DE BRAÇOS ABERTOS

Fora do circuito

Sete cinemas alternativos no Rio que merecem uma visita

Por: - Atualizado em

O Cine Odeon foi um dos últimos grandes cinemas construídos na Cinelândia, centro do Rio, em 1932. Além de ser a casa oficial do Festival do Rio, recebe eventos como Anima Mundi e Curta-Cinema. O local está em obras e ficará fechado por alguns meses - até onde se sabe. Mas o roteiro de cinemas alternativos da cidade possui outras opções, nas quais os amantes de filmes argentinos, sul coreanos, iranianos e franceses (fora do grande circuito) podem se sentir em casa. Confira um miniguia de sete cinemas alternativos cariocas que valem uma visita.

Divulgação / RioTur
(Foto: Redação Veja rio)

Cine Joia

A simpática sala de cinema de rua fica em Copacabana e tem capacidade para 87 pessoas. É ideal para quem gosta de bons filmes nacionais e internacionais, independentes e alternativos ao cinema tradicional. O Cine Joia não abre às segundas-feiras.

Endereço: Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 680, Copacabana

Cine Santa Teresa

O único cinema da charmosa Santa Teresa que funciona todos os dias da semana desde 2003. Aparece como opção cultural, social e educacional, disponibilizando seu espaço e programação para escolas e instituições que atuam no bairro.

Endereço: Rua Pascoal Carlos Magno, 136, Largo dos Guimarães

Cinemateca do MAM

Fundado na década de 1950, a Cinemateca do Museu de Arte Moderna é referência na área de pesquisa audivisual. Sua sala de projeção passa por toda a história do cinema, exibindo desde os filmes mudos até os com tecnologia 3D. A programação é definida mensalmente e está disponível na página http://mamrio.org.br/cinemateca. O MAM fecha às segundas-feiras.

Endereço: Av Infante Dom Henrique ,85, Parque do Flamengo

CCBB

O Centro Cultural do Banco do Brasil se firmou como um dos mais importantes exibidores de mostras de cinema no Rio. O centro utiliza o Cinepasse, que dá direito a todos os filmes em cartaz. Mesmo com o ingresso, é necessário retirar uma senha, que é distribuída uma hora antes de cada sessão. O CCBB fecha às terças-feiras.

Endereço: Rua Primeiro de Março, 66, Centro

Ponto Cine

Esse cinema se diferencia dos outros por passar apenas filmes nacionais em sua programação regular, exceto durante o período de exibição de festivais. A sala recebeu o Selo Carbon Free, certificado de compensação de carbono, e atua em diversos projetos sociais. Algumas sessões são gratuitas, seguidas de debate com atores e diretores. O local não abre às segundas-feiras.

Endereço: Estrada do Camboatá, 2300, Guadalupe

Cine Carioca Nova Brasília

Inaugurada em 2011, é a primeira sala de cinema construída em uma comunidade. O espaço localizado no Complexo do Alemão é gerido pela RioFilme e tem na programação estreias nacionais e internacionais.

Endereço: Rua Nova Brasília, s/ nº - Praça Nossa Senhora de Fátima, Bonsucesso, Rio de Janeiro

Cinemaison

Toda segunda-feira, o espaço exibe quatro sessões de filmes franceses, todos com legendas em português. Para ter acesso à programação, é preciso fazer uma carteirinha de membro, com valor simbólico de R$12 por mês, que dá direito a todos os filmes. Algumas sessões são seguidas de debate com convidados especiais.

Endereço: Avenida Presidente Antônio Carlos, 58, Centro

Fonte: VEJA RIO