Segurança

Rio terá centro de combate ao terrorismo durante Olimpíadas

Comando de Operações Especiais confirmou também fechamento do Santos Dumont durante provas na Baía de Guanabara

Por: Redação Veja Rio

pacificacao
Exército: cidade recerá 15 mil homens durante os jogos (Foto: Divulgação/Exército Brasileiro)

O general Mauro Sinott, do Comando de Operações Especiais, anunciou que o Rio e as outras cinco sedes do futebol terão centros de combate ao terrorismo durante as Olimpíadas. A informação foi divulgada na manhã desta quarta (dia 9) durante evento na Fortaleza de São João, na Urca.

+ Fique por dentro das últimas notícias sobre a Rio 2016

De acordo com os militares, mais de 1.500 homens serão destacados para atuar nos centros, que ficarão em Belo Horizonte, Brasília, Manaus, Rio, Salvador e São Paulo. Além disso, uma equipe formada por mais de 100 pessoas se dedicará exclusivamente a atividades de combate ao cyberterrorismo.

+ Conheça a vela, esporte que é promessa de medalha

A previsão é que cerca de 15 mil militares estejam no Rio durante os jogos. Eles ficarão distribuídos por pontos estratégicos, como Barra, Deodoro, Leblon, Maracanã e Vila Olímpica. Outra informação confirmada hoje foi o fechamento do aeroporto Santos Dumont por um período de até cinco horas durante as provas na Baía de Guanabara.

 

Fonte: VEJA RIO