ROTEIRO DA SEMANA

Dança

Por: Carlos Henrique Braz - Atualizado em

AS CANÇÕES QUE VOCÊ DANÇOU PARA MIM, de Alex Neoral. Com dez espetáculos no repertório, a Focus Cia. de Dança apresenta nova temporada de sua primeira peça inspirada no universo da música popular brasileira. O escolhido para dar movimento às coreografias de Alex Neoral, diretor da companhia, foi o repertório do Rei Roberto Carlos. A trilha sonora inclui Calhambeque, Amada Amante, Fera Ferida, Desabafo, Falando Sério e Cama e Mesa. Alem de Neoral, sete bailarinos sobem ao palco. Direção do coreógrafo (60min). Livre. Estreou em 24/11/2011. Espaço Sesc ? Teatro de Arena (242 lugares). Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana, ☎ 2548-1088. Quinta a sábado, 21h; domingo, 19h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (qui. a dom.). Até dia 26. Interrompe a temporada no domingo (12).

ESTHER WILLIAMS NÃO QUER MAIS NADAR, de Andrea Elias, Norberto Presta e Paulo Marques. Atriz e exímia nadadora que atuou em vários filmes hollywoodianos de apelo coreográfico, Esther Williams, aos 90 anos, serve de inspiração para esse espetáculo que mescla dança, teatro e performance. A intérprete, Andrea Elias, acomoda os quarenta espectadores no palco, que ganha aparência de piscina por meio de efeitos de iluminação. Durante a apresentação, a bailarina executa movimentos em que parece dar braçadas entre as cadeiras. Direção de Norberto Presta e Paulo Marques (60min). Livre. Estreou em 26/1/2012. Teatro Cacilda Becker (40 lugares). Rua do Catete, 388, Catete, ☎ 2265-9933, ? Largo do Machado. Quinta a domingo, 19h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (qui. a dom.). Até domingo (12).

QUAL É A MÚSICA?, de Paula Águas. A coreógrafa interpreta esse espetáculo interativo e de improvisação para celebrar seus dez anos de carreira. Ela entra em cena com um aparelho de som e espalha pelo chão sessenta CDs com vários estilos musicais: hip-hop, MPB e rock. Cabe à plateia escolher a trilha sonora para que a bailarina crie a pantomima. Direção da autora (50min). Livre. Espaço Sesc ? Mezanino (90 lugares). Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana, ☎ 2547-0156. → Sexta a domingo, 18h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (qui. a dom.). Até domingo (12). Estreia prometida para sexta (10).

QUALQUER COISA A GENTE MUDA, de João Saldanha. Convidado pela tarimbada coreógrafa Angel Vianna, que tem 82 anos de vida e 62 anos de palco, e pela bailarina Maria Alice Poppe, o coreógrafo criou esta encenação. Angel dança no espaço cênico com gestos e intenções. Em justaposição, a bailarina Maria Alice Poppe introduz passos que acrescentam volume à cena. Direção do autor (60min). Livre. Estreou em 13/1/2011. Centro Coreográfico do Rio de Janeiro ? Teatro Angel Vianna (155 lugares). Rua José Higino, 115, Tijuca, ☎ 3238-0357. Sexta e sábado, 20h; domingo, 18h. R$ 1,00. Bilheteria: 16h/22h (qua. a dom.). Até dia 26. Interrompe a temporada no domingo (12).

Fonte: VEJA RIO