ROTEIRO DA SEMANA

Bares

Percorremos os melhores bares do Rio para avaliar os comes e bebes que você deve pedir

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

BARES-RESTAURANTES

ADEGA CESARI. Saem da churrasqueira, com capacidade para mais de sessenta espetos, delícias como a picanha suína, especialidade local. O corte aparece em fartas porções, como o churrasco misto (R$ 60,00, para três pessoas), que também traz asas e sobrecoxas de frango, linguiça, costela e maminha de alcatra, batata frita, arroz, feijão, farofa de ovo e molho à campanha. No sanduíche de maior saída, a carne é servida no pão francês (R$ 10,00). Para beber, as geladas Bohemia e Antarctica Original saem por R$ 7,00 cada garrafa. Rua Capitão Félix, 110 (Cadeg), Benfica, ☎ 3890-2038. 19h/16h (fecha dom.). Estac. (grátis). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1985.

CACHAÇARIA DO PETISCO. Dos mesmos donos do tradicional Petisco da Vila, o estabelecimento ostenta no salão chamativos tonéis de cobre. Ali fica em cena um pequeno alambique que fabrica quatro tipos de cachaça, sendo a mais nobre envelhecida em barril de carvalho francês (R$ 8,50 a dose). Outra boa pedida é a gabriela (R$ 5,50), infusão de cravo e canela. Para forrar o estômago, têm boa saída as porções de provolone à milanesa (R$ 34,40) e a farta picanha grelhada com pão de alho (R$ 68,80). Para quem não se arrisca nas purinhas há chope Brahma (R$ 5,90 a tulipa; R$ 7,90 a caneca de 340 mililitros). Avenida Pastor Martin Luther King Jr., 126, 1º piso (Shopping Nova América), Del Castilho, ☎ 2583-1500, ? Del Castilho (120 lugares). 11h/0h (sex. e sáb. até 2h). Cc: V. Cd: todos. Couvert art.: R$ 3,99 (qua. e sáb. a partir das 19h). Estac. (R$ 2,00 a primeira meia hora e R$ 1,00 a fração). www.petiscodavila.com.br/cachacaria.htm. Aberto em 2006.

NORDESTINO CARIOCA. Em 1998, vindos da Paraíba, Roberto Araújo e Iracema Gonçalves ganhavam a vida vendendo churrasquinho na rua. A simpatia dele, o talento culinário dela e a disposição do casal fizeram o negócio crescer. Depois de passar pela feira de São Cristóvão, mudaram-se para o imóvel em Jacarepaguá. Para acompanhar as garrafas de cerveja Antarctica Original ou Bohemia (R$ 6,00, 600 mililitros), escolha entre a picanha de sol (R$ 69,00), guarnecida de feijão-tropeiro ou baião de dois, além de aipim cozido ou frito, ou os pastéis de produção própria. O trio nordestino (R$ 22,00) traz o triângulo de carne de sol, o redondo de queijo de coalho, cebola-roxa e orégano e o charuto de cabrito, acompanhados de geleia de pimenta e creme de maionese com hortelã. Avenida Sargento Carlos Argemiro Camargo, 49, Jacarepaguá, ☎ 3412-3353 (80 lugares). 12h/22h (sex. e sáb. até 0h; dom. até 18h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. www.nordestinocarioca.com.br. Aberto em 2005.

BOTEQUINS

ARMAZÉM CARDOSÃO. É um misto de bar e armazém, com produtos de casa variados para quebrar o galho de quem mora na vizinhança. Nas mesas ao ar livre, uma concorrida feijoada (R$ 45,00, para duas pessoas) é a atração dos sábados. No domingo entra em cena a moqueca baiana (R$ 50,00, para dois). Cervejas em garrafa são oferecidas nas marcas Antarctica Original, Bohemia (R$ 7,50 cada uma), Itaipava (R$ 4,50), Devassa (R$ 4,00), Heineken (R$ 6,50), Brahma, Antarctica e Skol (R$ 5,50). Na seção de belisquetes, o bolinho de carne ao molho de mostarda e alecrim (R$ 25,00 a dúzia) divide atenções com o rissole de camarão (R$ 4,50 cada um). Rua Cardoso Júnior, 312, ☎ 2225-3493 (30 pessoas). 10h/23h (sáb. a partir das 11h; dom. 12h/20h; fecha seg.). Cc: D, M e V. Cd: todos. ? Aberto em 1995.

