ROTEIRO DA SEMANA

Bares

Por: Rafael Sento Sé - Atualizado em

ADEGA PORTUGÁLIA. Dos mesmos donos do elegante Alcaparra, na Praia do Flamengo, é uma mistura mais popular de bar e restaurante de frente para o Largo do Machado. Uma porta de saloon dá acesso ao salão interno, mas também há mesas na calçada. Trivial, o cardápio traz deliciosos bolinhos de bacalhau, fritos na hora e sequinhos (R$ 2,80 a unidade), além de porções de gurjão de peixe ao molho tártaro e frango à passarinho (R$ 21,90 cada uma). Da Brahma, o chope gelado (R$ 4,00 a caldeireta) completa o programa. Largo do Machado, 30, loja A, Catete, ☎ 2558-2821, ? Largo do Machado (80 lugares). 8h/0h. Cc: todos. Cd: todos. ? ? Aberto em 1994.

ALEMÃO DA GÁVEA. Com o ambiente interno tomado pelo balcão e freezers de cerveja, as mesas se espalham pela calçada, resguardada por um toldo. No meio do burburinho do Baixo Gávea, é um camarote para quem está interessado em azaração. Jovens celebridades costumam aparecer para tomar cerveja e jogar conversa fora. A casa trabalha com long neck da belga Leffe Radieuse (R$ 18,00), 8,2% de teor alcoólico, e da nacional Stella Artois (R$ 7,00), mas a mais pedida é mesmo a garrafa de Antarctica Original (R$ 8,00, 600 mililitros). Do enxuto cardápio de tira-gostos, peça croquete de carne (R$ 14,70, seis unidades) e pastel de queijo prato e catupiry (R$ 13,50, seis unidades). Praça Santos Dumont, 116, loja B, Gávea, ☎ 2259-8003 (16 lugares). 18h/1h (sex. e sáb. até 2h). www.alemaodagavea.com.br. Aberto em 1984.

ARMAZÉM DO CHOPP. Barris e a réplica de uma locomotiva em miniatura, que circula por trilhos suspensos no alto do salão, são atrativos da decoração. O movimento no antigo casarão é garantido em parte pela proximidade da Faculdade Bennett. No cardápio, gozam de boa fama as pizzas de massa fina e crocante: a armazém (R$ 32,95) leva pimentão, cebola, cogumelo, bacon e azeitona. Também têm boa saída tira-gostos como a linguicinha petisco (R$ 18,55), com farofa e mostarda escura, e a porção de carne-seca com aipim frito na tábua (R$ 39,85). Lá dentro, ou nas mesas da varanda voltada para a rua, bebe-se chope Brahma por R$ 4,50 (a tulipa). Rua Marquês de Abrantes, 66, Flamengo, ☎ 2557-4052, ? Flamengo (250 lugares). 11h/2h. Cc: todos. Cd: todos. ? ↔ www.armazemdochopp.com.br. Aberto em 1996.

ARMAZÉM DO LEME. No antigo Armazém Carioca, a varanda é voltada para uma movimentada esquina do Leme. Também há lugares na parte interna enfeitada com uma antiga máquina registradora. São um bom começo as empadas de frango ou camarão (R$ 3,50 a unidade). Porções de lula grelhada ao molho shoyu (R$ 25,20) e de polenta frita com parmesão (R$ 10,90) também merecem a visita. São duas as bandeiras de chope: Brahma (R$ 4,00) e o artesanal Clássico (R$ 3,40), produzido em Benfica. De segunda a quarta, os preços da tulipa caem para R$ 4,00 e R$ 3,00, respectivamente. Feita com cachaça de marca própria, a caipirinha de limão custa R$ 9,90. Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 31, loja B, Copacabana, ☎ 2275-4049 (150 lugares). 12h/1h (sex. e sáb. até 2h). Cc: todos. Cd: todos. www.armazemdoleme.com.br. Aberto em 2006.

