DIVERSÃO

Tenda do Cirque du Soleil já está armada

A trupe canadense chega à cidade com o espetáculo Varekai, em cartaz até o dia 8 de janeiro na Marina da Glória. É a quarta vez do Cirque du Soleil no Rio

Por: Louise Peres - Atualizado em

cirque1.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

A Grande Tenda do Cirque du Soleil, que inicia temporada carioca no dia 8 de dezembro, foi erguida nesta tarde na Marina da Glória. Sessenta operários participaram da operação, que pôs de pé a estrutura que abrigará as apresentações de Varekai, novo espetáculo da companhia a aportar no Rio. A tenda, com capacidade para 2 500 pessoas, tem 17 metros de altura e 50 metros de diâmetro. O processo de montagem envolve 300 pessoas, entre elas profissionais recrutados aqui.

O cenário não poderia ser mais especial. O aparato da trupe canadense ocupa uma área de 2000 metros quadrados da Marina, à beira da Baía de Guanabara, tendo ao fundo o Pão de Açúcar. "É, sem dúvida, um dos lugares mais bonitos onde já nos fixamos", admite o inglês Robert Mackenzie , diretor da turnê Varekai. Das quatro vezes em que esteve no Brasil, esta é a segunda em que o Cirque du Soleil se instala na Marina da Glória. "É um lugar excepcional, e esperamos que o Eike Batista mantenha este espaço livre para que possamos sempre nos apresentar aqui", diz Mackenzie, referindo-se às intervenções que o bilionário deve fazer na Marina para os jogos olímpicos de 2016. Em 2009, Batista comprou a concessão do porto.

cirque5.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

O Cirque du Soleil desembarcou no Brasil em setembro, sendo o Rio a segunda cidade a receber a turnê Varekai. O espetáculo, que reúne teatro, dança, música, acrobacias e performances eletrizantes, estreou em 2002, sendo o mais atual da companhia a ser exibido por aqui - o anterior, Quidam, que esteve em cartaz no início de 2010, foi lançado em 1996.

Varekai já viajou por 63 cidades, e foi assistido por 8 milhões de pessoas em todo o mundo. O espetáculo conta a história de um lugar extraordinário, onde tudo é possível. Varekai significa ?onde quer que seja? na linguagem cigana. Criado e dirigido por Dominic Champagne, a produção presta homenagem à alma nômade, ao espírito e arte da tradição circense. Em suas viagens pelo mundo, a turnê desloca consigo 63 caminhões de equipamentos, totalizando 5,5 toneladas de material. Dos 127 componentes, 57 são artistas do show. Além da tenda e dos cenários do espetáculo, a companhia também dispõe de seus próprios geradores, além de eletricistas, bombeiros e até cozinheiros próprios.

A turnê estreia no dia 8 de dezembro e já está com boa parte dos ingressos esgotados. A trupe fica no Rio até 8 de janeiro. Ainda há convites disponíveis! Vai perder?

Cirque du Soleil - Varekai. Marina da Glória, Glória. Classificação: 12 anos.

Clique aqui para comprar ingressos

Fonte: VEJA RIO