BAR DU BOM. Na decoração da matriz e da unidade no Maracanã, ambas especializadas em croquetes, a aposta é em luzes indiretas e móveis escuros. A cada dia, são vendidas 200 unidades do salgado, com a opção de mais de trinta sabores, todos a R$ 5,50. Já viraram clássicos os recheados de lombinho com abacaxi, de carne-seca ou filé-mignon com provolone e de feijoada. Boa dica fora da seção de croquetes são os rolinhos primavera (R$ 5,00 a unidade), como o de camarão com catupiry e o de calabresa com provolone. Além de chope Brahma (R$ 3,50 a tulipa), há garrafas de Serramalte (R$ 6,50) e Antarctica Original (R$ 6,25). Rua Grajaú, 247, loja A, Grajaú, ☎ 2571-3370 (150 lugares). 17h/1h (sáb. e dom. a partir das 12h). Cc: todos. Cd: todos ? ; Rua Felipe Camarão, 165, Maracanã, ☎ 3559-3947. 17h/2h (sáb. e dom. a partir das 12h). Cc: todos. Cd: todos. ↔ www.bardubom.com.br. Aberto em 2008.

O ORIGINAL DO BRÁS. Herança do ex-sócio Carlos Henrique Cadinha, o inventivo cardápio de comes ainda é a atração principal na casa de azulejos pretos e brancos. Estrela da lista, o rolé pelo subúrbio (R$ 20,00) traz bifes à rolê recheados de cenoura, bacon e pimentão. Atende por brasileirinho (R$ 25,00) a porção de iscas de carne de sol ao alho crocante, cozida na cerveja e sobre cama de fubá. Uma roda de choro anima as quintas, a cada quinze dias. No almoço de domingo, a música ao vivo embala a feijoada (R$ 25,00). Para refrescar, as pedidas são a Original (R$ 5,50, 600 mililitros) e o chope Itaipava (R$ 4,00 a tulipa). Rua Guaporé, 680, lojas A e B, Brás de Pina, ☎ 3866-1313 (80 lugares). 16h30/23h (sex. e sáb. 14h30/0h; dom. 13h/17h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 2,00 (qui. e dom.). ↔ www.originaldobras.com.br. Aberto em 2004.

CHAMPANHERIA

CHAMPA. A clientela acomoda-se na agradável varanda à meia-luz e no pequeno salão de decoração elegante, com balcão de tijolos aparentes e parede pintada de violeta. Atração principal, a lista de pouco mais de cinquenta rótulos, entre marcas de champanhe e prosecco, é organizada por Marcos Fabrício e João Vicente Barros, ex-gerente da Ovelha Negra, casa do mesmo gênero em Botafogo. O chef Hugo Oliveira cuida do cardápio, que contempla de tira-gostos a pequenas porções, a exemplo do saboroso arroz de pato com chouriço português (R$ 28,00) e do tartare de salmão (R$ 25,00, seis peças). Para acompanhar, há boas sugestões de espumante, como o nacional Casa Valduga Arte Tradicional Brut (R$ 47,00), e o rosé italiano Le Casere Rossato Gran Cuvée (R$ 53,00). As opções em taça mudam a cada semana. Avenida Armando Lombardi, 633, loja 108 (Shopping Market Street), Barra da Tijuca, ☎ 2493-1371 (60 lugares). 18h/0h (sex. até 1h e sáb. 19h/1h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. www.champario.com.br. Aberto em 2012.

CHOPE E CERVEJA

ARMAZÉM DEVASSA. Diferente dos outros treze endereços da rede, a unidade localizada no térreo do Hotel Mar Ipanema conta com cardápio assinado pela chef Andrea Tinoco. Para começar, a pedida é passear pela carta de drinques, com sugestões como a caipirésima (R$ 19,90), de vodca nacional, alecrim, pouco açúcar, lima-da-pérsia, kiwi, pedaços de gelo e uma dose de saquê nacional. De fabricação própria, o chope chega à mesa em cinco versões, entre elas a ruiva (R$ 6,80, 300 mililitros) e a sarará (R$ 8,90, 430 mililitros), de trigo. Há uma série de variações de chope com infusão de cachaça. O saradinha (R$ 23,90), por exemplo, mistura o tipo sarará com uma infusão de mel e canela. Da cozinha da chef saem receitas como carpaccio de salmão com rúcula (R$ 25,90) e escondidinho de carne-seca com catupiry gratinado (R$ 21,90). Rua Visconde de Pirajá, 539 (Hotel Mar Ipanema), ☎ 2512-2051 (70 lugares). 6h/1h (qui. a sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: R e V. ↔ ? → www.cervejariadevassa.com.br. Aberto em 2007.

