DIVERSÃO

Dez atrações para aproveitar o melhor do Forte de Copacabana

Para comemorar os 100 anos do Forte de Copacabana, listamos um roteiro com as suas principais atrações

Por: Luna Vale - Atualizado em

No próximo dia 28, um dos ícones da praia mais famosa do país completa 100 anos. Inaugurado como a mais poderosa fortificação do continente, o Forte de Copacabana tem uma ativa participação na história do Brasil. Em 1922, foi palco de episódio conhecido como Levante dos 18 do Forte, serviu de prisão para o presidente Washington Luís deposto na Revolução de 1930 e em 1964 recebeu reuniões que culminaram com o golpe militar.

Hoje, o Forte abriga um museu, exposições e um café com uma bela vista. Em comemoração ao centenário, listamos dez motivos para visitar o local.

Vista do alto do Forte de Copacabana
(Foto: Divulgação)

Apreciar a vista – com entrada gratuita, o Forte tem uma das mais belas vistas da Praia de Copacabana. É possível caminhar próximo a muralha até a ponta ou sentar em um dos vários banquinhos espalhados pelo caminho e apenas apreciar a paisagem.  

Visitar o Museu Histórico – A exposição permanente conta a história do Brasil com documentos e objetos ligados à história dos militares. O Salão Colônia/Império aborda fatos desde o descobrimento do Brasil, passando pela expansão territorial, pelo nascimento do exército brasileiro em 1648, pela proclamação da Independência até chegar ao acervo original de Marechal Deodoro da Fonseca, responsável pela proclamação da República.

Entrar no Salão República - Na seção do museu dedicada ao período iniciado em 1889, são retratados os confrontos que marcaram o século XX como a Guerra de Canudos e o Levante dos 18 do Forte. Estão expostos também acervos originais do Marechal Rondon, como mapas e a câmera fotográfica utilizada para registrar o contato com as nações indígenas. Durante a visitação, são projetadas imagens do contato realizado com os índios da Amazônia.

Tomar o chá da tarde no Café do Forte – Para aproveitar o pôr do sol com a vista incrível da Praia de Copacabana, a dica é conhecer essa filial da tradicional Confeitaria Colombo. No cardápio, opções de combinados ou salgados, sanduíches, waffles e os famosos doces a parte.

Entrar na Fortificação – Vale a pena visitar a construção em forma de casamata feita para abrigar os soldados durante um possível combate. Possui todas as instalações necessárias para que os militares pudessem permanecer lá por um bom tempo sem depender de ajuda externa, o que o torna um projeto único na América do Sul. A Fortificação possui dois canhões de 305 mm, que poderiam atingir alvos a 23 km de distância, dois canhões de 190 mm e duas torres de canhões de 75 mm.

Fortificação do Forte de Copacabana
(Foto: Divulgação)

Passear pela Cúpula dos Canhões - Na ponta do Forte, encravado na rocha, encontram-se os canhões alemães Krupp, instalados em cúpulas encouraçadas e giratórias. É possível andar pelo local e sentar para apreciar a vista da Praia do Diabo, que vai do Forte ao Arpoador. De cima não é possível perceber, mas as paredes externas voltadas ao mar possuem de 12 metros de espessura.

Conferir a programação cultural – De apresentações de chorinho a performances de dança, passando por sarau de literatura, o Forte conta com uma extensa agenda de eventos abertos ao público. Vale conferir no site a programação do mês e aproveitar as atividades.

Conhecer a réplica da Igrejinha – Antes da construção do Forte que começou em 1908, o local abrigava a Igreja de Nossa Senhora de Copacabana. Como parte das festividades, foi construída uma réplica da fachada da Igrejinha que será aberta à visitação nos dias 25, 26 e 27 de setembro, das 18h às 19h30. 

Aproveitar a exposição temporária – Até este domingo (28) está em cartaz uma exposição com os principais fatos que marcaram os 100 anos do Forte. Estão expostos armamentos, munições, porcelanas, pratarias, insígnias, uniformes históricos, bandeirolas, instrumentos musicais, e outros objetos do acervo.

+ 10 lugares para tomar café da manhã até mais tarde

Tomar café da manhã no 18 do Forte – Ao lado do filial da Colombo este café oferece ótimas opções para a primeira refeição do dia, além de ser bem mesmo concorrido que o vizinho famoso. São duas opções de menu, uma repleta de bolos e guloseimas da fazenda e outra mais natural com frutas e iogurte.

Primeira refeição do dia com a bela vista no Café 18 do Forte
(Foto: Divulgação)

Praça Coronel Eugênio Franco nº 1 - Posto 6 / Copacabana

Horário de funcionamento: Museu Histórico do Exército, Fortificação e Exposições: de terça a domingo e feriados, das 10h às 18h. Área externa, Cafés e Loja: de terça a domingo e feriados, das 10h às 20h

Entrada: Adultos - R$ 6,00 // Estudantes das redes pública e privada (com carteira de estudante ou boleto/declaração) - R$ 3,00 // Idosos acima de 60 anos - R$ 3,00 // Professores das redes municipal, estadual e federal (com carteira de professor) - R$ 3,00 // Militares das Forças Armadas e dependentes, maiores de 80 anos, grupos agendados e menores de 10 anos - Isento

Fonte: VEJA RIO