ROTEIRO DA SEMANA

Bares

Mais de 20 casas avaliadas pela crítica de VEJA Rio para você saborear petiscos, bebidas, ouvir música ao vivo e dançar

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

BOTEQUIM

ABOIM. Apertado, o pé-sujo de Copacabana ganhou fama pela caprichada carta de uísques. Expostas em prateleiras no alto, garrafas de Ballantines 17 anos (R$ 27,00 a dose) e de 15 anos, como o Green Label (R$ 22,00 a dose), credenciam o estabelecimento. Mais em conta, o Buchanan?s e o Logan, ambos de 12 anos, têm doses servidas por R$ 14,00. Entre os petiscos há pastéis de porte generoso exibidos na vitrine, com recheios de carne, camarão, palmito, siri, queijo com calabresa e bacalhau (R$ 3,50 cada um). As cervejas em garrafa custam R$ 5,00 (Antarctica, Brahma e Skol) e R$ 6,50 (Heineken, Bohemia e Antarctica Original). Rua Souza Lima, 16, loja B, Copacabana, ☎ 7707-2510 (8 lugares). 7h/0h. ? Aberto em 1956.

ALEMÃO DA GÁVEA. Com o ambiente interno tomado pelo balcão e por freezers, as mesas se espalham pela calçada, resguardada por um toldo. No meio do burburinho do Baixo Gávea, o lugar é um camarote para quem está interessado em azaração. A casa trabalha com long neck da belga Leffe Radieuse (R$ 18,00), 8,2% de teor alcoólico, e da nacional Stella Artois (R$ 7,00), mas a mais pedida é mesmo a garrafa de Antarctica Original (R$ 8,00, 600 mililitros). Do enxuto cardápio de tira-gostos, peça croquete de carne (R$ 14,70) e pastel de queijo prato e catupiry (R$ 13,50), ambos servidos em porções de seis unidades. Praça Santos Dumont, 116, loja B, Gávea, ☎ 2259-8003 (16 lugares). 18h/1h (sex. e sáb. até 2h). www.alemaodagavea.com.br. Aberto em 1984.

ANTONIO?S. Empreendimento do cearense Antônio Rodrigues, também à frente da rede Belmonte e do Boteco da Garrafa. No casarão de paredes bordô, onde já funcionou uma oficina mecânica, Rodrigues vende suas especialidades: chope Brahma (R$ 4,80, 300 mililitros) e ótimos pastéis de camarão com catupiry (R$ 4,70 a unidade) ou de palmito com brócolis (R$ 5,50). Também são bem-vindos a casquinha de siri (R$ 13,00), o creme de camarões com gengibre (R$ 23,00) e a carne de sol à maria bonita, acompanhada de paçoca e purê de aipim (R$ 48,50). Na ala das pizzas, a batizada com o nome da casa tem cobertura de cogumelo, bacon, linguiça e manjericão (R$ 34,00 a média). A carta de branquinhas oferece opções como a mineira Beija-Flor (R$ 5,60 a dose), envelhecida em barril de bálsamo. Avenida Mem de Sá, 88, Centro, ☎ 2224-4197 (120 lugares). 16h/3h (sex. até 4h; sáb. 12h/4h; dom. a partir das 12h). Cc: todos. Cd: todos. www.botecobelmonte.com.br/antonios. Aberto em 2007.

BELMONTE. É a pedra fundamental do conglomerado criado pelo cearense Francisco Antônio Rodrigues Pinto. Em 2002, ele comprou o boteco da Praia do Flamengo inaugurado por espanhóis em 1952, deu-lhe um banho de loja e abriu caminho para a rede. Comece com os fartos bolinhos de carne-seca ou camarão com catupiry (R$ 7,70 e 8,50, cada um, respectivamente). Porções de linguiça acebolada (R$ 23,00) e de filé aperitivo no pão italiano (R$ 48,50) também podem acompanhar o chope Brahma (R$ 6,20 a caldeireta). Praia do Flamengo, 300, loja B, Flamengo, ☎ 2552-3349 (58 lugares). 9h/2h. Cc: D, M e V. Cd: todos; Rua Teixeira de Melo, 53, loja B, Ipanema, ☎ 2267-9909, ? General Osório (100 lugares). 9h/2h. Cc: todos. Cd: todos. Mais cinco endereços. www.botecobelmonte.com.br. Aberto em 2002.

