta, a partir das 15h. Aos domingos vigora o ingresso-família: pagam-se R$ 12,00 por grupo de até cinco pessoas. Estac. (R$ 5,00 para visitantes do museu). Até domingo (14). www.mamrio.com.br.

✪✪✪✪ MÁRCIA X. A provocadora artista, que morreu em 2005, é lembrada na retrospectiva Arquivo X. Instalações, objetos, desenhos e pinturas misturam-se a um sem-número de documentos. Performances que lhe deram notoriedade, algumas polêmicas, são lembradas. Desaconselhável para menores de 18 anos. Museu de Arte Moderna. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, Centro, ☎ 3883-5600. → Terça a sexta, 12h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 19h. R$ 12,00. A bilheteria fecha meia hora antes. Pessoas com mais de 60 anos pagam R$ 6,00. Grátis para amigos do MAM, menores de 12 anos e para todos na quarta, a partir das 15h. Aos domingos vigora o ingresso-família: pagam-se R$ 12,00 por grupo de até cinco pessoas. Estac. (R$ 5,00 para visitantes do museu). Até domingo (14). www.mamrio.com.br.

MARIA LYNCH. Na individual Acontecimento Encarnado, a artista carioca reúne dez pinturas em grandes dimensões, duas em formato menor, uma instalação e um vídeo. A partir de R$ 22?000,00. Anita Schwartz Galeria de Arte. Rua José Roberto Macedo Soares, 30, Gávea, ☎ 2274-3873 e 2540-6446. → Segunda a sexta, 10h às 20h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até sábado (13).

EM CARTAZ

✪✪✪ O ABRIGO E O TERRENO - ARTE E SOCIEDADE NO BRASIL I. A exposição tem como tema a cidade. No acervo de cerca de 100 criações estão nomes como Miguel Rio Branco, Adriana Varejão, Waltercio Caldas, Hélio Oiticica e Ernesto Neto (os dois últimos com obras interativas). Museu de Arte do Rio. Praça Mauá, s/nº, Zona Portuária, ☎ 2203-1235. → Terça a domingo, 10h às 17h. R$ 8,00. Grátis às terças. Meia-entrada para estudantes de escolas particulares e universitários. De quarta a domingo, grátis para alunos da rede pública, crianças de até 5 anos, pessoas com mais de 60 anos e professores da rede pública. Até 14 de julho. www.museudeartedorio.org.br.

✪✪✪ AQUISIÇÕES - PRÊMIO MARCANTONIO VILAÇA / FUNARTE. Trabalhos de Carlos Vergara, Emil Forman e Cao Guimarães são apresentados na coletiva. São especialmente curiosas uma instalação composta de 2?500 cartões ilustrados, de Forman, e as bem-humoradas fotografias da série Gambiarra, de Guimarães. Museu de Arte Moderna. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, Centro, ☎ 3883-5600. → Terça a sexta, 12h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 19h. R$ 12,00. A bilheteria fecha meia hora antes. Pessoas com mais de 60 anos pagam R$ 6,00. Grátis para amigos do MAM, menores de 12 anos e para todos na quarta, a partir das 15h. Aos domingos vigora o ingresso-família: pagam-se R$ 12,00 por grupo de até cinco pessoas. Estac. (R$ 5,00 para visitantes do museu). Até 12 de maio. www.mamrio.com.br.

✪✪✪ CANTOS CUENTOS COLOMBIANOS. Na exposição estão reunidos dez nomes da arte contemporânea colombiana. Nas 75 criações, alguns temas são recorrentes, como a morte (presente no caixão de peças de Lego de Fernando Arias) e a memória (no vídeo de Oscar Muñoz, registro da tentativa de fixar um retrato pintado com água sobre o chão quente). Casa Daros. Rua General Severiano, 159, Botafogo, ☎ 2275-0246. → Quarta a sábado, 12h às 20h; domingo, 12h às 18h. Grátis até domingo (14). A partir do dia 15: R$ 12,00. Grátis para crianças de até 12 anos e às quartas. Meia-entrada para idosos e estudantes com mais de 12 anos. A bilheteria fecha meia hora antes do término do horário de visitação. Até 24 de agosto. www.casadaros.net.

