ROTEIRO DA SEMANA

Bares

Percorremos os melhores bares do Rio para avaliar os comes e bebes que você deve pedir

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

BARes-RESTAURANTEs

Aurora

Em recente renovação, entraram no cardápio apetitosas porções de língua (R$ 22,00), bife à milanesa com queijo (R$ 35,00) e bolinho de arroz (R$ 10,00, quatro unidades). Seguem firmes pratos tradicionais, a exemplo do arroz de brócolis com lula (R$ 45,00, para duas pessoas). Para acompanhar, vá de chope Brahma (R$ 4,50) ou cascos de Original e Bohemia (R$ 9,00 cada um).

Rua Capitão Salomão, 43, Humaitá, ☎ 2539-4756 (100 lugares). 11h30/1h (dom. até 22h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1898.

Braseiro da Gávea

Nas noites de segunda e quinta, as mais concorridas, muita gente espera na calçada munida de tulipas de chope Brahma (R$ 6,00) e copos de caipivodca de limão (R$ 16,00). Para beliscar, as pedidas no salão são o coração de galinha (R$ 18,00, vinte unidades) e a linguiça no espeto (R$ 3,50). Na hora do almoço, a fila se forma por causa da especialidade local, a picanha ao braseiro (R$ 94,00, para três), guarnecida de arroz de brócolis, farofa de ovo com banana e batata portuguesa.

Praça Santos Dumont, 116, Gávea, ☎ 2239-7494 (100 lugares). 12h/1h (sex. e sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: todos. www.braseirodagavea.com.br. Aberto em 1995.

Casa Momus Novo empreendimento da Rua do Lavradio, de sócios italianos, o lugar tem ambiente caprichado, no qual chamam atenção os bancos forrados de veludo, o imponente balcão e a parede de garrafas com iluminação especial. A ala dos tira-gostos vai do carpaccio de carne sob lascas de parmesão (R$ 24,00), acompanhado de modesta salada de rúcula, ao saboroso trio de bruschettas (R$ 26,00), cobertas de tomate e manjericão, cebola-roxa caramelada com queijo de cabra e verduras marinadas. Se a ideia for fazer uma refeição, aposte no nhoque de abóbora com sálvia e pancetta (R$ 32,00). Na carta de drinques figuram sugestões clássicas, a exemplo do bloody mary (R$ 20,00) e do pisco sour (R$ 22,00).

Rua do Lavradio, 11, Lapa, ☎ 3852-8250 (100 lugares). 11h30/0h (qui. a sáb. até 2h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. → ↔ ? www.casamomus.com.br. Aberto em 2014.

BOTEQUIns

Buteco da Praça

Sem frescuras, o bar tem como lugar mais aprazível a varanda, aberta e voltada para o movimento da rua ? às quintas, sextas e sábados, conforme a noite vai caindo, conseguir mesa pode ser uma tarefa árdua. Geladíssimos cascos de Antarctica Original (R$ 8,50 cada um) reinam no diminuto salão. No cardápio, chamam atenção da clientela o bolinho de bacalhau produzido na própria casa (R$ 4,00 a unidade), uma receita familiar, e a boa seleção de espetinhos. Entre as quinze opções, fazem sucesso o de queijo de coalho (R$ 6,50) e o que leva o mesmo produto como recheio de filé-mignon (R$ 10,50).

Rua São Salvador, 1, loja D, ☎ 3522-3649 (45 lugares). 11h/1h. Cc: todos. Cd: todos. ? Aberto em 2013.

Enchendo Linguiça

Inaugurada no Grajaú, a casa atrai a clientela com embutidos de produção própria. Uma das sugestões é o carpaccio de linguiça pura de pernil (R$ 37,00), sob molho de alcaparra e lascas de parmesão. Outro acerto local, o joelho de porco custa R$ 56,00. Com casquinha crocante e interior úmido, a carne é acompanhada de duas guarnições à escolha. Também é boa invenção o bacalhão (R$ 4,90), bolinho de camarão com massa de bacalhau e batata. Às segundas, qualquer linguiça sai pela metade do preço. Na terça, a mesma promoção é feita com o joelho, e, na quarta, a vez é do chope (R$ 5,70, da Brahma, na matriz e na filial, que fica na Lapa).