BOTEQUIM DO PRÍNCIPE. Na hora da happy hour uma multidão de engravatados invade o anexo do restaurante O Príncipe dos Galetos, nas proximidades do fórum. O forte, como se pode perceber nas prateleiras, são as cervejas. São mais de 200 rótulos. Antarctica Original (R$ 8,30) é a mais procurada, mas também é possível apreciar a saborosa belga Duvel (R$ 30,50, 330 mililitros) e a encorpada mineira Falke Estrada Real (R$ 32,00, 600 mililitros), com 7,5% de gradação alcoólica. Trivial, o cardápio de tira-gostos tem porções de batata frita com calabresa (R$ 21,00) e uma especialidade do vizinho, o galeto à passarinho (R$ 18,00). Avenida Nilo Peçanha, 44, Centro, ☎ 2215-8896, ? Carioca (150 lugares). 10h30/22h (sex. até 0h; fecha sáb. e dom.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1996.

BOTEQUIM ITAIPAVA. Ponto de encontro de jovens universitários, e campo aberto para a azaração, o lugar passou por uma reforma que fez a capacidade subir de setenta para 170 lugares. O salão interno ganhou sofás de estofamento vermelho, balcão com revestimento de madeira e meia dúzia de freezers da marca que dá nome à casa. A linha de cervejas Weltenburger tem opções saborosas, como a Kloster Anno 1050 (R$ 18,90, 500 mililitros). Mais em conta são a Itaipava tradicional (R$ 4,50) e a versão premium (R$ 5,50). Os tira-gostos são simples, mas suficientes para abastecer as rodas de bate-papo que se formam na calçada. Duas sugestões: calabresa acebolada (R$ 18,90) e fogueirinha (R$ 16,90), porção de batata frita com calabresa acebolada e queijo ralado. Rua Farani, 3, lojas D a G, Botafogo, ☎ 2553-7156 (170 lugares). 11h/1h (sáb. e dom. 17h/1h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2006.

CARIOCA BAR E BOTEQUIM. Dentro de um shopping na Barra, tem decoração que remete à Lapa, com bem-humorados painéis criados pelo artista Benedito de Paula. No inverno deixa de servir o rodízio de petiscos e oferece pedidas triviais: bolinho de bacalhau (R$ 15,00 a dúzia), carne-seca desfiada com aipim e manteiga de garrafa (R$ 20,00) e filé-mignon aperitivo com molho madeira e farofa (R$ 39,00). Para beber, há cerveja long neck das marcas Bohemia (R$ 4,00), Skol e Brahma (R$ 3,80 cada uma). Avenida das Américas, 500, bloco 4, loja 102 (Shopping Downtown), Barra, ☎ 2494-5018 (120 lugares). 11h30/16h (fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Estac. no shopping (R$ 6,00 por duas horas). Aberto em 1998.

CEVADA. Pastel de camarão com catupiry (R$ 4,40 a unidade) ou patinha de caranguejo ao molho tártaro (R$ 18,90 a dúzia) podem fazer companhia para o chope Brahma (R$ 4,60 a caldeireta). Também encontram clientela cativa a costelinha de porco ao molho barbecue (R$ 33,00, seis unidades) e o bolinho de aipim com camarão e catupiry (R$ 5,00 cada um). Sábado é dia de fei­joa­da completa (R$ 62,00, para duas pessoas). Com salão de pé-direito alto, o endereço passou por mudanças depois de adquirido pelo empresário cearense Antônio Rodrigues, dono do Belmonte. Ganhou bom tratamento acústico e paredes de cor salmão que contrastam com os azulejos brancos e verdes. Praça Serzedelo Correia, 27, loja A, Copacabana, ☎ 2547-5337/7905, ? Siqueira Campos (60 lugares). 8h/2h (sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: R e V. Aberto em 2009.