BAR D?HÔTEL. Depois de uma grande reforma no fim do ano passado, o bar e restaurante no 2º piso do Hotel Marina perdeu o ar retrô e ganhou iluminação do profissional do teatro Maneco Quinderé. Ponto forte, a carta de drinques ganhou o reforço do dellicious (R$ 19,00; vodca, melancia, maracujá e gengibre) e do lagoa martini (R$ 19,00; vodca, licor mandarineto, abacaxi e tangerina). Entre as opções para beliscar, a chef Maria Victoria apresenta mini-hambúrguer de cordeiro com foie gras ao molho de frutas vermelhas (R$ 22,00 a porção com seis) e uma dupla suculenta: potinhos de escondidinho de bacalhau e de camarão com shiitake (R$ 17,00). Avenida Delfim Moreira, 696, 2º piso (Hotel Marina All Suítes), Leblon, ☎ 2172-1112 (60 lugares). 12h/1h (qui. e sáb. até 2h). Cc: todos. Cd: todos. ↔ Aberto em 1999.

BAR DO BELMIRO. Comprada e reformada pelo empresário cearense Antônio Rodrigues, dono da rede Belmonte, a casa trocou de mãos novamente. No entanto, pouca coisa no ambiente e no cardápio mudou. Com a mudança da posição do balcão para os fundos do bar, na última reforma, o salão ganhou espaço para mais mesas. Abra os trabalhos com empadas de palmito (R$ 4,00) e camarão com catupiry (R$ 5,00). Grupos maiores podem optar pelo combo belmiro (R$ 49,00), de picanhas bovina e suína, queijo de coalho, filé de frango e camarão frito. Para molhar a garganta, vá de chope Brahma (R$ 3,80 a caldeireta). Rua Conde de Irajá, 503, Botafogo, ☎ 2539-1354 (100 lugares). 7h/0h (sex. e sáb. até 1h). Cc: M e V. Cd: todos. Aberto em 1986.

BARETTO-LONDRA. Pelo badalado bar do Hotel Fasano já passaram as cantoras Madonna e Beyoncé. Apesar das capas de disco de rock, de nomes como Rod Stewart e The Clash, as noites costumam ser embaladas por uma variedade maior de gêneros, que pode ir do house ao jazz. Tijolos aparentes e confortáveis poltronas completam a esmerada decoração. A seleção de oito shots (drinques em pequenas doses) inclui criações como grape martini (vodca, vinho, uva macerada e base cítrica; 18,00) e yellow mango (vodca, suco de manga, maracujá e soda limonada; R$ 18,00). Para beliscar, escolha a porção que reúne mussarela de búfala e três tipos de embutido italiano: bresaola, mortadela tipo bolonha e presunto de Parma. Avenida Vieira Souto, 80 (Hotel Fasano), Ipanema, ☎ 3202-4000, ? General Osório (80 lugares). 19h/2h (qui. a sáb. até 4h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 15,00). Entrada: R$ 30,00 (mulheres) e R$ 80,00 (homens). www.hotelfasano.com.br. Aberto em 2007.

BELMONTE. É a pedra fundamental do conglomerado criado pelo ex-garçom cearense Francisco Antônio Rodrigues Pinto. Em 2002, ele comprou o boteco da Praia do Flamengo inaugurado por espanhóis em 1952 e deu-lhe um banho de loja. Comece pelo pastel de queijo brie com alho-poró e camarão (R$ 5,50 a unidade). Porções de linguiça acebolada (R$ 23,00) e de filé aperitivo no pão italiano (R$ 48,50) também podem acompanhar o chope Brahma (R$ 4,60 a caldeireta). Praia do Flamengo, 300, loja B, Flamengo, ☎ 2552-3349 (58 lugares). 9h/2h. Cc: D, M e V. Cd: todos; Rua Teixeira de Melo, 53, loja B, Ipanema, ☎ 2267-9909, ? General Osório (100 lugares). 9h/2h. Cc: todos. Cd: todos. Mais cinco endereços. www.botecobelmonte.com.br. Aberto em 2002.