Avenida Engenheiro Richard, 2, loja A, Grajaú, ☎ 2576-5727 (70 lugares). 11h/0h (sex. e sáb. até 2h). Cc: todos. Cd: todos; Rua Mem de Sá, 132, Lapa, ☎ 2508-6332 (160 lugares). 11h/0h (sex. e sáb. até 2h; dom. até 18h). Cc: M e V. Cd: R e V. www.enchendolinguica.com.br. ? ↔ Aberto em 2006.

Sabugosa

Quem passa em frente ao antigo pé-sujo, fundado em 1965, encontra um novo negócio: a impressão é que o endereço acabou de ganhar um bar. No projeto do arquiteto Ricardo Campos, do escritório Santa Irreverência, azulejos azuis e amarelos, além do quadro-negro em que são anotadas as sugestões do dia, emprestam simpática simplicidade ao ambiente. Espalhada pelo diminuto salão ou em pé, na calçada mesmo, a clientela encontra chope (R$ 5,00, da Brahma; R$ 7,00, da Stella Artois) e garrafas de cerveja gelada (R$ 8,50, Original ou Serramalte). Para beliscar, são pedidas certeiras a carne louca (R$ 22,00), saborosamente temperada por azeitonas, alcaparras e queijo ralado, e o bolinho de bacalhau bem seco (R$ 22,00, seis unidades). Um aviso: não são aceitos cartões de crédito.

Rua Maria Quitéria, 68, Ipanema, ☎ 3253-6006 (12 lugares). 7h/0h (qui. a sáb. até 2h). Cd: todos. ? Aberto em 1965.

Universo da Cerveja

Destino certo para a parada pós-jogo no Maracanã, o endereço abriga cerveja gelada, música ao vivo diária e promoções atraentes. Para beliscar, a dica é a tábua mista ao universo (R$ 85,00), reunião de filé de frango, filé-mignon, linguiça calabresa e bacon acebolados, servidos na chapa, em porção para quatro pessoas. Das marcas Original (R$ 9,40) e Skol (R$ 7,40), a cerveja ganha promoção de dose dupla na segunda e na terça. O chope é Devassa (R$ 6,20).

Rua Almirante João Cândido Brasil, 134, loja C, Tijuca, ☎ 2268-6894 (350 lugares). 12h/2h (qui. a sáb. até 4h). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 4,00 (das 19h às 22h). www.universodacerveja.com.br. Aberto em 2002.

chope e cerveja

The Ale House

No negócio do belga Xavier Depuydt, prateleiras exibem cerca de 400 variações da especialidade local: a cerveja. Ele acaba de lançar um rótulo próprio, o Deuce (R$ 15,90 a garrafa de 330 mililitros), inspirado em receitas de família e, visualmente, muito parecido com a famosa marca Duvel. Também valem a visita exemplares da cervejaria holandesa Hertog Jan, nas versões dubbel, tripel e grand cru (R$ 59,90 cada garrafa de 500 mililitros). Para forrar o estômago, peça o hambúrguer de picanha (R$ 34,90), com 250 gramas de carne e queijo gorgonzola na ciabatta.

Rua Visconde de Pirajá, 580, loja 219, Ipanema, ☎ 3256-2594/2595 (30 lugares). 12h/22h (fecha dom. e seg.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2013.

FIM DE NOITE

Cabidinho

Aberta a qualquer hora do dia, da noite ou da madrugada, a casa de esquina serve chope Brahma gelado (R$ 6,50 a tulipa do claro; R$ 9,00 o black). Para forrar o estômago, as pedidas são os fartos san­duí­ches no pão de leite. Servidos com batata frita, os recheios de pernil, lombinho e carne assada, todos com abacaxi, saem por R$ 14,00 cada um.

Rua Paulo Barreto, 65, Botafogo, ☎ 2539-8737, Botafogo (80 lugares). 24 horas. Cc: todos. Cd: todos.

www.botecocabidinho.com.br. ? Aberto em 1965.

