ROTEIRO DA SEMANA

Dança

Por: Carlos Henrique Braz - Atualizado em

AS CANÇÕES QUE VOCÊ DANÇOU PARA MIM, de Alex Neoral. Com dez espetáculos no repertório, a Focus Cia. de Dança apresenta nova temporada de sua primeira peça inspirada no universo da música popular brasileira. O escolhido para dar movimento às coreografias de Alex Neoral, diretor da companhia, foi Roberto Carlos. A trilha sonora é composta por um grande pot-pourri de canções do Rei que forma o enredo. Alem de Neoral, Carol Pires, Clarice Silva, Marcio Jahú, Marisa Travassos, Monica Burity, Thiago Sancho e Rodrigo Werneck interpretam as coreografias embaladas por canções como Calhambeque, Amada Amante, Splish Splash, Fera Ferida, Namoradinha de um Amigo Meu, Desabafo, Falando Sério e Cama e Mesa. Direção do coreógrafo (60min). Livre. Estreou em 24/11/2011. Espaço Sesc ? Teatro de Arena (242 lugares). Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana, ☎ 2548-1088. Quinta a sábado, 21h; domingo, 19h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (qui. a dom.). Até 26 de fevereiro. Reestreia prometida para quinta (2).

ESTHER WILLIAMS NÃO QUER MAIS NADAR, de Andrea Elias, Norberto Presta e Paulo Marques. Atriz e nadadora de vários filmes hollywoodianos de apelo coreográfico, Esther Williams, atualmente com 90 anos, serve de inspiração para esse espetáculo que mescla dança, teatro e performance. A intérprete, Andrea Elias, acomoda afetuosamente os quarenta espectadores no palco, que ganha aparência de piscina por meio de efeitos de iluminação. Durante a apresentação a bailarina executa movimentos em que parece nadar entre as cadeiras, estabelecendo contato com o público. Direção de Norberto Presta e Paulo Marques (60min). Livre. Estreou em 26/1/2012. Teatro Cacilda Becker (40 lugares). Rua do Catete, 388, Catete, ☎ 2265-9933, ? Largo do Machado. Quinta a domingo, 19h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (qui. a dom.). Até 12 de fevereiro.

MISTURA E MANDA, de João Carlos Ramos. Espetáculo no repertório da Cia. Aérea de Dança desde 1997, a coreografia é ambientada nos charmosos salões de gafieira. Vestidos de ternos brancos e usando chapéus panamá, os bailarinos ? Ariadne Lax, Ayla Fidelis Jorge Henrique, Mariah Luna, Paula Souza e Wallace Araújo, além do próprio João Carlos ? evoluem ao som de composições de Zeka Freitas, Severino Araújo, Paulo Moura (1932-2010), K-Ximbinho (1917-1980) e Dorival Caymmi (1914-2008). Com personagens atuais, o espetáculo reflete a fusão de povos que formou a cultura do samba carioca. Direção do autor (55min). Livre. Centro Coreográfico do Rio de Janeiro ? Teatro Angel Vianna (155 lugares). Rua José Higino, 115, Tijuca, ☎ 3238-0357. Sexta e sábado, 19h30; domingo, 18h. R$ 1,00. Bilheteria: 16h/22h (qua. a dom.). Até 26 de fevereiro.

Fonte: VEJA RIO