BEERTASTE. Léo Oliveira, um dos sócios, costuma estar à disposição para dar dicas sobre os 140 rótulos de cerveja disponíveis nas estantes e freezers. Na quarta, a happy hour é animada pela abertura de um barril de chope importado. Das outras três torneiras jorram o Guinness (R$ 21,90) ? às terças, após o pedido de dois copos de 500 mililitros, o terceiro é grátis ?, o Stella Artois (R$ 8,90 a taça) e o alemão Erdinger Weiss (R$ 13,90, 300 mililitros). Entre as geladas em garrafa figuram as belgas Tripel Karmeliet (R$ 23,90, 330 mililitros; R$ 63,90, 750 mililitros) e Carolus Cuvée van de Keizer, produzida somente durante uma semana no ano (R$ 199,00, safra 2008; R$ 79,90, safra 2011, garrafas de 750 mililitros). Para comer, vá no bt burguer, com carne de picanha defumada, queijo gouda, molho tártaro e cebola-roxa no pão ciabatta, guarnecido de batata smiles (R$ 21,90). Avenida das Américas, 700, bloco 8, loja 117-E (Shopping Città América), Barra, ☎ 2494-9136 (45 lugares). 12h/0h (fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 5,50 as três primeiras horas). www.beertaste.com.br. Aberto em 2008.

MOVIOLA. As cervejas especiais são a atração principal do bistrô instalado dentro deste interessante misto de locadora de DVDs e livraria. Na lista dos rótulos nacionais, a fluminense Mistura Clássica (R$ 16,60, 600 mililitros) é oferecida na versão pilsen premium. Se a preferência for pelas belgas, as sugestões fixas da carta em constante renovação são a Gouden Carolus Classic (R$ 27,90), com 8,5% de teor alcoólico, em tamanho long neck. Para comer, prefira as bruschettas de tomate seco ou de salaminho com curry (R$ 17,50, oito unidades). Rua das Laranjeiras, 280, lojas B e C, Laranjeiras, ☎ 2285-8339 (60 lugares). 10h/23h (sex. e sáb. até 0h; dom. a partir das 15h). Cc: todos. Cd: todos. www.moviolalivraria.com.br. Aberto em 2005.

HAPPY HOUR

ANTONIO?S. Vizinho de outro negócio, o Belmonte, do mesmo dono, é um endereço procurado para a happy hour ou o esquenta antes das noitadas na Lapa. Pelo salão de paredes vermelho-escuras circula a marca registrada das casas do cea­rense Antônio Rodrigues: empadas de camarão com catupiry (R$ 8,50 a unidade), carne-seca com catupiry (R$ 8,00) e siri (R$ 7,50). Também são listadas no cardápio generosas porções de filé aperitivo (R$ 48,00) e carne de sol à maria bonita (R$ 48,50), com paçoca e purê de aipim. Para regar a conversa, há bebes como o chope Brahma (R$ 4,80, 300 mililitros) e a dose da cachaça mineira Beija-Flor (R$ 5,60). Avenida Mem de Sá, 88, Lapa, ☎ 2224-4197 (120 lugares). 16h/3h (sex. até 4h; sáb. 12h/4h; dom. a partir das 12h). Cc: todos. Cd: todos. www.botecobelmonte.com.br/antonios. Aberto em 2007.