CINE BOTEQUIM. Um boneco do vilão Darth Vader, equipamentos de cinema e pôsteres de filmes compõem o cenário do bar temático instalado em um pedaço menos badalado do Centro. O cardápio faz referência a sucessos das telas, como a coxinha de galinha (R$ 6,00 a unidade) acompanhada de molho picante, batizada de cidade de deus, e o polpudo sonho com massa de aipim e recheio de alho-poró e camarão (R$ 10,80), conhecido como 8 ½, homenagem a Federico Fellini. Para beber, peça a caipirinha de limão tropa de elite (R$ 8,50) ? a 01 é preparada com cachaça ? ou uma das cervejas. Há Antarctica Original, Bohemia e Heineken (R$ 6,80, 600 mililitros), além da argentina Schneider (R$ 17,80, 960 mililitros). Por causa das obras do Porto Maravilha, a roda de samba com feijoada no segundo sábado do mês foi suspensa por tempo indeterminado. Rua Conselheiro Saraiva, 39, Centro, ☎ 2253-1414 (60 lugares). 11h30/23h (fecha sáb. e dom.). Cc: M e V. Cd: R e V. www.cinebotequim.com.br. Aberto em 2010.

FARROUPILHA. Batizado em homenagem ao movimento separatista gaúcho que teve entre seus protagonisas a personagem que dá nome à rua, o boteco serve petiscos tradicionais, como a porção de pastéis (R$ 16,00, seis unidades) nos sabores carne-seca, camarão, napolitano e carne moída. Espetinhos de medalhão de carne e de carne-seca com queijo de coalho (R$ 6,80 cada um) também podem acompanhar o chope Brahma (R$ 4,90 a tulipa) gelado ou a cerveja, das marcas Budweiser (R$ 5,80 a long neck) e Heineken (R$ 7,50, 600 mililitros). Rua Anita Garibaldi, 9, Copacabana, ☎ 2236-3632, ? Siqueira Campos (36 lugares). 11h/0h (dom. 11h/18h). Cc: todos. Cd: todos. ↔ Aberto em 2010.

CERVEJAS ESPECIAIS

DELIRIUM CAFÉ. Única franquia do pub de Bruxelas nas Américas, o endereço aumentou sua carta de cervejas: agora são oferecidos 380 rótulos de diversas nacionalidades. Das dez torneiras de chope ? em quatro as marcas se alternam ? jorra a bebida em versões como a belga Delirium Tremens (R$ 19,90, 300 mililitros), além das nacionais Therezópolis (R$ 9,90) e Colorado Indica (R$ 12,90). Do país de origem da marca Delirium, outra boa pedida é a St. Feuillien Grand Cru (R$ 29,90, 330 mililitros). Novidade no cardápio, que ganhou consultoria de Kátia Barbosa, do Aconchego Carioca, as asinhas de frango (R$ 24,00) vêm acompanhadas de dois molhos: um de redução de cerveja clara e outro de cerveja escura. Também é ideia de Kátia o suculento hambúrguer que leva o nome da casa (R$ 28,00), com 200 gramas de picanha, cheddar, alface e conserva de cebola no pão de malte, acompanhado de batatas rústicas. Rua Barão da Torre, 183, Ipanema, ☎ 2502-0029, ? General Osório (48 lugares). 17h/0h (sex. e sáb. até 2h). Cc: D, M e V. Cd: todos. Aberto em 2010.