CHIARA BANFI. Marca do trabalho da artista, o diálogo das artes plásticas com a música está no cerne da individual No No Yes Please. Ela evoca esse universo em doze criações. R$ 18?000,00 a R$ 30?000,00. Galeria Silvia Cintra + Box 4. Rua das Acácias, 104, Gávea, ☎ 2521-0426. Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até dia 26. www.silviacintra.com.br.

✪✪✪ O COLECIONADOR: ARTE BRASILEIRA E INTERNACIONAL NA COLEÇÃO BOGHICI. Romeno radicado no Brasil, Jean Boghici franqueou a exibição de um expressivo recorte de sua coleção. Em meio às 136 obras de variados estilos, é possível encontrar nomes do quilate de Tarsila do Amaral, Waltercio Caldas, Lygia Clark, Amedeo Modigliani e Auguste Rodin. Museu de Arte do Rio. Praça Mauá, s/nº, Zona Portuária, ☎ 2203-1235. → Terça a domingo, 10h às 17h. R$ 8,00. Grátis às terças. Meia-entrada para estudantes de escolas particulares e universitários. De quarta a domingo, grátis para alunos da rede pública, crianças de até 5 anos, pessoas com mais de 60 anos e professores da rede pública. Até 1º de setembro. www.museudeartedorio.org.br.

CONVITE À VIAGEM - RUMOS VISUAIS 2012/2013. A coletiva reúne 108 obras de 45 artistas de todas as regiões do país. O leque é abrangente: pintura, fotografia, vídeo e instalação são algumas das técnicas apresentadas. Paço Imperial. Praça XV de Novembro, 48, Centro, ☎ 2215-2093. Terça a domingo, 12h às 18h. Grátis. Até 19 de maio. www.pacoimperial.com.br.

FILE 2013. Entre games, aplicativos para tablet e instalações, quase todas as atrações são interativas. Um dos principais destaques da mostra é o game Journey, dos mesmos criadores de um jogo incorporado recentemente ao acervo do Museum of Modern Art (MoMA). Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, ? Largo do Machado. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até dia 28. www.oifuturo.org.br.

✪✪✪✪ FOTOLIVROS LATINO-AMERICANOS. A mostra apresenta livros de fotografia da América Latina publicados desde os anos 1920. São 66 títulos, além de uma seleção de fotos e vídeos produzidos a partir das próprias publicações. Vale se deter diante da obra de dois brasileiros: Miguel Rio Branco e José Medeiros. Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h. Até 16 de junho.

✪✪✪ IVAN SERPA. Um dos grandes representantes do concretismo brasileiro, Serpa (1923-1973) tem 97 criações reunidas na exposição. O estilo geométrico que lhe deu fama está presente na seleção, mas a ideia da mostra é oferecer um acervo mais abrangente. Caixa Cultural ? Galeria 2. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 3980-3815, ? Carioca. Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até dia 28. www.caixacultural.com.br.

✪✪✪ LAERCIO REDONDO. Em Contos sem Reis, o artista promove um diálogo com a história e a arquitetura da Casa França-Brasil. Chamam atenção as obras nas quais Redondo se apropria de imagens do livro Viagem Pitoresca e Histórica ao Brasil, de Jean-Baptiste Debret. Casa França-Brasil. Rua Visconde de Itaboraí, 78, Centro, ☎ 2332-5120. Terça a domingo, 10h às 20h. Grátis. Até 5 de maio.

✪✪✪ LASAR SEGALL. Leia em Veja Rio Recomenda.

✪✪✪ LUGAR NENHUM. Oito artistas brasileiros estão reunidos: os pintores Rodrigo Andrade, Marina Rheingantz e Ana Prata e os fotógrafos Celina Yamauchi, Lina Kim, Luiza Baldan, Rubens Mano e Sofia Borges. O acervo conta com 56 obras que, em sua maioria, evocam lugares vazios e anônimos. Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h. Até 2 de junho.

