CINEMA

Em nome da honra

Ator consagrado, Daniel Auteuil estreia como diretor no agradável romance A Filha do Pai

Por: Miguel Barbieri Jr. - Atualizado em

AVALIAÇÃO ✪✪✪

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Um dos grandes atores do cinema francês, Daniel Auteuil (Caché, O Closet, O Oitavo Dia, entre outros) mostra-se confiante em seu longa-metragem de estreia como diretor. O astro também protagoniza A Filha do Pai, sua própria adaptação do livro La Fille du Puisatier, de Marcel Pagnol (1895-1974), contando com excelente elenco de apoio, incluindo os experientes Jean-Pierre Darrousin (As Neves do Kilimanjaro) e Sabine Azéma (Ervas Daninhas).

Na trama ambientada no fim da década de 30, a jovem do interior Patricia (Astrid Bergès-Frisbey) se apaixona pelo aviador Jacques (Nicolas Duvauchelle). Quando ele é obrigado a partir para servir na II Guerra, a moça descobre que está grávida. Seu pai, Pascal (Auteuil), um honesto e humilde cavador de poços, trata de salvar a honra da filha, mas a endinheirada família de Jacques o recebe friamente. Como realizador, Auteuil promove reviravoltas adocicadas nos diálogos intensos sem jamais perder de vista a essência do texto original ? um agradável novelão romântico à moda antiga, destinado a contentar plateias variadas. Curiosidade: Pagnol, o autor, já foi testado e aprovado em adaptações para o cinema como Jean de Florette ? A Vingança de Manon, além dos biográficos A Glória do Meu Pai e O Castelo de Minha Mãe.

A Filha do Pai, de Daniel Auteuil (La Fille du Puisatier, França, 2011, 107min). 14 anos. Estreou em 21/12/2012. Cine Santa Teresa, Espaço Itaú de Cinema 3, Estação Sesc Barra Point 2.

Fonte: VEJA RIO