CINEMA

Selvagens na sala de estar

O diretor Roman Polanski adapta a peça Deus da Carnificina com uma dose extra de acidez

Por: Miguel Barbieri Jr. - Atualizado em

AVALIAÇÃO ✪✪✪

roteiro-cinema-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

O cineasta franco-polonês Roman Polanski estava confinado em seu chalé suíço quando começou a desenvolver a comédia Deus da Carnificina. Era início de 2010. Enquanto os jornais relembravam o motivo escandaloso da prisão domiciliar ? o abuso sexual cometido em 1977 contra uma adolescente de 13 anos ?, ele se afeiçoava mais e mais à peça teatral da francesa Yasmina Reza, sucesso encenado na cidade até o mês passado. A identificação fazia sentido: compacto, o texto original isolava personagens e público entre as paredes de um apartamento.

Proibido de entrar nos Estados Unidos, o autor de O Pianista usou efeitos visuais e um estúdio parisiense para ambientar a história em Nova York. Selecionado para a competição do Festival de Veneza de 2011, o longa-metragem não trai em nada o espírito da dramaturgia e, com um elenco afiado, perfila as obsessões (e as ironias irresistíveis) do realizador de dramas igualmente asfixiantes, como Faca na Água, O Bebê de Rosemary e A Morte e a Donzela. Desta vez, porém, ele dá preferência a um humor cáustico e nervoso.

Uma breve cena externa abre e fecha a trama. Dois meninos brigam, e um deles leva uma surra. A partir daí, o roteiro concentra-se na guerra entre dois casais de classe média alta. A fim de selar um acordo de paz, Michael e Penelope Longstreet (papéis de John C. Reilly e Jodie Foster), pais da vítima, recebem em sua casa Nancy e Alan Cowan (Kate Winslet e Christoph Waltz), cujo rebento iniciou a crise. Ao implodir a polidez de tipos supostamente tão sensatos, o diretor dispara uma provocação contra a hipocrisia dos politicamente corretos. Os selvagens, aqui, ocupam a sala de estar.

Deus da Carnificina, de Roman Polanski (Carnage, França/Alemanha/Polônia/Espanha, 2011, 80min). 12 anos. Estreou em 7/6/2012. Cinemark Downtown 11, Estação Sesc Barra Point 1, Estação Sesc Botafogo 1, Estação Sesc Ipanema 1, Estação Sesc Rio 3, Estação Vivo Gávea 2, Kinoplex Fashion Mall 3, São Luiz 1, UCI New York City Center 9.

Fonte: VEJA RIO