CONEXÃO RIO-PARIS

Fotografias do acervo do IMS são exibidas na França

Exposição atualmente em cartaz em Paris chega ao centro cultural carioca no primeiro semestre de 2016

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

José Medeiros
A Pedra da Gávea, o morro Dois Irmãos e as praias de Ipanema e do Leblon, Rio de Janeiro, 1952: foto de José Medeiros (Foto: Acervo José Medeiros/Instituto Moreira Salles)

Detentor de um dos mais expressivos acervos de fotografia do país, o Instituto Moreira Salles cedeu 112 imagens para a exposição Modernités. Photographie Brésilienne (1940-1964), em cartaz até o fim de julho na unidade da Fundação Calouste Gulbenkian em Paris. A mostra, uma coletânea de registros produzidos em meados do século passado por fotógrafos brasileiros ou radicados no país, é resultado de um projeto conjunto do próprio IMS com a fundação, sediada em Lisboa, e com Museu da Fotografia de Berlim – as duas instituições estrangeiras já receberam a coletiva e o centro carioca deve fazê-lo no primeiro semestre de 2016. Apenas quatro profissionais das câmeras estão no acervo exibido: José Medeiros (1921-1990), Thomaz Farkas (1924-2011), Marcel Gautherot (1910-1996) e Hans Gunter Flieg.

Confira algumas das imagens abaixo:

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Fonte: VEJA RIO