COMIDINHAS

Doces esculturas

Pupilo dos mestres Pierre Hermé e Oriol Balaguer e ex-chef pâtissier da marca francesa Valrhona, Javier Guillen assina a coleção de Páscoa da rede Cacau Noir

Por: Fabio Codeço

Henrique Peron / divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Antes de vir morar no Rio, o espanhol Javier Guillen construiu um belo currículo como chef pâtissier. Já trabalhou com dois dos maiores confeiteiros do mundo - o catalão Oriol Balaguer, inventivo chocolatier que deu expediente por sete anos ao lado de Ferran Adrià, e o francês Pierre Hermé, fundador da afamada rede batizada com seu nome. Além disso, integrou o time de profissionais da Valrhona, gigante francês do mercado de chocolates. Sorte nossa: Guillen foi incumbido de criar, para a rede Cacau Noir, uma linha de ovos de Páscoa de encher os olhos. Entre seus lançamentos há doces esculturas, a exemplo do ovo pão de açúcar (R$ 150,00, 380 gramas). De visual inspirado no conhecido cartão-postal carioca, a receita leva chocolates meio amargo e branco. Outras sugestões do chef são o mouse (R$ 55,00, 100 gramas), de chocolate ao leite, no formato de um camundongo, e o fatiado (R$ 135,00, 350 gramas), que lembra um projeto de arquitetura moderna, elaborado com chocolates amargo e branco. Entre as pedidas mais em conta assinadas por Guillen figuram as barrinhas de chocolate meio amargo recheadas de pistache ou framboesa (R$ 12,80 cada uma). Avenida das Américas, 3900, loja 251 (VillageMall), ☎ 3252-2565/2564 (30 lugares). 11h/23h (dom. 13h/21h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 10,00 por duas horas); Avenida Ataulfo de Paiva, 270, 1º piso (Rio Design Leblon), Leblon, ☎ 2529-6977. 10h/22h (dom. 15h/21h). Cc: todos. Cd: todos. Estac. (R$ 15,50 por uma hora). Mais dois endereços. www.cacaunoir.com.br. Aberto em 2005.

Fonte: VEJA RIO