VISITAS TEATRALIZADAS

Figuras fictícias guiam passeios pelo CCBB

Visitas gratuitas conduzem o público por um passeio por todo o prédio do centro cultural

Por: Rafael Teixeira

Visita teatralizada no CCBB
Os atores que guiam a visita: um jornaleiro, uma atriz, um banqueiro e uma deusa (Foto: Divulgação)

Somando-se às já conhecidas visitas mediadas às exposições, começou na última segunda um novo tipo de passeio guiado pelo Centro Cultural Banco do Brasil. Tratam-se de visitas teatralizadas que percorrem todo o prédio. Nelas, o público faz uma viagem no tempo, sendo conduzido por personagens fictícios. Cada um deles fica a cargo de um conjunto de setores do edifício.

Mnemósine, a deusa da memória e mãe das nove musas das artes, faz uma visita à rotunda, com sua arquitetura neo-clássica, à biblioteca e ao segundo andar do prédio, narrando mitos gregos; o jovem jornaleiro Hermenegildo, partindo de manchetes de jornal reais e fictícias, apresenta um pouco da história do prédio passeando pelas salas de Obras Raras, de Referências e pela biblioteca do quinto andar; um banqueiro percorre as exposições permanentes, a Galeria de Valores e o Banco do Brasil, assim como sua história localizadas no quarto andar do imóvel, contando histórias sobre a criação da instituição, em 1808, por D. João VI, e finaliza apresentando as antigas salas da presidência e os diversos formatos do dinheiro nacional, de acordo com cada época e cada cultura; por fim, Maria, fantasma de uma atriz de uma companhia portuguesa nascida em fins do século XVIII, visita o teatro e os espaços que fazem referência a família real fundadora do primeiro Banco do Brasil.

As visitas, gratuitas, são realizadas de quarta a segunda, sempre às 14h. As senhas são distribuídas 30 minutos antes, na sala do CCBB Educativo.

 

 

Fonte: VEJA RIO