LAPA CAFÉ. Antes mesmo de se dar conta da variedade de cervejas listadas, o cliente vai notar curiosidades da decoração, como um Land Rover estacionado lá dentro e televisões antigas equipadas com monitores de LCD. Das viagens de jipe feitas pelos proprietários resulta a carta com 820 marcas. Da Argentina vem a Antares (R$ 24,90, 660 mililitros), produzida com lúpulo da Patagônia. Do Paraná chega em caminhões refrigerados a Green Cow (R$ 29,90, 500 mililitros), medalha de ouro no Festival de Cerveja de Blumenau, edição 2012. As artesanais Sepultura e Blues Etílicos saem por R$ 22,90 cada uma, na garrafa de 600 mililitros. Em receitas aromáticas, a belga Lindemans (R$ 26,60, 375 mililitros) aparece nos sabores pêssego, cereja e framboesa. Para mastigar, a feijoadinha (R$ 12,00) é servida numa pequena cumbuca individual, e os pastéis de angu (R$ 18,90, dez unidades) chegam à mesa recheados de bacalhau, camarão ou carne-seca. Avenida Gomes Freire, 457, Lapa, ☎ 3971-6812 (200 lugares). 11h/0h (fecha sáb. e dom.). Cc: D, M e V. Cd: todos. → Aberto em 2009.

COQUETÉIS

BLUE AGAVE. Batizada em homenagem ao tipo mais nobre da planta usada na fabricação da tequila, a pequena casa tem simpático salão aberto para a rua. Ali se provam as especialidades mexicanas do cardápio assinado por dois americanos apaixonados pela cidade: Jason Galeria e Richard Nelson. Escolha entre o nacho agave (R$ 27,00), porção de tortilha coberta por molhos salsa e sour cream, queijo derretido, carne moída, feijão-preto refrito, alface e guacamole, e o burrito de carne de porco (R$ 20,00). Para beber, há drinques, como o blue agave marguerita (R$ 15,00; tequila, sour mix e curaçau blue), além de cerveja long neck da Sol (R$ 8,50) e da Heineken (R$ 7,50). Rua Vinicius de Moraes, 68, Ipanema, ☎ 3592-9271 (30 lugares). 12h/2h. Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2009.

MEZA BAR. Criados pelo chef Fabio Battistella e pelo bartender Guga Stemler, os coquetéis de preparo impecável renderam ao estabelecimento o título de melhor carta de drinques da cidade na edição 2010/2011 do especial ?Comer & Beber?, de VEJA RIO. Campeão de pedidos, o brazilian girls (R$ 20,00) leva cachaça, romã, suco de maçã, limão e grenadine. O trilogy (R$ 22,00) é preparado com vodca mango, caju e lichia. Para beliscar, vêm em bowls o tartare de salmão ladeado de chips de batata-baroa e a porção de carne-seca acompanhada de purê de banana-da-terra (R$ 23,00 cada sugestão). Outra pedida interessante é o croquete de cordeiro com pesto de hortelã (R$ 27,80, seis unidades). Rua Capitão Salomão, 69, Humaitá, ☎ 3239-1951 (80 lugares). 18h/1h (qui. a sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: todos. ↔ → www.mezabar.com.br. Aberto em 2008.

PALAPHITA KITSCH. Capivaras de madeira na decoração e cômodos bancos voltados para a paisagem da Lagoa distinguem o quiosque do amazonense Mario de Andrade Netto dos de seus concorrentes. Preparadas com ingredientes como cupuaçu, graviola, rapadura e damasco, as caipirinhas (R$ 16,80 cada uma) são deliciosas. Na carta de drinques, aventure-se pelo gabi (R$ 19,80), criado em homenagem à jornalista Marilia Gabriela, que leva carambola, manjericão ou poejo, vodca, saquê ou cachaça. Outra boa pedida etílica é a mad mario?s (R$ 19,80), uma caipirinha de uísque e morango. O queijo gruyère com picata de jambu flambado na cachaça (R$ 29,00) e o sanduíche de mussarela de búfala, palmito pupunha, shiitake e alho-poró no pão ciabatta (R$ 31,00) são as apostas entre os tira-gostos. Avenida Epitácio Pessoa, s/nº, quiosque 20 (Parque do Cantagalo), Lagoa, ☎ 2227-0837 e 7841-7843 (150 lugares). 18h/1h (seg. até 0h). Cc: D e M. Cd: R. → ? ↔ www.palaphitakitch.com.br. Aberto em 2004.