BOTECO SALVAÇÃO. O horário de funcionamento é adaptado para emendar com as festas nas vizinhas Casa da Matriz e Pista 3, pertencentes ao mesmo grupo. Na carta de cervejas há rótulos artesanais nacionais, além das convencionais Itaipava (R$ 5,50) e Antarctica (R$ 6,70). Entre as pedidas de puro malte figuram a Therezópolis Gold (R$ 11,20, 600 mililitros) e a Bamberg Pilsen (R$ 14,50 a long neck). Completam o clima de boteco o espetinho de filé-mignon com molho à campanha e farofa (R$ 14,90 a unidade) e o apetitoso croquete de abóbora com carne-seca (R$ 7,90, duas unidades). Rua Henrique de Novaes, 55, Botafogo, ☎ 2226-9691 e 2539-0216 (150 lugares). 18h/2h (sáb. 20h/3h; dom. 13h/0h; fecha seg.). Cc: M e V. Cd: todos. → beta.matrizonline.com.br/botecosalvacao. Aberto em 2008.

BUTESKINA. Na confluência das ruas Cinco de Julho e Santa Clara, em Copacabana, o endereço passou por reformas que despoluíram sua fachada. Para quebrar um pouco do branco predominante no ambiente, parte das paredes do lado de fora ganhou uma pintura escura. O cardápio de comes, com delícias como bolinha de batata-baroa recheada de carne-seca e catupiry (R$ 21,90, dez unidades) e frango frito em creme de alho servido dentro de copinhos de cachaça (R$ 24,90, dez unidades), é o ponto forte. Por lá, bebe-se chope Brahma (R$ 4,00 a tulipa). Rua Santa Clara, 145, loja A, Copacabana, ☎ 2256-5439. 11h/0h (qui. a sáb. até 2h). Cc: todos. Cd: todos. ? ↔ www.buteskina.com.br.

CANTINHO DO LEBLON. Tem iluminação em tons laranja, rosa e azul, além de um painel com capas de discos de bossa nova e um violão. É um dos poucos lugares no Leblon em que se pode tomar chope Brahma por menos de R$ 5,00 ? a caldeireta custa R$ 4,00. Grelhada, a linguiça de churrasco sai a R$ 3,50 a unidade. Pedidas mais consistentes, as panelinhas de bacalhau (R$ 33,90), camarão com catupiry (R$ 33,90) e carne-seca (R$ 31,90) chegam em caçarolinhas coloridas. Rua Dias Ferreira, 482, lojas C e D, Leblon, ☎ 2294-0946 (92 lugares). 11h/1h (sex. e sáb. até 2h). Cc: todos. Cd: todos. ? www.cantinhodoleblon.com.br. Aberto em 1978.

CASA BRASIL COMESTÍVEIS. Pertence aos mesmos donos do Mistura Casual, a poucos metros dali, na Rua Conde de Baependi. A agradável varanda é o local preferido da clientela, que esvazia tulipas de chope Brahma (R$ 4,90) na companhia de filé aperitivo no pão italiano (R$ 42,00). O risoto de camarão (R$ 59,00, para três pessoas) faz sucesso, assim como a caipirinha de maracujá (R$ 10,80). Praça São Salvador, 33, loja A, Laranjeiras, ☎ 2205-9394, ? Largo do Machado (75 lugares). 11h/1h (sex. e sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: todos. ? Aberto em 1963.

CASA DA CACHAÇA. Coisa incomum em um bar de hotel, o endereço é dedicado às purinhas. Na carta de trinta rótulos encontram-se, entre outras marcas conhecidas, a Nega Fulô e a Germana, a preços que variam entre R$ 12,00 e R$ 14,00. Com vista para o mar e frequência eclética, o lugar oferece também um cardápio competente, em que as pizzas merecem destaque. A de frango com catupiry custa R$ 34,00 e a de camarão com alho, R$ 32,00. Porções de lula frita (R$ 19,00) e casquinha de siri (R$ 19,00) também podem acompanhar cervejas Skol, Itaipava e Bohemia (R$ 7,00 a long neck). Avenida Niemeyer, 121 (Sheraton Rio Hotel & Resort), Leblon, ☎ 2529-1122 (180 lugares). 9h/1h. Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 6,00 por uma hora). → ? ↔ www.sheraton-rio.com.br/gastronomia. Aberto em 1974.

