berlim nos cinemas

Caixa Cultural apresenta mostra de cinema alemão

Com entrada franca, festival Achtung! exibe 13 longas a partir desta terça (12) 

Por: Redação Veja Rio - Atualizado em

corra se puder
Corra Se Puder (2009/10) (Foto: Divulgação)

Um dos principais centros culturais da cidade, a Caixa Cultural apresenta a mostra Achtung! Filmes de Berlim a partir desta terça (12). Ao todo serão exibidos 13 filmes e dois documentários inéditos no Brasil tendo a capital alemã como cenário. Fruto do efervescente polo Berlim-Brandemburgo, os enredos abordam o contexto urbano, como B-Movie, documentário sobre música e cultura underground na Berlim dos anos 1980 dos diretores Jörg A. Hoppe, Klaus Maeck e Heiko Lange. Outros destaques do festival são os longas Oh boy (2012), de Jan Ole Gerster, Acima do Peso (2011), de Axel Ranisch, e Corra se Puder (2009/10), de Dietrich Brüggemann, diretor do premiado 14 Estações de Maria, lançado recentemente no Brasil. Neste sábado (16) o público poderá conferir também a palestra Condições de produção na região de Berlim-Brandemburgo, com o cineasta Sebastian Brose, às 17h. A curadoria da mostra, que ficará em cartaz até domingo (24), é de Hajo Schäfer e Sebastian Brose.

A Caixa Cultural fica na Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, próxima à estação Carioca do metrô. A mostra ficará em cartaz entre os dias 12 e 14 de maio, com entrada franca.

Confira a programação (Cinema 2):

Terça, 12/5

15h - Jack (2014), de Edward Berger

17h - A gatinha esquisita (2013), de Ramon Zürcher

19h - Oh Boy (2012), de Jan Ole Gerster

Quarta, 13/5

15h - Bar 25 - dias fora do tempo (2012), de Britta Mischer e Nana Yuriko

17h - Capitão Oskar (2012), de Tom Lass

19h - Corra se puder (2009/10), de Dietrich Brüggemann

Quinta, 14/5

15h - Oh Boy (2012), de Jan Ole Gerster

17h - Love Steaks (2013), de Jakob Lass

19h - Acima do peso (2011), de Axel Ranisch

jack
Jack (2014) (Foto: Divulgação)

Sexta, 15/5

15h - Febre de família (2014),  de Nico Sommer

17h - Little Thirteen (2013), de Christian Klandt

19h - B-Movie (2015), de Jörg A. Hoppe, Klaus Maeck e Heiko Lange

Sábado, 16/5

14h30 - Jack (2014), de Edward Berger

17h - Palestra I - Condições de Produção na região de Berlim-Brandemburgo, (com o curador Sebastian Brose).

19h  - This ain’t California (2011/12)

Domingo, 17/5

14h30 - A invisível (2011), de Christian Schwochow

17h - Capitão Oskar (2012), de Tom Lass

19h -  Telegrama de Berlim (2012), de Leila Albayaty

Terça, 19/5

14h30 - Corra se puder (2009/10), de Dietrich Brüggemann

17h - À toa (2014), de Stephan Geene

19h - Love Steaks (2013), de Jakob Lass 

Quarta, 20/5

15h - Telegrama de Berlim (2012), de Leila Albayaty

17h - Bar 25 - dias fora do tempo (2012), de Britta Mischer e Nana Yuriko

19h - Little Thirteen (2013), de Christian Klandt

Quinta, 21/5

15h - À toa (2014), de Stephan Geene

17h - This ain’t California (2011/12), de Marten Persiel

19h - Oh Boy (2012), de Jan Ole Gerster

achtung
(Foto: Divulgação)

Sexta, 22/5

14h30 - Love Steaks (2013), de Jakob Lass

16h30 - Jack (2014), de Edward Berger

19h - A invisível (2011), de Christian Schwochow

Sábado, 23/5

14h30 - Corra se puder (2009/10), de Dietrich Brüggemann

17h - Palestra II - Cidade, espaço e identidade no filme de Berlim pós 1989 (com o curador Hajo Schäfer)

19h - A gatinha esquisita (2013), de Ramon Zürcher

Domingo, 24/5

15h - Acima do peso (2011), de Axel Ranisch

17h - B-Movie (2015), de Jörg A. Hoppe, Klaus Maeck e Heiko Lange

19h - Febre de família (2014), de Nico Sommer

 

Fonte: VEJA RIO