BAR DAS QUENGAS. Dois detalhes bem-humorados chamam atenção na decoração: o varal de roupas íntimas pendurado no teto do 2º andar e, no térreo, o painel que traz o nome da casa com uma grande boca vermelha em néon. Da cozinha sai o galeto feito na brasa (R$ 14,00), guarnecido de farofa e molho à campanha. Boa pedida para tabelar com garrafas de 600 mililitros de Bohemia, Original (R$ 8,60 cada uma), Antarctica ou Brahma (R$ 7,40), a porção de carne-seca coberta de catupiry gratinado custa R$ 38,90. Avenida Mem de Sá, 175, Lapa, ☎ 2232-0670 (240 lugares). 11h/3h (sex. e sáb. até 4h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2007.

BOTEQUIM IMPERIAL. Mais arrumadinho do que boa parte dos seus vizinhos no Baixo Voluntários, espalha mesas de madeira pela calçada. O salão com piso de ladrilho hidráulico abriga a clientela em bancos com jeito de lanchonete americana. Para beliscar, há bons espetinhos, servidos com farofa e molho à campanha. O de filé-mignon custa R$ 9,90 e o de carne suína com molho barbecue, R$ 9,00. Experimente também o sequinho croquete (R$ 19,90 a dúzia). Cervejas em garrafa são das marcas Original (R$ 8,50), Antarctica (R$ 7,00) e Budweiser (R$ 7,00). O chope Brahma (R$ 4,50 a tulipa) é servido em dobro na segunda e na terça, das 16h à meia-noite. Rua Voluntários da Pátria, 25, loja C, Botafogo, ☎ 2527-4831, ? Botafogo (46 lugares). 8h/2h (qui. a sáb. até 4h). Cc: M e V. Cd: todos. Aberto em 2010.

GRÉGORA ARTE CAFÉ. É um reduto de músicos de formação erudita, entre eles integrantes das orquestras Sinfônica Brasileira e do Thea­tro Municipal. Mas o cardápio, com boa gama de petiscos vegetarianos e alguns rótulos de cervejas especiais, vale a visita. Acompanham a Cerpa Draft (R$ 8,50) e a Heineken (R$ 5,50), ambas de 600 mililitros, a porção de faláfel (R$ 17,90, oito unidades), um bolinho de grão-de-bico servido com molho de iogurte. A batata inglesa (R$ 18,00) chega à mesa assada e pode trazer suculento molho de funghi. Rua Candido Mendes, 98, loja C, Glória, ☎ 2224-2020, ? Glória (60 lugares). 12h/23h (sex. e sáb. até 1h; fecha dom.). Cc: M e V. Cd: todos. ? → ↔ Aberto em 2011.

PUEBLA CAFÉ. Reduto de comida, drinques e cervejas mexicanos na Cobal do Humaitá. O combo de quinze peças (R$ 52,00) é um passeio completo pelo cardápio: traz seis minitacos, quatro miniburritos, duas quesadillas, um minichilli com carne, um minitaco salad e uma tortilha de queijo e presunto. Para regar as conversas, a michelada (R$ 5,00 a caneca) mistura cerveja, suco de limão, gelo e vem com sal na borda do copo. Também há as cervejas Sol (R$ 7,00) e Dos Equis (R$ 7,50), ambas long neck, e frozen de tequila (R$ 15,00), preparado com frutas da estação. Rua Voluntários da Pátria, 448, loja 23 (Cobal do Humaitá), Humaitá, ☎ 2286-5623 (70 lugares). 18h/0h (sex. e sáb. até 2h; dom. e seg. a partir das 20h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 4,00 a primeira hora). Aberto em 1998.

SPORTV POINT. Já passaram por ali nomes dos esportes transmitidos na telona, como Anderson Silva e Rodrigo Minotauro. Tecnologia, UFC e futebol são a combinação da casa temática, que representa com exclusividade o canal a cabo. Fique atento às promoções oferecidas em dias de jogo e horários de happy hour ? aparecem descontos consideráveis nos pedidos e mimos para a clientela. As seções do cardápio ganham nome de programas televisivos, como Bem Amigos, Tá na Área e Zona de Impacto. Para beliscar, há mix de salgadinhos (R$ 25,90, vinte unidades) e isca de frango empanada ao molho tártaro (R$ 28,50). Fomes maiores encontram como opção o hambúrguer com 200 gramas de carne, queijo, salada e bacon (R$ 31,50). O sanduíche também chega em versão míni na porção de três unidades, ao lado de batata frita e molho barbecue (R$ 29,90). Para regar o bate-papo, a pedida é o chope Brahma na caneca zero grau (R$ 5,50) ou na caldeireta (R$ 3,70). Um dos drinques disponíveis é a margarita frozen (R$ 16,55). Avenida Érico Veríssimo, 821, Barra, ☎ 3259-6382 (120 lugares). 17h/1h (sex. até 4h; sáb. e dom. 12h/4h). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 15,00 (ter. a partir das 20h). ? ↔ Aberto em 2010.

