SUCESSO

O Macaco e a Boneca de Piche reestreia em Botafogo

Parte do repertório do grupo Centro Teatral e Etc e Tal, a montagem ganha temporada gratuita no Espaço Cultural Eletrobras Furnas

Por: Lais Botelho

O Macaco e a Boneca de Piche
Marcio Moura e Melissa Teles-Lôbo: alternância nos papéis da história (Foto: Ricardo Gabriel)

A longa e bem-sucedida trajetória da trupe carioca Centro Teatral e Etc e Tal desenvolve-se quase em silêncio. Mímica e humor são as bases de um repertório recheado de sucessos, a exemplo de O Macaco e a Boneca de Piche, espetáculo de 2002 que volta ao circuito em sessões gratuitas. No Espaço Cultural Eletrobras Furnas, Marcio Moura e Melissa Teles-Lôbo ocupam o palco sob a direção de Alvaro Assad — o trio forma a companhia desde a sua criação, em 1993. A trama é inspirada no conto popular O Macaco e a Velha. Em cena, os dois se alternam nos papéis de uma velhinha de 157 anos apaixonada por bananas e de um macaco comilão. Furiosa com as seguidas vezes em que o bicho surrupia suas frutas, a senhora centenária arquiteta um plano de vingança hilariante, terrível e quase perfeito. Na montagem, a dupla adota a técnica da pantomima literária: enquanto um dos atores narra a trama, o outro a encena diante da plateia. Direção de Alvaro Assad (60min). Rec. a partir de 5 anos. Reestreia prometida para sábado (6).

Espaço Cultural Eletrobras Furnas — Auditório (192 lugares). Rua Real Grandeza, 219, Botafogo, ☎ 2528-5166. Sábado e domingo, 18h. Grátis. Ingressos distribuídos a partir das 14h nos dias de espetáculo. Até dia 14.

Fonte: VEJA RIO