DIAGONAL. Um dos concorridos pontos do Baixo Leblon, tem a varanda enfeitada por personagens do cartunista francês Jean Leguay, mais conhecido como Jano. O cardápio abriga trinta sabores de pizza. Peperone (R$ 59,00) e margherita (R$ 49,00) são as coberturas mais pedidas ? preços válidos para as redondas de 30 centímetros de diâmetro. A diagonal leva mussarela, cebola, cogumelo, pimentão, bacon e orégano (R$ 59,00). Da Brahma, o chope custa R$ 5,50 (a tulipa de 300 mililitros). Rua Aristides Espínola, 88, loja B, Leblon, ☎ 2259-0888 (80 lugares). 11h/4h. Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1955.

DOIZ. Dos mesmos donos do vizinho Meza Bar, apenas dois meses de inaugurado o endereço foi eleito o melhor lugar para paquerar, segundo o júri do especial ?Comer & Beber?, publicado por VEJA RIO. O chef Fabio Battistella serve fish and chips (R$ 26,00), combinação tipicamente inglesa de batata e peixe fritos, e porção de presunto de pato ao molho de laranja e tomilho (R$ 31,00). Na carta de drinques há criações próprias, a exemplo do redhouse blues (R$ 23,00), releitura do bloody mary feita com vodca, infusão de pimentas e suco de tomates assados e temperados. Na terça e na quarta, os DJs Edinho e Corello atacam de rock e black music. Rua Capitão Salomão, 55, Humaitá, ☎ 2179-6620 (100 lugares). 19h/3h (seg. a qua. até 1h; fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 10,00). ↔ www.doiz.com.br. Aberto em 2011.

FLOR DA URCA. Fundado há mais de sessenta anos, o estabelecimento deixou de fazer tira-gostos, mas segue com seus pratos feitos típicos de boa relação entre custo e benefício. Acompanhadas de arroz e feijão, a costela de boi, a carne-seca com abóbora e a dobradinha têm o mesmo preço: R$ 11,00. Sexta é dia de uma caprichada feijoada completa (R$ 15,00). A cerveja é em garrafa de 600 mililitros, das marcas Antarctica, Brahma e Skol (R$ 4,50 cada uma). Rua Marechal Cantuária, 148, Urca, ☎ 2541-7674 (42 lugares). 7h/22h (fecha dom.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1946.

GLÓRIA DO CATETE. A sociedade com o pessoal do Bar Getúlio durou apenas três meses, e o lugar mudou mais uma vez de nome. Foram mantidos a decoração de estilo pé-limpo e o cardápio. Comece pelos pastéis crocantes de carne-seca ou palmito (R$ 3,50 a unidade) e de camarão com catupiry (R$ 4,50), de preferência na companhia do chope Brahma (R$ 3,90 a caldeireta). Para fomes maiores, escolha entre a porção de carne-seca (R$ 24,00) e a de carne de sol (R$ 25,00), ambas com aipim. Rua do Catete, 68, ☎ 2205-0987, ↔ Catete (60 lugares). 11h/3h. Cc: todos. Cd: todos. ? Aberto em 2011.

GRÉGORA ARTE CAFÉ. Reduto de músicos de formação erudita, entre eles integrantes das orquestras do Theatro Municipal e Sinfônica Brasileira, abriga repertório ao vivo dedicado ao jazz e ao instrumental brasileiro nas noites de quarta, sexta e sábado. Esse não é o único mérito do lugar. Original, o cardápio oferece petiscos vegetarianos caprichados e carta de cervejas eficiente. Comece pela porção de faláfel (R$ 17,90, seis unidades), bolinho de grão-de-bico servido com molho de iogurte. Assada, a batata inglesa (R$ 17,00) pode trazer suculento molho de cogumelo. O rótulo de gelada mais em conta, e mais pedido, é da Bohemia (R$ 4,70, 300 mililitros). Entre as importadas, a checa Czechvar (R$ 23,90) é uma boa dica. Rua Candido Mendes, 98, loja C, Glória, ☎ 2224-2020, ? Glória (60 lugares). 12h/23h (sex. e sáb. até 1h; fecha dom.). Cc: M e V. Cd: todos. Couvert art.: R$ 8,00. Aberto em 2011.