KARAOKÊ

BIG BEN PUB. Além do sino que badala antes do fim da jornada e da boa oferta de cervejas e jogos de salão, há uma outra característica de pub: o ambiente não prima pela luminosidade. Lá, as geladas de mais sucesso são a alemã Paulaner Weiss (R$ 19,80, 500 mililitros), a irlandesa Guinness (R$ 19,80, 440 mililtros) e a belga Leffe (R$ 11,50, long neck). Nas noites de terça a quinta rola karaokê com banda ao vivo. Nos demais dias há apresentações de pop, rock, MPB e blues. Enxuta, a seção de belisquetes conta com porções de bolinho de bacalhau (R$ 21,80 a dúzia), chilli beans (carne moída, feijão refrito, mussarela, cheddar e tortilhas (R$ 22,90) e croquete holandês (R$ 23,70, seis unidades). Rua Muniz Barreto, 374, Botafogo, ☎ 2286-8120 (100 lugares). 18h30/2h (sáb. a partir das 21h; fecha dom.). Cc: D, M e V. Cd: todos. Entrada: R$ 16,00 (ter. e qua.); R$ 18,00 (qui.); R$ 19,00 (sex. e sáb.). www.bigbenpub.com.br. Aberto em 1992.

CHOPERIA BRAZOOKA. No salão de tijolos aparentes e mezanino com mesa de sinuca, as bebidas onipresentes são as garrafas de 600 mililitros de Antarctica Original e Bohemia (R$ 8,50 cada uma) e o chope Brahma (R$ 5,10 a tulipa; R$ 5,50 a caldeireta). Da carta de drinques, têm boa saúda o dry martini e o cosmopolitan (R$ 15,00 cada um). A programação musical vai de sambaokê com acompanhamento ao vivo a shows de gêneros como forró e samba. Para beliscar, há, entre outras pedidas, gurjão de peixe ao molho tártaro (R$ 29,50) e filé aperitivo ao molho de shoyu com creme de leite (R$ 36,50). Avenida Mem de Sá, 70, Lapa, ☎ 2224-3236 (400 lugares). 18h/5h (ter. e qua. até 1h; qui. até 2h; fecha seg.). Cc: D, M e V. Cd: todos. Entrada: R$ 25,00 (apenas sex. e sáb.). www.matrizonline.com.br. Aberto em 2007.

MÚSICA AO VIVO

CARIOCANDO. Trata-se de uma espécie de filial no Catete dos bares de samba da Lapa. Animadas rodas musicais e feijoadas com choro aos sábados (R$ 33,00 por pessoa) animam a ampla pista de dança. Na lista de petiscos, isca de filé-mignon (R$ 30,00), frango à passarinho (R$ 25,00) e o quarteto (R$ 35,00), que reúne carne-seca, aipim frito, queijo de coalho e farofa. Tudo isso pode ser regado a chope Brahma (R$ 4,30 a tulipa). Rua Silveira Martins, 139, Catete, ☎ 2557-3646, ? Catete (120 lugares). 11h30/0h (sex. e sáb. até 1h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 8,00 a R$ 25,00 (seg. a qua. a partir das 20h; qui. a sáb. a partir das 21h). ↔ Aberto em 2009.

RIO SCENARIUM. Trata-se de um ponto de alto padrão na Lapa, pertencente a Plínio Fróes, empresário que tem sido decisivo para a revitalização do coração boêmio da cidade. Pelos três andares do imóvel espalham-se relíquias de antiquário, bicicletas retrô e até uma cadeira de barbeiro da década de 30. Nas mesas circulam garrafas long neck de Bohemia (R$ 6,50), caipivodca (R$ 12,00 a nacional) e caipirinha (R$ 15,00), feita com cachaça de marca própria. De tira-gosto, vale provar o bolinho de aipim com carne-seca (R$ 21,00) e o beiju coberto com queijo de coalho ou carne-seca (R$ 17,00), ambos em porções com dez unidades. Rua do Lavradio, 20, Centro, ☎ 3147-9000 (1?000 lugares). 18h30/2h (qui. até 3h30; sex. 19h/5h; sáb. 20h/5h; fecha dom. e seg.). Cc: todos. Cd: todos. Entrada: R$ 20,00 (ter. a qui.), R$ 30,00 (sex.), R$ 35,00 (sáb.). → ? ↔ www.rioscenarium.com.br. Aberto em 2001.

