CIDADE

Beleza em conta

Descubra onde cuidar dos cabelos, fazer as unhas, delinear as sobrancelhas, entre outros serviços estéticos, pagando muito pouco ou até mesmo nada

Por: Daniela Pessoa - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Imagine pagar apenas um real pelo corte de cabelo, quinze pela coloração com os melhores produtos do mercado, cinco pela manicure, sete para delinear as sobrancelhas e dez reais por uma maquiagem divina. Estes preços são impensáveis em uma cidade custosa como o Rio, mas pechinchas da beleza, como essas, existem de verdade. E mais: os serviços podem até sair de graça. VEJA Rio dá o mapa da mina e revela quais são os grandes centros em que, para cuidar do look com alguns dos melhores profissionais da cidade, não é preciso gastar (quase) nada.

Quem vê até pensa que eles são salões de beleza como outro qualquer, mas, aos poucos, as pistas começam a indicar que não. Os preços são a primeira delas. Há ainda outros indícios, como cabeleireiros passando para lá e para cá segurando cabeças de boneca, apostilas e catálogos de cortes. Eles são alunos de salões-escola. Grandes marcas como L?Oréal e Embelleze têm institutos de formação onde cabeleireiros, manicures e depiladoras aprendem, treinam e aperfeiçoam seus ofícios na prática, sempre sob orientação e supervisão de instrutores habilitados, o que garante a qualidade dos serviços. E tem mais: antes de chegar à prática, os alunos passam por aulas teóricas com provas e tudo mais.

A carga horária do curso para cabeleireiros no Instituto L?Oréal (IP), por exemplo, é de quase 300 horas. Primeiro, eles aprendem a analisar cada tipo de cabelo, entender a estrutura dos fios, e propor soluções aos clientes. Em seguida, treinam cortes e tratamentos em bonecas, para só depois passarem às cabeças de verdade. ?As manicures treinam nelas mesmas. Depois do aval dos instrutores, começam a fazer outras mãos?, explica Sheila Duarte, coordenadora do IP, onde há 400 clientes cadastradas. Salões de beleza tradicionais, como Werner Coiffeur e o Instituto Beleza Natural, especializado em cabelos crespos e ondulados, também têm centros de treinamento onde são ofertados ao público serviços como corte, tintura, hidratação, depilação e manicure a preço de banana ? ou de graça.

Divulgação / Werner Academia
(Foto: Redação Veja rio)

Confira aqui os preços dos principais serviços nos salões-escola

Na Academia Werner, onde é atendida uma média de 30 clientes por dia, os tratamentos chegam a custar até 30% menos do que na rede oficial. A cada seis meses, quando chega coleção nova de cortes e cores de cabelo, o site da academia anuncia o recrutamento de voluntárias para transformações de graça. ?Nesse caso, os alunos precisam treinar looks específicos, então procuramos pessoas dispostas a mudar o visual de acordo com as nossas necessidades?, explica Lilian Nunes, coordenadora da Academia Werner.

A consultora Sandra Braconnot, que há seis anos frequenta exclusivamente o salão-escola do Werner Coiffeur, aprovou a mudança radical de visual pela qual passou na casa. O aluno sugeriu corte chanel de tom avermelhado, o instrutor aprovou, e Sandra topou, sem medo, dar adeus aos fios longos e escuros. ?A equipe de professores fica sempre em cima dos aprendizes, então é impossível sair dali careca. Sem falar que os alunos têm um desejo incrível de acertar. Eles fazem tudo com cuidado redobrado e muita dedicação?, diz Sandra. No entanto, nem tudo são flores. Já aconteceu, por exemplo, de uma manicure iniciante tirar um bife do dedo da consultora, mas ela garante que esse tipo de erro é comum em qualquer salão.

Divulgação / Instituto L'Oréal
(Foto: Redação Veja rio)

Para se tornar modelo voluntária de um salão-escola, o procedimento costuma ser muito parecido com o de qualquer salão de beleza: basta ligar, ver se o serviço desejado está disponível e agendar um horário. Em alguns casos, como o de tratamentos para cabelos, alguns centros marcam entrevista com as interessadas para avaliar as reais necessidades dos fios e, só então, direcioná-las ao serviço ideal se houver disponibilidade na agenda.

A estudante de Relações Internacionais Caroline Galdier deu sorte. Após a avaliação no Instituto L?Oréal, ela já foi logo atendida. ?Cortei e fiz mechas nos cabelos. Ficou exatamente do jeito que eu queria?, conta. Mesmo morando em Niterói, ela se tornou cliente assídua do salão-escola, que fica no centro do Rio. Só não pode ter pressa, porque os serviços costumam ser mais demorados. Um corte de cabelo, por exemplo, dura até uma hora. ?Eles conversam bastante para entender nossas expectativas e acertar em cheio?, explica Caroline. Boa notícia: no dia 5 de setembro, o Instituto L?Oréal inaugura nova unidade na Tijuca.

Academia Werner

Av. Princesa Isabel, 323, 9º andar, Copacabana, tel. 2542-7777. Horário de funcionamento: 8h30 às 19h. Atendimento por ordem de chegada. É recomendado ligar para checar a disponibilidade. www.wernercoiffeur.net

Centro de Desenvolvimento Técnico do Instituto Beleza Natural

Rua Tirol, 516, Freguesia, tel. 3327-4058. Horário de funcionamento: 8h às 17h. Agendamento por telefone. www.belezanatural.com.br

Instituto Embelleze

São 30 unidades no Rio e em Niterói. Visite o site da rede para encontrar a mais próxima. Agendamento por telefone. www.institutoembelleze.com

Instituto L'Oréal

Avenida Marechal Floriano, 191, Centro, tel.: 0800 701 7585. Rua Carlos Vasconcelos, 145, Tijuca, tel.: 0800 701 7585. Horário de funcionamento: 9h às 19h, exceto serviços demorados, como decapagemque vão até às 15h. Agendamento prévio por telefone. www.institutolp.com.br

Fonte: VEJA RIO