Decoração

Casa Cor exibe ambiente transportável feito com módulos metálicos

Em sua 24ª edição, a mostra tem como um dos destaques a confortável casa modular de Duda Porto instalada no terraço. O evento reúne ainda outros 44 ambientes.

Por: Carolina Barbosa

_MG_1321-1
Praticidade em alta: da sala de estar exposta no terraço pode ser transportada para qualquer lugar (Foto: MCA Estúdio/Divulgação)

A estrutura remete a uma brincadeira. Algo como um jogo de montar, com peças que podem ser justapostas de acordo com a criatividade do jogador. Só que, neste caso, o passatempo em questão não é voltado exatamente para o público infantil. Pelo contrário. Trata-se de um brinquedinho para gente grande. E feito para morar. Ambientada em uma área de 450 metros quadrados no terraço da Casa Cor, a casa erguida em módulos feitos com estrutura metálica, sem nenhum tijolo, muito menos cimento, é a maior surpresa desta edição da mostra. A moradia impressiona não só pelo estilo confortável e elegante, mas também pela praticidade. Construídos com no máximo 8 metros de comprimento e 3 de largura, os blocos podem ser transportados em cima de um caminhão para qualquer lugar. Do mar para a serra, é só o proprietário indicar o endereço onde eles devem ser instalados. “Todo mundo quer se livrar dos transtornos causados pelas obras. Por isso, pensei em um produto que o cliente recebesse pronto, como um móvel, já para habitar”, conta o arquiteto Duda Porto, que trouxe a ideia para o evento.

_MG_1331-1
A suíte da casa transportável: conforto e praticidade em 24 metros quadrados (Foto: MCA Estúdio/Divulgação)

Batizados de Grou, que não por acaso é o nome de uma ave migratória, os módulos revestidos com mármore e madeira de até 2,8 metros de altura foram içados ao terraço do prédio que sedia o evento por um guindaste de 30 metros. Ali estão quatro ambientes, incluindo uma suíte, um spa e uma área gourmet, que revelam a versatilidade dessa opção para os visitantes da mostra. Outro ponto positivo é a estrutura sustentável, com placas para captar a energia solar e um sistema de reaproveitamento de água da chuva. O moderno caixote, com preço estimado em 180 000 reais por módulo, ainda é todo automatizado. Por meio de um iPad ou de um celular, controlam-se, por exemplo, ar-condicionado, luzes e som. “Não se trata de um produto popular, mas de alto padrão, ideal para uma segunda moradia. É como comprar um barco”, explica Porto, que já vendeu a um cliente um modelo de 120 metros quadrados, com seis módulos, que será instalado em Araras, na serra fluminense.

Spa da casa modular de Duda Porto: chuveiro, sauna espreguiçadeira e abajur
Spa da casa modular de Duda Porto: chuveiro, sauna espreguiçadeira e abajur (Foto: MCA Estúdio/Divulgação)

Usado em construções mundo afora, o conceito de casa modular é só uma das tendências que estão em cartaz na 24ª edição da principal exposição de arquitetura e decoração da cidade, neste ano sediada na expansão do CasaShopping, na Barra. Ali, em dois pavimentos e num espaço de 4 500 metros quadrados, estão abertos ao público 45 ambientes, entre estúdios, lofts, apartamentos e áreas de convivência, a exemplo de academia, lavanderia e escritório (veja outros destaques no quadro abaixo). “Criamos um condomínio moderno, com espaços integrados, que poderia estar no Cais do Porto ou em qualquer lugar do mundo”, diz Patricia Mayer, sócia da 3Plus, organizadora do evento. Por sorte, este tem vista para a Pedra da Gávea e as lagoas da Barra. 

Confira outros ambientes: a mostra fica em cartaz até 7 de dezembro
Confira outros ambientes: a mostra fica em cartaz até 7 de dezembro (Foto: André Nazareth/Divulgação)

Casa Cor. CasaShopping. Avenida Ayrton Senna, 2150, Barra. 12h/22h (ter. a sáb. e feriados) e 12h/20h (dom.). R$ 40,00 (ter. a sex.), R$ 50,00 (sáb., dom. e feriados) e R$ 80,00 (passaporte para todos os dias). Estac.: R$ 6,00 por duas horas. Até 7 de dezembro.

Fonte: VEJA RIO