PARA IR A DOIS

BAR D?HÔTEL. O clima romântico do bar do Hotel Marina All Suites deve ser atribuído em grande parte à equipe que comandou a reforma realizada no fim de 2010. Nela se inclui Maneco Quinderé, profissional requisitado do teatro, que concebeu a nova iluminação. Entre as principais metamorfoses, o ambiente retrô deu lugar a móveis de linhas arrojadas e espelhos em néon de cores vibrantes, sem, no entanto, perder o clima aconchegante. Para beber, uma das novidades da carta de drinques é o caipicitron (R$ 22,00), que mistura vodca Absolut Citron, xarope de melancia e tangerina. Entre os clássicos figuram o royal (R$ 19,00 com vodca nacional), preparado com grenadine, Cointreau, limão e gengibre, e o chope de tangerina (R$ 19,00), feito, na verdade com vodca de tangerina, espuma de mel, limão e gengibre. No cardápio, assinado pela chef Maria Victoria, sobressaem o trio de bruschettas (R$ 23,00, de tomate, manjericão e mussarela de búfala; cogumelos refogados com brie; e de presunto de Parma com queijo de cabra e melaço de vinagre balsâmico) e a porção de mini-hambúrgueres com foie gras e teriaki de frutas (R$ 22,00, quatro unidades). Avenida Delfim Moreira, 696, 2º piso (Hotel Marina All Suites), Leblon, ☎ 2172-1112 (60 lugares). 7h/1h (qui. a sáb. até 2h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobrista (R$ 15,00). ↔ → Aberto em 1999.

DO HORTO. Aos pés do Cristo Redentor, é um recanto agradável no sossego do Horto. Papéis de parede floridos, penduricalhos delicados, móveis de demolição e luminárias coloridas compõem a atmosfera romântica. No pequeno salão e nas mesas espalhadas pela calçada são servidas garrafas de Therezópolis (R$ 15,00, 600 mililitros), além dos quatro tipos de cerveja Colorado (a pilsen, 600 mililitros, custa R$ 18,00). Na inventiva lista de tira-gostos, uma das novidades é o bolinho ana maria (R$ 34,00, sete unidades), feito com massa de aipim, que chega à mesa com um corte para o recheio de ovas de salmão, servido em porção à parte. Rua Pacheco Leão, 780, ☎ 3114-8439 (60 lugares). 12h/2h (fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Couvert art. opcional: R$ 9,00 (qui. a sáb. a partir das 21h). ↔ ? www.dohorto.com.br. Aberto em 2010.

PÓS-PRAIA

BARTHODOMEU. A uma quadra da praia de Ipanema, este autêntico pé-limpo tem no agradável ambiente sob o teto retrátil as mesas mais disputadas do salão. No cardápio, além de petiscos de boteco, há pratos mais robustos, elaborados pela chef Tatiana Abramant. É o caso da salada marroquina (R$ 21,90), preparada com alface, rabanete, cebola-roxa, pepino japonês e tomate, ao molho de especiarias árabes, ou do arroz de lula e camarões (R$ 43,80) ao molho de tomates frescos. O mix barthodomeu (R$ 41,20), com carne-seca e calabresa aceboladas, costelinha e aipim, faz tabelinha com o chope Brahma (R$ 4,99 a caldeireta). A lista de bebidas reserva uma curiosa proposta: em uma cartela, o cliente escolhe a base do drinque, que pode ser vodca (R$ 15,00), cachaça (R$ 14,90) ou tequila (R$ 14,50), e mais cinco ingredientes. Entre as opções, há morango, caju, tabasco, canela e gengibre, somando mais de 200 combinações possíveis. Costuma ter música ao vivo à noite. Rua Maria Quitéria, 46, Ipanema, ☎ 2247-8609 (200 lugares). 12h/2h (sex. e sáb. até 4h). Couvert art.: R$ 5,00 (opcional, a partir das 19h30). Cc: todos. Cd: todos. www.barthodomeu.com.br. Aberto em 2009.

