EXPOSIÇÕES

Artista múltiplo

Em individual na Galeria Laura Alvim, Cadu exibe pinturas, instalações e vídeos

Por: Carlos Henrique Braz - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Paulistano, 34 anos, Carlos Eduardo Felix da Costa ou, simplesmente, Cadu, desenvolveu sua trajetória artística no Rio. Obteve os títulos de graduação, mestrado e doutorado na Escola de Belas Artes da UFRJ e, atualmente, concilia a rotina no ateliê com as aulas que dá na PUC e na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Sua variada produção costuma ser focada em instalações, esculturas, vídeos e objetos constituídos de mecanismos que envolvem tecnologia. Embora raramente exponha pinturas, ele também se dedica à expressão através dos pincéis.

Fernando Cocchiarale, curador da individual Entardecer no Ano do Coelho, selecionou quatro telas de grandes formatos para exibir no salão central da Galeria Laura Alvim. "A intenção é causar impacto e surpresa, mostrar que Cadu também pinta", diz. Todas essas telas abstratas são integrantes da série Nantucket Island ? nome da ilha no estado americano de Massachusetts que inspirou Herman Melville a escrever Moby Dick. A paleta de cores alude aos tons do mar e das algas.

Nos espaços adjacentes estarão três instalações, dois vídeos e um objeto característicos da linguagem plural de Cadu. Uma das obras é Windcompass, conjunto formado por um filme de 12 segundos e três painéis com desenhos digitais sobre imagens registradas, de hora em hora, ao longo de um ano, por instrumentos de monitoração do vento no aeroporto de Heathrow, em Londres. Na capital inglesa, o artista cumpriu residência artística nos anos de 2001, 2007 e 2008.

Cadu. Galeria Laura Alvim. Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema, ☎ 2332-2017, ? General Osório. → Terça a domingo, 13h às 21h. Grátis. Até 2 de outubro. A partir de quinta (18).

Fonte: VEJA RIO