CRIANÇAS

Assunto Sério

A morte e outras perdas são temas de A Menina Esqueleto, atração no Teatro do Jockey

Por: Thayz Guimarães

eo Kaufman/divulgaçÃo
(Foto: Redação Veja rio)

Comandada por Monica Alvarenga, a Cia. Tricks­ter não costuma poupar seu público com amenidades. Em 2008, encenou Vassalissa, A Verdadeira História da Cinderela, versão amarga da fábula da gata borralheira. Três anos depois, ganhou o palco Triangulinha, espetáculo sobre a intolerância com texto e direção da líder da trupe. Monica, agora, inspirou-se no folclore esquimó. A Menina Esqueleto tem início trágico: uma jovem é arremessada de um penhasco, por seu próprio pai, sobre as águas gélidas do Ártico. Tempos depois, um rapaz a retira do mar e a traz de volta à vida com seu amor. Atriz e bailarina da Cia. Staccato, Natasha Mesquita encarna a personagem do título movimentando um boneco articulado ligado ao seu corpo. Completam o elenco, que troca os diálogos por dança, teatro de sombras e música ao vivo, Gilvan Gomes, ator, acrobata e clown, e a compositora Lucina, da dupla Luli e Lucina, conhecida nos anos 70 (45min). Rec. a partir de 4 anos. Estreia prevista para este sábado (19).

Centro de Referência Cultura Infância - Teatro do Jockey (120 lugares). Avenida Bartolomeu Mitre, 1110, Gávea, ☎ 3114-1286. Sábado e domingo, 16h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 14h (sáb. e dom.). Até 7 de setembro.

Fonte: VEJA RIO