TRADICIONAIS

ANGU DO GOMES. Resgata a tradição da mistura à base de fubá, miúdos e linguiça, preparada e distribuída durante décadas em carrocinhas, que pararam de circular em 1986. O angu aparece na receita original (R$ 11,00) ou em versões para beliscar, a exemplo do pastel recheado com frango e requeijão (R$ 16,00, oito unidades). Outra campeã de pedidos é a moela acompanhada de farofa de alho (R$ 14,50), boa companhia para as cervejas em garrafa de 600 mililitros das marcas Skol (R$ 5,00), Antarctica Original, Budweiser, Heineken (R$ 6,00 cada uma) e Therezópolis Gold (R$ 12,00). Largo de São Francisco da Prainha, 17, Saúde, ☎ 2233-4561 (40 lugares). 11h/23h (sex. até 2h; fecha sáb. e dom.). ? ↔ Cc: todos. Cd: todos. www.angudogomes.com.br. Aberto em 2008.

BAR OCIDENTAL. Em meio a casarões antigos, as mesinhas de plástico sobre o chão de paralelepípedos são os domínios do primeiro boteco inaugurado na região hoje conhecida como ?triângulo das sardinhas?. Depois seguido pela concorrência na vizinhança, o bar, de simplicidade franciscana, se dedica há seis décadas a servir o peixe aberto, em apetitosos filés (R$ 1,80 a unidade). A especialidade local divide atenções com outras atrações do mar, como a pescadinha frita (R$ 13,00 a unidade). Às sextas, na happy hour, o chope Brahma (R$ 4,50) reina absoluto acompanhando os tira-gostos. Rua Miguel Couto, 124, loja C, Centro, ☎ 2253-4042, ? Uruguaiana (24 lugares). 8h/22h (sáb. até 15h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1952.

BRACARENSE. Depois de passar por uma breve reforma com direito a troca de balcão, piso, cobertura e até calçada, o tradicional Braca, como é conhecido, perdeu o visual cansado. A lista de tira-gostos ganhou novos itens: o bolinho de feijoada, feito nos moldes do Aconchego Carioca, disputa atenções com o inusitado gente boa (R$ 3,40 a unidade), bolinho de jiló e linguiça calabresa. A empada aberta de carne-seca com cobertura de catupiry gratinado (R$ 3,90) e o croquete de bacalhau com grão-de-bico (R$ 3,70) já caíram nas graças do público. Para regar o bate-papo, a pedida certeira é o bem tirado chope Brahma (R$ 4,70 a tulipa). Rua José Linhares, 85, loja B, ☎ 2294-3549 (60 lugares). 9h/0h (dom. 10h/22h). Cd: R e V. Aberto em 1961.

CAFÉ E BAR PAVÃO AZUL. A fama do botequim simples, sem requinte na decoração nem no cardápio, não é de hoje: frequentada pelo cronista Antonio Maria nos anos 50, a casa voltou a ter longas e demoradas filas na porta depois que as irmãs e proprietárias Vera e Bete Afonso incluíram na lista de belisquetes as pataniscas de bacalhau (R$ 7,20, quatro unidades). Os bolinhos são feitos sem batata e chegam à mesa secos e saborosos. Nas duas unidades, uma em frente à outra, são servidos pratos executivos fartos, a exemplo do linguado empanado com arroz, feijão e batata cozida (R$ 27,00) e do famoso risoto de camarão (R$ 28,00). Para beber, a pedida é o chope Brahma (R$ 4,00 a caldeireta) ou a Antarctica Original (R$ 6,50, 600 mililitros). Rua Hilário de Gouveia, 71, lojas A e B, Copacabana, ☎ 2236-2381, ? Siqueira Campos (36 lugares). 12h/0h. Cd: R e V; Rua Barata Ribeiro, 348, loja B, Copacabana, ☎ 2236-2381, ? Siqueira Campos (40 lugares). 16h/0h (fecha seg.). Cd: R e V. Aberto em 1957.

Fonte: VEJA RIO