MEKONG. Batizada em homenagem ao rio que corta a China e outros seis países do sul da Ásia, a casa assumiu de vez sua porção bar. Tendo por base a mistura de rum, saquê e ervas aromáticas, o thai smile (R$ 17,90) leva ainda romã e suco de limão-siciliano. No lichia spice (R$ 17,00), o adocicado da fruta combina com vodca e triple sec. Pode completar o programa o mix (R$ 24,50) de cinco petiscos, entre eles samosa de curry de cordeiro e bolinho de cebola, batata, farinha de grão-de-bico e especiarias. Empanado com coco e coentro, o camarão (R$ 24,00, oito unidades) é sugestão para quem aprecia o contraste de sabores. Rua General Urquiza, 188, loja A, Leblon, ☎ 2529-2124 (40 lugares). 12h/0h (seg. a partir de 18h; sex. até 1h; sáb. 13h/1h; dom. a partir de 13h). Cc: D, M e V. Cd: todos. www.mekong.com.br. Aberto em 2010.

PETISCO DA VILA. Um dos endereços mais emblemáticos do bairro de Noel Rosa, serve fartas porções de acepipes. Do cardápio, recorra ao provolone à milanesa (R$ 29,80 a porção) ou à fraldinha ao molho madeira com pão de alho (R$ 45,00). Bebe-se um gelado chope Brahma (R$ 5,20 a caldeireta). Avenida 28 de Setembro, 238, Vila Isabel, ☎ 2576-5652/6321 (450 lugares). 11h/4h. Cc: M e V. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 3,00 as primeiras três horas). ? ↔ www.petiscodavila.com.br. Aberto em 1969.

QUIOSQUE DO PORTUGUÊS. À primeira vista, é mais um pavilhão fincado próximo à areia, mas basta dar uma espiada no cardápio para notar suas vantagens em relação à concorrência. Pouco mais de vinte rótulos de vodca, alguns raros de encontrar, foram garimpados pelo proprietário, Carlos Alves. Na caipivodca, as misturas com uma marca nacional têm preço a partir de R$ 14,00. Pedida de verão, a versão de seriguela é imbatível. Para comer, escolha entre camarão empanado com catupiry (R$ 29,00, quinze unidades) e croquete de mussarela com alho (R$ 24,00, quinze unidades). Avenida Delfim Moreira, quiosque 5 (em frente à Rua José Linhares), Leblon, ☎ 8308-1373 (30 lugares). 8h30/20h (sex. e sáb. até 23h). ? ? ↔ Aberto em 2002.

REAL CHOPP. Quando deixou para trás o antigo nome de Real Sucos, o endereço assumiu sua verdadeira identidade. Afinal, a bebida mais vendida por ali tem colarinho. O chope da Brahma (R$ 4,30 a tulipa) pode ser apreciado no balcão ou em mesas de plástico, que se espalham pela calçada nesta movimentada esquina de Copacabana. Ao lado de farofa e molho à campanha, o churrasquinho é uma novidade no cardápio, agora ao lado de itens tradicionais como o bolo de carne (R$ 2,50 a unidade). Também vale a visita o pastel de lagosta (R$ 3,50). Atração dominical, o arroz de rabada (R$ 30,00) serve duas pessoas. Rua Barata Ribeiro, 319, Copacabana, ☎ 2547-6673, ? Siqueira Campos. 6h30/2h. Cc: todos. Cd: todos.

ROSHBIER. Reformada em julho de 2011, a Grão Fino Barfeteria reabriu com deque de madeira e novo nome. Na gorda lista de bebidas de trigo estão a Paulaner (R$ 22,00) e a Erdinger (R$ 16,28), ambas em garrafa de 500 mililitros. Atração para os cervejeiros, a chopeira com cinco torneiras serve os quatro tipos de Mistura Clássica (R$ 4,90 a R$ 6,90 a tulipa) e uma marca importada. Complete o programa com petiscos como miniquibe de lombinho aos molhos de limão e vinagre balsâmico (R$ 16,90, doze unidades) e lula à dorée acompanhada de molho levemente picante (R$ 30,00). Avenida das Américas, 500, bloco 22, loja 111 (Shopping Downtown), Barra, ☎ 3419-5597 (50 lugares). 12h/0h (seg. até 16h; sex. e sáb. até 1h; dom. a partir das 16h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 6,00 as duas primeiras horas). ↔ → Aberto em 2011.

