CARNAVAL

União da Ilha

Conheça o samba-enredo 2012 da escola, "De Londres ao Rio: Era uma vez... Uma Ilha..."

- Atualizado em

uniao-da-ilha.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Dizem que a União da Ilha está para o Carnaval assim como o América para o futebol: é uma escola simpática, a segunda no coração de muita gente. Tem ótimos sambas no currículo, e neste ano não foge à regra. Na Sapucaí, fará uma homenagem a Londres, juntando num mesmo saco os Jogos Olímpicos de lá (em julho próximo) e os de cá, em 2016. Misturando ?chá com cachaça?, como diz o refrão, terá alas sobre esportes e alegorias com símbolos ingleses, como um carro com a língua dos Stones.

A escola

Nome completo União da Ilha do Governador

Ano de fundação 1953

Símbolos Uma águia e um cavalo-marinho

Bases Cacuia e Cocotá, na Ilha do Governador

Cores Azul, vermelho e branco

Algumas figuras ilustres Aroldo Melodia, Didi, Maurício Gazelle e Tia Noêmia

Versos que marcaram ?A minha alegria atravessou o mar e ancorou na passarela / fez um desembarque fascinante / no maior show da Terra?

Títulos no grupo principal Nenhum

Ano passado Desfilou como hors-concours, por causa do incêndio em seu barracão

Atual presidente Ney Filardi

O desfile

Enredo De Londres ao Rio, Era uma Vez uma Ilha

Carnavalesco Alex de Souza

Mestre de bateria Riquinho

Rainha da bateria Bruna Bruno

Autores do samba Alberto Varjão, Allan das Candongas, Aloísio Vilar, Cadinho, Carlinhos Fuzil, Eduardo Conti, Fabiano, Márcio André Filho, Marquinhus do Banjo e Roger Linhares

Intérprete Ito Melodia

Coreógrafo da comissão Sérgio Lobato

Mestre-sala Ronaldinho

Porta-bandeira Verônica Lima

Uma ala bacana As baianas, representando as colônias inglesas na Ásia

Uma alegoria legal O carro de Alice (a do País das Maravilhas), com xícaras de chá

Famosos convidados Letícia Spiller, Eriberto Leão, Deborah Secco

Concentração Nos Correios

Entrada na avenida Segunda-feira, entre 22h05 e 22h22

O samba

Uma história vou contar

Tem lendas, mitos e magias

Era uma ilha onde um povo valente vivia

Que um grande império conquistou

Virou cidade das realezas

O Reino Unido e seus heróis

"Peguem as armas", diz a voz

De um Santo Guerreiro

Os bravos vão lutar, cruzar fronteiras

Com sua fé estampada na bandeira

Vou botar molho inglês na feijoada

Misturar chá com cachaça

Ser ou não ser, eis a questão

Tem choro e riso nesse palco de ilusão

Vão dominar o mar e grandes tesouros

Guiados pelos olhos da Ciência

Lindos contos vão brotar ...

A luz do cinema é a arte a brilhar

Olha bicho, paz e amor suingou

Batuquei meu samba com rock'n roll

Na minha terra tem o Reino da Folia

Futebol que contagia... É gol!!!

É a vitória um momento divinal

Acesa a chama pela paz universal

A minha Ilha é ouro e prata

Tem o bronze da mulata

Canta meu Rio em verso e prosa

Com a Cidade ainda mais Maravilhosa

Fonte: VEJA RIO