HAPPY HOUR

ARMAZÉM DO LEME. No antigo Armazém Carioca, a varanda é voltada para uma movimentada esquina do Leme. São um bom começo as empadas de frango ou camarão (R$ 4,50 a unidade). Porções de lula grelhada ao molho shoyu (R$ 28,00) e de polenta frita com parmesão (R$ 12,00) também merecem a visita. São duas as bandeiras de chope: Brahma (R$ 4,40 a tulipa) e o artesanal Clássico (R$ 3,90 a tulipa, nas versões claro e escuro), produzido em Benfica. De segunda a quarta, o preço da tulipa de Brahma é um só: R$ 3,90. Feita com cachaça de marca própria, a caipirinha de limão custa R$ 11,00. Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 31, loja B, Copacabana, ☎ 2275-4049 (150 lugares). 12h/1h (sex. e sáb. até 2h). Cc: todos. Cd: todos. www.armazemdoleme.com.br. Aberto em 2006.

BAR DU BOM. Caçula de uma leva de balcões atraentes surgidos no Grajaú, ganhou fama por oferecer rica, e saborosa, variedade de croquetes ? são mais de trinta sabores. De inspiração contemporânea, a decoração da casa escapa do típico padrão do pé-limpo. O chope Brahma (R$ 3,50 a tulipa) divide as atenções com a Serramalte (R$ 6,50, 600 mililitros). Na lista de tira-gostos há delícias como os croquetes de lombinho com abacaxi ou de cordeiro com geleia de hortelã (R$ 5,50 a unidade) ? às terças, o salgado é vendido à metade do preço. Outra criação aprovada é o rolinho recheado de camarão com catupiry (R$ 5,00). Às segundas, o preço do chope cai para R$ 1,99 ? quarta e quinta a promoção vale até as 20h. Rua Grajaú, 247, loja A, Grajaú, ☎ 2571-3370 (150 lugares). 17h/1h (sáb. e dom. a partir de 12h). Cc: todos. Cd: todos; Rua Felipe Camarão, 165, Vila Isabel, ☎ 3559-3947. 17h/2h (sáb. e dom. a partir das 12h). Cc: todos. Cd: todos. ↔ www.bardubom.com.br. Aberto em 2008.

LENO?S GOURMET. Restaurante por quilo inaugurado em fevereiro, pouco tempo depois assumiu a vocação de botequim. Sob luz baixa e néon, os clientes se acomodam em mesas e bancos à moda das lanchonetes americanas. Nos dois pequenos salões climatizados, as paredes são enfeitadas por desenhos de paisagens cariocas criados por João Batista. Sem surpresas, a carta de drinques traz o tradicional mojito (R$ 14,90) e cervejas long neck das marcas Stella Artois e Budweiser (R$ 5,90 cada uma). Raimundo Agapito cuida do cardápio de petiscos usuais, com um toque ou outro de criatividade. É o caso do filé aperitivo (R$ 34,00) de molho espesso e saboroso, acompanhado de cesta de pães. Outra boa pedida traz palitos de frango empanado ao molho de mel e mostarda (R$ 25,90), sequinhos e crocantes. Rua Marquês de Abrantes, 118, loja A, Flamengo, ☎ 2553-0380 (57 lugares), ? Flamengo. 11h30/0h (dom. e seg. 12h/16h). Cd: todos. Cc: todos. Aberto em 2012.

