CINEMA

Pioneiro do cinema novo

A Caixa Cultural abriga mostra com 22 títulos do diretor carioca Paulo César Saraceni

Por: Caio Werneck - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Pioneiro do cinema novo, o carioca Paulo César Saraceni (1933-2012) faria 80 anos em 2013. A data redonda inspira a mostra O Cinema de Paulo César Saraceni, tributo com 22 títulos na programação que ocupa a Caixa Cultural de quarta (6) ao dia 17. Na seleção, O Gerente, que o diretor finalizou pouco antes de falecer, ganha lançamento oficial na quarta (6), às 19h, com entrada franca. Baseado na obra de Carlos Drummond de Andrade, o longa traz, no elenco, Ney Latorraca, o protagonista, ao lado de Othon Bastos, Joana Fomm, Nelson Xavier, Roberto Bonfim e Letícia Spiller. A Casa Assassinada (1971), atração de sexta (8), às 17h, é inspirado no clássico livro homônimo de Lúcio Cardoso. O Desafio (1964), que também ganha sessão na quarta (6), às 17h, guarda uma história curiosa: reza a lenda que, durante as filmagens, Saraceni cunhou a famosa frase definidora do movimento seguido por Glauber Rocha e Cacá Diegues, entre outros: ?Uma câmera na mão e uma ideia na cabeça?. Documentário festivo, Banda de Ipanema - Folia de Albino passa no domingo (10), às 15h.

Caixa Cultural (78 lugares). Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 3980-3875, ? Carioca. R$ 2,00. Bilheteria: 10h/20h (ter. a dom.).

Confira a programação completa em abr.ai/mostra-saraceni

Fonte: VEJA RIO