La Fiorentina

Há mais de cinco décadas, o salão do Leme é ponto de encontro de artistas e intelectuais. Alguns famosos são homenageados nas sugestões do divertido cardápio em forma de jornal ? Beth Goulart dá nome ao filé aperitivo (R$ 35,00). Para beber, não invente: as pedidas certas são o chope Brahma (R$ 4,80, 300 mililitros) e a caipivodca (R$ 10,50).

Avenida Atlântica, 458, Leme, loja A, ☎ 2543-8395 (220 lugares). 12h/2h (sex. e sáb. até 3h). Cc: D, M e V. Cd: todos. ? Aberto em 1957.

O Plebeu

No velho casarão, os fregueses batem papo em torno de garrafas de Bohemia (R$ 9,50) e Antarctica Original (R$ 10,00) até altas horas ? em dias de calor, conseguir uma mesa na calçada é tarefa árdua. Para beliscar, há petiscos triviais, caso do frango à passarinho (R$ 26,50 a porção) e dos pastéis de camarão, carne ou queijo (R$ 22,00 a dúzia). Também faz sucesso entre a clientela a feijoada, servida na sexta e no sábado (R$ 50,00, para duas pessoas).

Rua Capitão Salomão, 50, Botafogo, ☎ 2286-0699 (130 lugares). 12h/2h (sex. e sáb. até 3h; dom. até 20h). Cc: todos. Cd: todos. ? ? www.oplebeu.com.br. Aberto em 1979.

happy hour

Harad Choperia

Filial da tradicional loja de comida árabe no Humaitá, a casa distingue-se da concorrência pelo cardápio típico que pode acompanhar o chope (R$ 5,50 a caldeireta do Brahma). Às segundas, terças e quartas, entre 18h e 21h, a happy hour oferece promoção de chope em dobro. Nas mesas espalhadas pela calçada são servidos ti­ra-gostos como o mix árabe (R$ 36,90), fornida porção de quatro itens escolhidos entre coalhada temperada ou seca, homus, pasta de berinjela, tabule e quibe cru, além de esfiha, quibe e cafta em tamanho míni.

Rua Nelson Mandela, 100, loja 103, Botafogo, ☎ 3496-8000 (80 lugares). 11h/1h. Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2012.

música ao vivo

Jazz in? Champanheria

No charmoso espaço revestido de tijolos aparentes, espumantes e festas são o forte da programação. Toda terça acontece o Bruschetta Jazz Festival, no qual o chef Allan Rocha inventa novos sabores do quitute ? a porção com meia dúzia sai por R$ 20,00. A noite é embalada pela banda Jazzafinando. A lista de bebidas inclui da francesa Veuve Clicquot La Grande Dame (R$ 1?204,00) a opções nacionais mais em conta, a exemplo do espumante Dal Pizzol Brut (R$ 74,00).

Rua Sacadura Cabral, 63, Centro, ☎ 99881-1111 (300 lugares). 17h30/1h (sáb. 22h/4h; fecha seg.). Entrada (ter. a sex., consumíveis): R$ 30,00 (mulheres) e R$ 60,00 (homens); sáb. (o preço varia de acordo com a festa programada). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2013.

tapas

Entretapas

Para comemorar três anos de funcionamento, em novembro passado, o chef Jan Santos incrementou o cardápio da casa. Passaram a fazer parte da seção fixa sugestões como o flamequín de champiñones (R$ 32,00), prato tradicional andaluz feito de lombo suíno empanado, recheado de jamón (presunto) serrano e cogumelos refogados. Outra dica recém-chegada, a bombeta ultramarina (R$ 29,00, quatro unidades) é uma espécie de croquete de lula, polvo e bechamel de tinta de lula. Para completar o programa, aposte nas imbatíveis (e refrescantes) jarras de sangria de vinho tinto (R$ 56,00) ou de cava (R$ 74,00).

Rua Conde de Irajá, 115, Humaitá, ☎ 2537-0673 (65 lugares). 19h/0h (sex. e sáb. 13h/1h; dom. 13h/0h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 12,00). ? ↔ www.entretapas.com.br. Aberto em 2010.

Fonte: VEJA RIO