SHELTER BAR. Sob luz azul, o balcão reproduz o piso do calçadão de Copacabana. Um dos sócios é dono do Bar da Foca, que fica em frente, onde são preparados os tira-gostos ali servidos. Duas dicas: linguiça calabresa acebolada (R$ 18,00 a porção) e batata assada com linguiça (R$ 30,00). Para beber, caipirinha de limão (R$ 6,00) ou uma das geladas importadas. Do Uruguai vem a Norteña (R$ 12,00, 960 mililitros). Também se encontram as nacionais Antarctica Original e Bohemia (R$ 6,00 a garrafa de 600 mililitros). Rua Farani, 18, Botafogo, ☎ 2551-0997 (50 lugares). 19h/1h. Cc: M e V. Cd: R e V. ↔ www.brothershostel.com.br. Aberto em 2009.

SI SEÑOR. Primeiro endereço carioca da cadeia paulistana, tem entre os sócios o empresário Frederico (irmão da atriz Carolina) Dieckmann. Cadeiras e sofás de estofado nas cores vinho e azul-turquesa contrastam com a madeira do piso e do balcão. Empanada, a pimenta jalapeño recheada de queijo cremoso, ao molho agridoce (R$ 21,00, oito unidades), é uma delícia para paladares chegados a sabores picantes. Outra pedida acertada na lista de petiscos é o mini-cheeseburger (R$ 29,00, cinco unidades) de carne grelhada no ponto certo. O chope Heineken custa R$ 6,40 (300 mililitros). Avenida General San Martin, 1011, Leblon, ☎ 2249-2161 (180 lugares). 17h/0h (sex. até 2h; sáb. 16h/2h; dom. a partir das 16h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 12,00). → ↔ www.sisenor.com.br. Aberto em 2011.

TIJUCANO. Na decoração e no cardápio são celebrados histórias e cenários do bairro. Pelo comprido balcão de madeira passam o chope Brahma, claro (R$ 5,00 a caldeireta), além de cervejas em garrafa de 600 mililitros das marcas Antarctica Original (R$ 8,50) e Bohemia (R$ 7,50). Pedidas atraentes se encontram na seção dos comes. São criações como o bolinho de berinjela (R$ 17,50) e o dado de tapioca com pedaços de calabresa (R$ 16,50), versão para um clássico do paulistano Mocotó, ambos em porções de seis unidades. O bolinho de batata-baroa tem recheio de filé-mignon (R$ 18,50, meia dúzia). Rua Conde de Bonfim, 616, loja A, Tijuca, ☎ 2572-8947 (150 lugares). 11h30/1h (seg. até 16h; sex. e sáb. até 3h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2011.

VENGA! Com pouco mais de trinta lugares, a matriz, na Rua Dias Ferreira, ficou pequena, e os proprietários abriram em Ipanema uma espaçosa filial. Fique de olho nas novidades do cardápio, como o polvo com tomate confit (R$ 6,90 a unidade). Na taça, chips de berinjela (R$ 17,00 a porção) são acompanhados de molho de mel temperado com canela. Na carta de cervejas há pedidas originais, a exemplo da espanhola Estrella Damm de trigo (R$ 13,90, 330 mililitros). Rua Dias Ferreira, 113, loja B, Leblon, ☎ 2512-9826 (34 lugares). 12h/1h (seg. a partir de 18h). Cc: todos. Cd: todos; Rua Garcia D?Ávila, 147, loja B, Ipanema, ☎ 2247-0234 (84 lugares). 12h/0h (qui. e sex. até 1h; sáb. 9h/1h; dom. 9h/0h). Cc: todos. Cd: todos. www.venga.com.br. Aberto em 2009.

Fonte: VEJA RIO