CINEMA

Capitão Phillips

Tom Hanks vive o comandante americano incumbido de levar um navio de contêineres do Porto de Omã ao Quênia

Por: Miguel Barbieri Jr. - Atualizado em

AVALIAÇÃO ✪✪✪✪

divulgaçÃo
(Foto: Redação Veja rio)

Em abril de 2009, o comandante americano Richard Phillips (Tom Hanks) é incumbido de levar um navio de contêineres do Porto de Omã ao Quênia. Ele lidera a tripulação com ordens rígidas e fica apreensivo quando percebe que piratas estão vindo em direção ao cargueiro. Embora seus homens sejam ágeis, quatro criminosos somalis conseguem invadir a embarcação e, armados, fazem Phillips e seus subordinados reféns. Se em seus quinze minutos iniciais o roteiro explora um ameno clima de suspense, o restante da história será capaz de fazer a plateia suar na poltrona. Nas mãos de um quarteto sem nada a perder, o protagonista tenta driblar a experiência do líder, Muse (Barkhad Abdi), para ganhar tempo e proteger seus tripulantes. Um dos mais certeiros diretores da atualidade, o inglês Paul Greengrass (de Voo United 93 e O Ultimato Bourne) tem pleno domínio técnico em seu sufocante registro de uma história real encenada com ares documentais. A tensão só aumenta conforme a trama avança. Na derradeira cena, Tom Hanks demonstra por que merece receber sua sexta indicação ao Oscar.

Direção: Paul Greengrass (Captain Phillips, EUA, 2013, 134min). 14 anos. Estreou em 8/11/2013.

A primeira vez: de uma magreza impressionante, Barkhad Abdi, somali naturalizado americano, estreia como ator com uma grande interpretação

Fonte: VEJA RIO