SEU BAR. Sob cobertura, em um deque de madeira, ficam espalhadas todas as mesas do lugar. Na parte interna há apenas a cozinha, o balcão e os banheiros. Quatro aparelhos de TV exibem clipes de hip-hop, jogos de futebol e lutas de MMA. No ambiente despojado, uma multidão dedica-se a esvaziar cascos de cerveja Heineken (R$ 7,90, 600 mililitros) e tulipas do gelado chope Brahma (R$ 4,10 cada uma). Atração da seção de tira-gostos, os crocantes pastéis (R$ 19,80) de massa tradicional são servidos numa travessa com três unidades de cada sabor ? camarão com alho-poró, napolitano e carne-seca com catupiry. Também é bastante pedida a porção carne-seca com aipim frito, coberta de queijo de coalho (R$ 31,90). Avenida Olegário Maciel, 175, lojas B e D, Barra, ☎ 3495-7761 (150 lugares). 11h30/3h. Cc: todos. Cd: todos. ↔ Aberto em 2011.

MÚSICA AO VIVO

BOTEQUIM BATE-PAPO. Localizado na parte lateral da Cobal do Leblon, o ponto é reduto de sertanejo universitário na cidade. O agito sonoro começa às 20h, de quinta a domingo. A noite pode ser regada a chope Brahma (R$ 4,20 a tulipa) ou cerveja Antarctica Original (R$ 8,00 a garrafa de 600 mililitros). O jiló frito (R$ 6,70 a porção) é um tira-gosto famoso por lá, mas, como não é todo mundo que aprecia, há opções menos exóticas. É o caso do escondidinho de carne-seca (R$ 12,00) e da bolinha de queijo (R$ 10,00, oito unidades). Rua Gilberto Cardoso, s/nº, loja 9 (Cobal do Leblon), Leblon, ☎ 2529-2110 (150 lugares). 6h/2h (seg. e ter. até 17h). Cc: D, M e V. Cd: todos. Couvert art.: R$ 15,00 (mulheres) e R$ 20,00 (homens). http://botequimbatepapo.blogspot.com. Aberto em 2006.

DESTILADO BAR. Destino de muitos universitários na movimentada Rua do Rio, área de bares dentro do Shopping Nova América, tem música ao vivo às quartas e aos sábados. A turma não se intimida diante do infarto completo (R$ 35,90), nome apropriado para a porção de torresmo, linguiça, carne de sol e aipim frito, regados por manteiga de garrafa. Lançado neste ano, outro combinado não fica atrás na quantidade de calorias: o infarto destilado (R$ 37,90) agrupa carne-seca, linguiça, batata e aipim fritos. Outra pedida é o filé-mignon aperitivo com aipim frito gratinado (R$ 48,90). Para molhar a garganta tem chope da Brahma (R$ 5,30 a tulipa) e drinques doces que fazem mais a cabeça das meninas. O poção do amor (R$ 14,90) é preparado com vodca, morango e leite condensado. Avenida Pastor Martin Luther King Jr., 126 (Shopping Nova América, Rua do Rio), Del Castilho, ☎ 2218-3003, ? Del Castilho (240 lugares). 12h/1h. Cc: todos. Cd: todos. Couvert art.: R$ 3,99 (qua. e sáb. até 21h) e R$ 4,99 (a partir de 21h). Estac. (R$ 6,50 as quatro primeiras horas). → ↔ Aberto em 2003.

PARADA DA LAPA. Ampla e agradável, a varanda dá de cara para os Arcos da Lapa. No lado de dentro, a programação musical intensa divide-se por dois palcos, um deles em um bondinho restaurado e o outro no mezanino sobre o bar. De quarta a sexta o repertório costuma ser de variações em torno do samba. Dia de futebol ao vivo, a quarta também atrai torcedores que acompanham as partidas no telão. No sábado misturam-se pagode e funk. Em qualquer momento, a bebida mais popular é o chope Brahma (R$ 5,00 a tulipa). No cardápio destaca-se o pastel batizado com o nome da casa, recheado de calabresa, cebola-roxa e mussarela (R$ 14,00, dez unidades). Também há versões para o salgado com camarão (R$ 16,00), queijo e carne (R$ 14,00), além da porção de frango à passarinho (R$ 29,00). Rua dos Arcos, s/nº (Fundição Progresso), Lapa, ☎ 2524-2950 (400 pessoas). 22h/4h (sex. a partir das 18h; sáb. a partir das 22h; fecha dom. e ter.). Cc: M e V. Cd: todos. Entrada: R$ 20,00 a R$ 60,00. → ? www.paradadalapa.com.br. Aberto em 2007.