✪✪✪ A MÃO LIVRE DE LUIZ CARLOS RIPPER. Um dos grandes cenógrafos e figurinistas do teatro e do cinema brasileiros, o carioca Ripper (1943-1996) tem sua trajetória celebrada. O rico acervo reúne cerca de 200 desenhos, croquis, escritos, fotos de cena e fragmentos de filmes. Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎ 2253-1580. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até dia 21. www.correios.com.br.

MARTA JOURDAN. A artista exibe uma série de esculturas cinéticas e um filme. Toda a produção é recente, feita entre 2008 e 2012, e os trabalhos têm alguma ligação com líquidos ? água, óleo e até estanho derretido. Galeria Laura Alvim. Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema, ☎ 2332-2017. Terça a domingo, 13h às 21h. Grátis. Até dia 28.

✪✪✪✪ UM OLHAR SOBRE O BRASIL. Com cerca de 300 fotografias, a mostra abarca quase dois séculos da história do país, de 1833 a 2003. Há poses tanto de dom Pedro II quanto de tipos simples, a exemplo do vendedor de vassouras imortalizado por Marc Ferrez em 1899. Também estão presentes cenas da Guerra de Canudos e da construção de Brasília. Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Terça a domingo, 9h às 21h. Grátis. Até dia 21.

✪✪✪ POLARIDADES - COLEÇÕES MAM. A exposição celebra os 65 anos de fundação do MAM. São apresentadas 31 obras de oito renomados artistas, entre eles Gerhard Richter, Jackson Pollock, Hélio Oiticica, Geraldo de Barros e Lygia Clark. Museu de Arte Moderna. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, Centro, ☎ 3883-5600. → Terça a sexta, 12h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 19h. R$ 12,00. A bilheteria fecha meia hora antes. Pessoas com mais de 60 anos pagam R$ 6,00. Grátis para amigos do MAM, menores de 12 anos e para todos na quarta, a partir das 15h. Aos domingos vigora o ingresso-família: pagam-se R$ 12,00 por grupo de até cinco pessoas. Estac. (R$ 5,00 para visitantes do museu). Até 12 de maio. www.mamrio.com.br.

✪✪✪✪ RIO DE IMAGENS: UMA PAISAGEM EM CONSTRUÇÃO. A alentada seleção aborda a evolução da cidade ao longo de quatro séculos. São cerca de 400 obras. Destacam-se trabalhos de grandes nomes do modernismo brasileiro, a exemplo de Tarsila do Amaral, Lasar Segall e Di Cavalcanti. Museu de Arte do Rio. Praça Mauá, s/nº, Zona Portuária, ☎ 2203-1235. → Terça a domingo, 10h às 17h. R$ 8,00. Grátis às terças. Meia-entrada para estudantes de escolas particulares e universitários. De quarta a domingo, grátis para alunos da rede pública, crianças de até 5 anos, pessoas com mais de 60 e professores da rede pública. Até 28 de julho. www.museudeartedorio.org.br.

✪✪✪ VINÍCIUS S.A. Em Lágrimas de São Pedro, o artista baiano exibe uma única instalação, formada por 6?000 lâmpadas cheias d?água presas ao teto. Ao entrar no ambiente, o visitante tem a sensação de estar em meio a uma chuva de enormes gotas. Caixa Cultural ? Galeria 1. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 3980-3815, ? Carioca. Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 5 de maio. www.caixacultural.com.br.

✪✪✪✪ VONTADE CONSTRUTIVA NA COLEÃO FADEL. A mostra é composta de cerca de 250 obras ? a maioria pertence ao colecionador carioca Sérgio Fadel. Todos os trabalhos foram produzidos por artistas brasileiros ligados de alguma forma ao concretismo, como Ivan Serpa, Willys de Castro e Hércules Barsotti. Os textos explicativos valem como uma aula. Museu de Arte do Rio. Praça Mauá, s/nº, Zona Portuária, ☎ 2203-1235. → Terça a domingo, 10h às 17h. R$ 8,00. Grátis às terças. Meia-entrada para estudantes de escolas particulares e universitários. De quarta a domingo, grátis para alunos da rede pública, crianças de até 5 anos, pessoas com mais de 60 e professores da rede pública. Até 7 de julho. www.museudeartedorio.org.br.

Fonte: VEJA RIO