Desapego

Sites e brechós para vender roupas e acessórios usados

Listamos opções para você se desfazer de alguns pertences e juntar uma grana extra 

Por: Luna Vale - Atualizado em

No fim do ano, duas preocupações costumam aparecer: a falta de grana e a falta de espaço no armário, na maioria das vezes lotado com inúmeras coisas que a gente não usa mais. É nessa época também que muita gente é tomada pelo espírito de renovação e resolve fazer uma limpa para se livrar das tranqueiras. Unindo o útil ao agradável, sites e brechós te ajudam a se livrar do que está sobrando e ainda fazer uma graninha extra.

Para quem pretende vender online, listamos algumas dicas para que o seu anúncio chame mais atenção e agrade aos compradores:

1.    Coloque o maior número de fotos possível, sempre com fundo neutro. Pode ser uma opção em cima da cama e outra com você vestindo para que as pessoas tenham ideia de como fica no corpo.

2.    Detalhe o máximo possível. Lembre-se de que a pessoa não tem como tocar, então descreva o material e avise se tiver algum pequeno defeito. Ninguém gosta de se sentir enganada.

3.    Os tamanhos são relativos e varia dependendo da loja. Vale colocar a medida de comprimento e largura em centímetros, para que o comprador possa saber se vai caber ou não.

Sites

O mais conhecido site para vender roupas e acessórios, com 100 mil vendedores e mais de 1,5 milhão de produtos entre roupas e acessórios para todas as idades. Para vender, é necessário fazer um cadastro completo com dados pessoais e endereço. É possível fazer upload de até oito fotos do produto e em seguida é preciso escolher em qual categoria se encaixa (moça, rapazes, calçado, vestido, etc). Para receber o dinheiro, você precisa ter um cadastro no Moip, que serve de intermediário para que você consiga transferir a grana direto para sua conta pessoal. A transação só é feita após o comprador indicar que recebeu o produto em perfeito estado.

Comissão: 20% do valor do produto + R$2,15 de taxa de anúncio

Enjoei
Enjoei (Foto: Reprodução internet)

Especializado em produtos novos ou pouco usados para bebês, crianças e mamães. A filosofia é de produtos em ótimas condições com descontos atraentes e os anúncios mais atraentes seguindo essas condições ganham mais destaque no site. O anúncio é gratuito e o comprador pode pagar por cartão de crédito, boleto bancário ou transferência bancária, tudo gerenciado pelo Moip. A entrega do produto é de responsabilidade de quem vende, podendo enviar via sedex ou dar a opção de retirada em algum local combinado.

Comissão: 20% do valor do produto

Ficou Pequeno
Ficou Pequeno (Foto: Reprodução internet)

Mais focado em roupas e sapatos para ambos o sexos e infantil. Existem duas formas de vender. A primeira, mais convencional, o produto é anunciado sem custo e o site cobra uma comissão mais taxa em cima do que for vendido, com pagamento pelo Moip. Outra opção é o pacote que custa R$50 com 10 direito a anunciar 10 peças. O conteúdo é anunciado no site e nas redes sociais e, quando vendido, o comprador recebe o valor integral da mercadoria

Comissão: 15% + R$2 de taxa por produto ou R$50 por 10 anúncios

Café Brechó
Café Brechó (Foto: Reprodução internet)

O bechó online pega peças em consignação no Rio de Janeiro e vende em uma loja virtual com entregas em todo o Brasil. Os interessados em vender devem entrar em contato pelo e-mail querovender@shopbreshop.com.br e marcar uma visita com uma das sócias. É importante que as peças estejam limpas e em bom estado. 

Comissão: 50% do valor do produto.

Breshop
Breshop (Foto: Reprodução)

Brechó físico

  • Garimpo Carioca

Aceita qualquer tipo de peça estilo verão, não necessariamente de marca. É importante estar limpa e em perfeito estado. Os interessados devem agendar uma visita na qual a loja avalia o preço dos produtos e estabelece um valor em contrato. Independentemente do preço pelo qual a mercadoria for vendida, o vendedor receberá o valor combinado.

Rua das Laranjeiras, 21, loja 14, tel. 2556-0080.

  • Brechó Só Traças

Aceita todo tipo de peças entre acessórios, objetos, quadros e roupas, estas as mais atuais possíveis. O esquema é de consignação por três meses e o preço é estabelecido na hora do acordo.

Comissão: 50% do valor

Rua Capitão Salomão, 61, Botafogo, 2539-8938.

  • Petit Lilly

Oferece peças de grife, novas ou seminovas. Quem quiser vender deve levar as peças para avaliação na loja, eles estipulam o preço e avisam o vendedor. O esquema é de consignação por dois meses e a comissão varia dependendo da marca do produto.

Comissão: Marcas nacionais 60%, marcas internacionais como Dior, Cartier, Gucci, entre outras, 50%.

Rua Visconde de Pirajá, 550, loja 319, Ipanema, tel. 2239-3707.

  • Anexo Vintage

Focado em produtos de marca, está aceitando apenas mercadorias para o verão: vestido, blusa de verão, sapatilha, bolsa, cinto e carteira de dinheiro em esquema de consignação. O valor é definido pela loja.

Comissão: 50% do valor

Rua Marquês de São Vicente, 52, box 170 (fundos do Shopping da Gávea), Gávea, tel.: 2529-8253.

Fonte: VEJA RIO