PARA DANÇAR

00. O palco de agitos moderninhos abre espaço para noitadas mais calmas de segunda a quinta ? no amplo lounge, renovado após reforma realizada em agosto de 2011 ?, mas a programação musical nos fins de semana segue dedicada a ritmos eletrônicos. Charmosa, a área ao ar livre é cenário perfeito para um dos drinques da casa: o marguerita fusion (R$ 22,00) leva tequila, maracujá, mel de camomila, gotas de limão e sal, e o mojito red (R$ 17,00) parte da tradicional base de rum, limão, hortelã e club soda e ganha ainda suco de cranberry. Para beliscar, palitos de polenta frita com molho de gorgonzola ou de funghi (R$ 18,00). Avenida Padre Leo­nel Franca, 240, Gávea, ☎ 2540-8042 (160 lugares). 19h30/1h (sex. a dom. até 2h30). Cc: todos. Cd: todos. Entrada: R$ 40,00 (sex. a dom.). Estac. R$ 20,00. → ? ↔ www.00site.com.br. Aberto em 2000.

PUB

MUD BUG. Na decoração, saltam aos olhos ?detalhes? como a parte da frente de um carro esportivo vermelho e a colorida jukebox. Nove televisões transmitem jogos de futebol e garantem a lotação nos dias de partida ao vivo. Da Irlanda vêm as escuras Guinness e Murphy?s (R$ 22,90 cada garrafa de 500 mililitros), boa companhia para a porção de anéis de cebola empanados (R$ 15,90) ou as asas de frango refogadas com pimenta calabresa e cebola (R$ 22,90, seis unidades). Sucesso de público, a batata frita (R$ 16,90) é coberta por queijo cheddar e bacon. Também se encontram no cardápio drinques interessantes, como o l?orange kiss (vodca de laranja, licor de kiwi e sucos de cranberry e abacaxi; R$ 16,90). Rua Paula Freitas, 55, loja A, Copacabana, ☎ 2235-6847, ? Cardeal Arcoverde (120 pessoas). 17h/2h (dom. 16h/0h). Cc: todos. Cd: todos. ?; Rua Rodolfo Dantas, 16, loja A, Copacabana, ☎ 2543-5052, ? Cardeal Arcoverde (300 pessoas). 17h/3h. Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 10,00). Entrada: R$ 16,00. ↔ www.mudbug.com.br. Aberto em 2003.

TRADICIONAL

BAR LUIZ. Fundado nos tempos em que o imperador dom Pedro II ainda mandava por aqui, é um dos bares mais longevos em atividade. Desde o fim da parceria centenária com a Brahma, passou a trabalhar com caldeiretas de Sol (R$ 5,50), Xingu (R$ 6,00) e Heineken (R$ 7,00). Da inspiração germânica original ficaram para trás os nomes em alemão ? que causaram boas confusões na época da II Guerra Mundial ? e seguem firmes alguns itens do cardápio, a exemplo do kassler (R$ 45,00) e da linguiça branca (R$ 29,50), ambos guarnecidos de salada de batata, saborosa especialidade local. O bolinho de bacalhau (R$ 22,00, dez unidades) é crocante. Para grupos maiores, o alemão especial (R$ 113,00) é o ideal, pois reúne chucrute, salada de batata, salsichas branca e vermelha, kassler e o eisbein (joelho de porco) cozido ou frito. Rua da Carioca, 39, Centro, ☎ 2262-6900, ? Carioca (144 lugares). 11h/23h (seg., ter. e sáb. até 21h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1887.

Fonte: VEJA RIO